13

Por vezes aqui, encontrei aqui no SO, perguntas sobre árvores, grafos e até florestas, nas mais diversas linguagens, mas

  • Em programação, o que seria uma árvore? E o que seria uma floresta? Seria uma evolução da árvore, ou um conjunto de árvores?
  • Qual a utilidade de ambas?
  • Elas poderiam ser comparadas a um array?

Talvez uma imagem ajude a compreender melhor este conceito.

8
  • Em programação, o que seria uma árvore?

Na teoria dos grafos, uma árvore é um grafo conexo (existe caminho entre quaisquer dois de seus vértices) e acíclico (não possui ciclos). Seria o mesmo princípio da Árvore N-ária de Pesquisa ou Árvore Binária, porém na Árvore cada nó pode ter vários sucessores porém apenas 1 antecessor.

Veja o exemplo:

inserir a descrição da imagem aqui

É parecido com a Árvore Binária:

inserir a descrição da imagem aqui

  • E o que seria uma floresta?

Caso o grafo seja acíclico mas não conexo, ele é dito uma floresta. Na utilização de Prim e Kruskal, se você parar a execução de Kruskal na metade do algoritmo, você pode gerar uma floresta (sub-grafos não conexos), pois a árvore apenas é gerada no final da execução.

  • Qual a utilidade de ambas?

    Vamos supor que sua cidade precise economizar energia, e que sua cidade possui N ruas, sua função é descobrir quais ruas conseguiria desligar a energia, qual seria a quantidade mínima de ruas com o menor custo possível que precisariam estar ligadas? Isso seria uma utilização da Arvore Geradora mínima.

    Se você gerou uma Floresta ( várias árvores), provavelmente não há uma solução viável.

  • Elas poderiam ser comparadas a um array?

    Não, está parecido mais com uma Arvore N-Aria. Onde a posição atual possui um "ArrayList" de sucessores e o sucessor possui uma referência ao Pai.

Lendo esse material de Arvore de Pesquisa consegue verificar uma implementação básica da Árvore, porém é necessário fazer as adequações para a AGM.

  • Momento pedantismo matemático: Se você levar em consideração direção de um grafo, DAGs (grafos direcionados acíclicos) podem não ter ciclos, mas mesmo assim não ser árvore. Por exemplo, um grafo bipartido: A->1, A->2, B->1, B->2. Não é possível sair de um ponto e voltar para ele, portanto não há ciclos. – Jefferson Quesado 30/06/17 às 14:04
  • @JeffersonQuesado "consideração direção de um grafo" = Grafo Dirigido. Você está falando de Caminho hamiltoniano correto? No seu caso seria uma floresta. Como coloquei na resposta: "Caso o grafo seja acíclico mas não conexo, ele é dito uma floresta" – Don't Panic 30/06/17 às 14:12
  • Não, caminho hamiltoniano é um problema sobre grafo direcionado. Olhe o exemplo que coloquei no comentário, acíclico porém não arbóreo, grafo bipartido com pelo menos dois elementos em cada partição – Jefferson Quesado 30/06/17 às 14:14
  • O caso generalizado de grafo leva em consideração a direção. Você obtém um grafo bidirecional a partir de um grafo direcional: se a ligação entre os pontos a e b for não direcionada, você pode representar isso como duas ligações direcionadas: a->b e b->a – Jefferson Quesado 30/06/17 às 14:17
  • As chamadas recursivas da função de Fibonacci podem ser representadas por grafos direcionados acíclicos também. f3->f2; f3->f1; f2 -> f1; f2-> f0 – Jefferson Quesado 30/06/17 às 14:20
6

Todos são estruturas de dados baseados em grafos. De grosso modo, um grafo é uma estrutura definida por um conjunto de pontos P e um conjunto de arestas A, onde um elemento a do conjunto A tem dois atributos, a.origem e a.destino, sendo que ambos a.origem e a.destino pertencem ao conjunto P.

Um grafo pode ser totalmente conectado (grafo conexo), ou ele pode ter partes totalmente independentes (grafo desconexo). Um grafo desconexo significa que existem pontos p1 e p2 tais que não é possível navegar de p1 e chegar em p2 pelas arestas definidas em A.

Uma árvore é um tipo de grafo conexo em que todo ponto seja destino de apenas uma única origem.

Uma floresta é um grafo possivelmente desconexo tal que, para cada unidade conexa, você tem uma árvore. Uma floresta conexa é uma árvore.


Como o @Everson comentou na pergunta, a explicação de grafos e árvores nesta resposta estão ótimas, incluindo até mesmo desenhos bem intuitivos.

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.