27

Na documentação do PHP, sobre o switch diz:

Nota: Note que o switch/case faz comparação frouxa.

O que é uma comparação frouxa? E qual a diferença entre uma comparação frouxa e uma rígida?

  • 10
    Que pergunta mais saliente ( ͡° ͜ʖ ͡°) (brincadeira, +1) – Renan 26/06/17 às 17:23
  • Quando você compara o valor e não o tipo de dado. Foi isso que eu entendi dos comentários acima – User 27/06/17 às 3:11
  • 1
    Nossa, eu achava que era palavra "trouxa" kkk – Matheus Miranda 29/06/17 às 14:06
23

A comparação frouxa é a padrão do PHP. Como uma linguagem de tipagem fraca, ela deixa de lado a rigidez de tipos no momento de comprar, então tenta-se obter um resultado, mesmo que esteja comparando bananas com maçãs, o que costuma ser danoso.

Em geral isto é considerado prática ruim e só deveria ser usado se tiver um benefício muito grande, conforme mostra o link acima.

A comparação rígida, ou estrita como também é chamada, é feita com ===, levando em consideração o tipo do dado, portanto se o tipo for diferente, já é garantido que o resultado seja falso. A comparação frouxa usa o ==. A documentação deixa claro que no momento do switch é esta comparação que será usada. Então isto entrará em um case

$x = "1";
switch ($x) {
    case 1:
        echo "é 1";
        break;
    case 2:
        echo "é 2";
        break;
}

Veja no ideone o efeito provavelmente indesejado de executar algo que deveria ser diferente.

Em linguagens de tipagem forte nenhum executaria. Em linguagens de tipagem estática nem compilaria.

Note que o case é um tipo numérico, mas o valor é um tipo string. Quando tenta comparar tipos diferentes ele se perde.

Para evitar que este tipo de problema ocorre, ao contrário do if ou outra construção onde você usa explicitamente o ===, é preciso sanitizar o dado antes de comparar, a não ser que tenha confiança que ele sempre estará certo. Mas quando faz isto na prática não está usando um switch, apenas usa a sintaxe dele. O conceito do switch é fazer um desvio baseado em uma tabela de dados, não é usar condições. Conceitualmente se vai usar condições, o if é mais adequado, principalmente usado a comparação rígida:

$x = "1";
if ($x === 1) {
    echo "é 1";
} else if ($x === 2) {
    echo "é 2";
}

Veja no ideone como agora o resultado é mais intuitivo não executando qualquer dos blocos já que os tipos são diferentes.

Dada essa dificuldade o switch do PHP é pouco útil a não ser dos casos que se usa uma grande disciplina no uso das variáveis. Ou se usar o switch como se fosse um if, o que novamente não tem vantagem. Particularmente não costumo usar. Em geral este mecanismo foi criado em outras linguagens por questão de performance que era melhor que o if para estes casos, mas em PHP raramente haverá algum ganho e a sintaxe acaba sendo verbosa e suscetível a erros.

Tem mais detalhes sobre a escolha do if e switch.

Na documentação há tabelas de como as comparações são feitas. Existe muito mais possibilidade de se obter um verdadeiro com a comparação frouxa, e nem sempre é o desejado.

16

A comparação frouxa não compara o tipo como na comparação rígida.

$x = 1
$y = "1"

$x é diferente de $y pois apesar de possuírem o mesmo valor, o primeiro é uma variável to tipo int e o segundo é do tipo string.

A comparação frouxa ignora o tipo e compara apenas o valor. Quando identifica que é um número na string, esse passa a ser tratado como número. Por isso 1 é igual a "1".

Exemplo simples do dia a dia, para quem ficou boiando:

$x = 1;
if ($x == true) {

}

O exemplo acima retorna verdadeiro pois true é igual a 1. Mas não deveria. Por isso é chamado de loose comparison (comparação frouxa).

Quando necessitar de maior consistência nas comparações, utilize strict comparison (comparação rídiga):

$x = 1;
if ($x === true) {

} else {
    // vai entrar aqui, pois é falso.
}

Note que há um = a mais.

Comparações rígidas com switch case

Por padrão o switch case não faz comparação rígida mas é possível contornar. Exemplo:

$x = 1;
switch (true) {
    case ($x === "1"):

        break;
}

Tabela de comparações

inserir a descrição da imagem aqui

Documentação do PHP

Caso de estudo

Um exemplo de como é importante saber quando usar, veja essa comparação um tanto "perigosa" com md5():

var_dump(md5('240610708') == md5('QNKCDZO'));

0e462097431906509019562988736854 é diferente de 0e830400451993494058024219903391, não?

Veja a diferença:

var_dump('0e462097431906509019562988736854' == '0e830400451993494058024219903391');

var_dump('0e462097431906509019562988736854' === '0e830400451993494058024219903391');

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.