1

Possuo uma query assim:

select ae_id from app_event
join trip_item on ti_id = ae_trip_item_id
where ae_driver_id = 63 order by ae_date desc limit 10;

A tabela app_event possui cerca de 3milhoes de dados, e a tabela trip_item possui cerca de 1milhao.

O retorno e cerca de 40mil dados, e acredito que o problema seja em ordenar todos esses dados, alem do join entre duas tabelas grandes. Eu utilizei isso para colocar um index no ae_date (coluna do order by), porem nao ajudou muito. Como posso realizar uma consulta mais rapida ?

  • Já rodou um analyze pra ver as estimativas de tempo e porque ta demorando tanto? – Matheus E. Mordorst 28/06/17 às 12:52
  • acho que pode adicionar índices para as colunas que fazem o join também. Faça o select com um explain antes. explain select ae_id from app_event join trip_item on ti_id = ae_trip_item_id where ae_driver_id = 63 order by ae_date desc limit 10; e veja em qual etapa o tempo é maior – Rovann Linhalis 28/06/17 às 12:57
  • @MatheusMordorst nao usei o analyze, porem vi pelo Explain query que o order by levava mais tempo para ser executado. – Jonathan 28/06/17 às 12:57
  • @RovannLinhalis elas ja possuem indexes, tambem sao sao PK e FK todas elas (tirando ae_date, ai adicionei um index nela) – Jonathan 28/06/17 às 12:58
  • É normal um ORDER BY demorar tanto para ser feito com essa quantidade de dados, já tentasse utilizar cache de query, ou é inviável pra teu caso? – FabianoLothor 28/06/17 às 13:01
0

Primeiramente foi criado um cenário semelhante ao que você descreveu: estrutura idêntica e uma massa de dados aleatória:

--
-- MODELO DA TABELA app_event
--
create table app_event
(
  ae_id serial primary key,
  ae_driver_id integer,
  ae_trip_item_id integer,
  ae_date timestamp not null
);

--
-- MODELO DA TABELA trip_item
--
create table trip_item
(
  ti_id serial primary key
);

--
-- INSERE 3 MILHOES DE REGISTROS NA TABELA app_event
--
INSERT INTO app_event( ae_id, ae_date, ae_driver_id, ae_trip_item_id )
SELECT
    generate_series( 1, 3000000 ),
    now() - ((random() * 3650) * '1 day'::interval),
    (random() * 100)::int,
    (random() * 100)::int;
--
-- INSERE 1 MILHAO DE REGISTROS NA TABELA trip_item
--
INSERT INTO trip_item( ti_id )
SELECT
    generate_series( 1, 1000000 );

Query em análise:

SELECT
    ae_id
FROM
    app_event
JOIN
    trip_item ON (ti_id = ae_trip_item_id)
WHERE
    ae_driver_id = 63
ORDER BY
    ae_date DESC
LIMIT
    10;

O plano da sua query fica mais ou menos assim:

Limit  (cost=87050.55..87050.58 rows=10 width=12)
  ->  Sort  (cost=87050.55..87089.49 rows=15574 width=12)
        Sort Key: app_event.ae_date
        ->  Hash Join  (cost=28320.00..86714.00 rows=15574 width=12)
              Hash Cond: (app_event.ae_trip_item_id = trip_item.ti_id)
              ->  Seq Scan on app_event  (cost=0.00..58043.59 rows=15574 width=16)
                    Filter: (ae_driver_id = 63)
              ->  Hash  (cost=15045.00..15045.00 rows=1062000 width=4)
                    ->  Seq Scan on trip_item  (cost=0.00..15045.00 rows=1062000 width=4)

Repare que o analisador de plano aponta dois pontos de atenção:

1) Um Sequential Scan com um cost bastante elevado na tabela app_event por causa de uma filtragem pelo campo ae_driver_id;

2) Outro Sequential Scan com um cost bastante elevado na tabela trip_item por causa da condição de join utilizando o campo ae_trip_item_id.

Uma busca sequêncial em uma tabela com um grande volume de dados tende a ser lenta durante as operações de leitura. Por isso a criação de índices é crucial para uma boa performance.

Criando Índices:

CREATE INDEX idx_ae_trip_item_id ON app_event (ae_trip_item_id);
CREATE INDEX idx_ae_driver_id ON app_event (ae_driver_id);

Novo plano da query:

Limit  (cost=24050.07..24050.09 rows=10 width=12)
  ->  Sort  (cost=24050.07..24120.51 rows=28178 width=12)
        Sort Key: app_event.ae_date
        ->  Merge Join  (cost=23021.55..23441.15 rows=28178 width=12)
              Merge Cond: (trip_item.ti_id = app_event.ae_trip_item_id)
              ->  Index Only Scan using trip_item_pkey on trip_item  (cost=0.42..30408.42 rows=1000000 width=4)
              ->  Sort  (cost=23014.70..23085.14 rows=28178 width=16)
                    Sort Key: app_event.ae_trip_item_id
                    ->  Bitmap Heap Scan on app_event  (cost=530.81..20932.02 rows=28178 width=16)
                          Recheck Cond: (ae_driver_id = 63)
                          ->  Bitmap Index Scan on idx_ae_driver_id  (cost=0.00..523.76 rows=28178 width=0)
                                Index Cond: (ae_driver_id = 63)

O efeito da criação de indices é a ausência total de Sequential Scans no plano da query e uma redução drástica no cost das operações.

Na prática, em meus testes, antes da criação dos índices, a query demorava 450ms para ser executada, após a criação dos índices o tempo de execução fica em torno de 12ms.

Espero ter ajudado!

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.