1

Este loop está repetindo sempre o último valor, considere o seguinte:

type unique struct {
    id, nonce uint64
}

func (unique *unique) print() {

    fmt.Println(unique.id)

}

func main() {

    teste := []unique{unique{1, 2}, unique{3, 4}, unique{5, 6}}

    for _, valor := range teste {

        go valor.print()

    }

    time.Sleep(4 * time.Second)

}

É bem simplório, usando o unique.print() irá mostrar na tela o valor do id, porém isso não funciona corretamente. Seria esperado que retornasse 1, 3 e 5, mas ele retorna:

5
5
5

Veja isto aqui.

Não consigo entender o motivo disso não funcionar, porque utilizando de maneira "normal", sem o uso do goroutines, diretamente usando valor.print() ele funciona.

Me parece que isto é algo relacionado ao uso do goroutine, porque isso ocorre?


Usando:

teste := []*unique{&unique{1,2}, &unique{3,4}, &unique{5, 6}}

Parece corrigir o problema, mas não sei o motivo.

1

Já respondi sobre isto em C#.

Uma Goroutine é uma chamada de um código controlada pelo runtime para execução assíncrona paralela ou não. Obviamente que o código ali apresentado é executado de forma preguiçosa (lazy), ou seja, ele será chamado em outro lugar e não ali onde você vê ele escrito. Isto é feito com alguma mecanismo de delegação, provavelmente com um clausura.

Então a variável que é enclausurada passa ter uma referência para a variável original. Quando vai executar o valor a ser usado é o valor que estiver no final do laço, então valor no final vale unique{5, 6}, os demais são ignorados. Quando se usa a referência resolve isto.

Uma outra forma seria fazer isto sem mudar a semântica do dado:

package main

import (
    "fmt"
    "time"
)

type unique struct {
    id, nonce uint64
}

func (unique *unique) print() {
    fmt.Println(unique.id)
}

func main() {
    teste := []unique{unique{1, 2}, unique{3, 4}, unique{5, 6}}
    for _, valor := range teste {
        valorTmp := valor;
        go valorTmp.print()
    }
    time.Sleep(4 * time.Second)
}

Veja funcionando no ideone. E no Playground Go. Também coloquei no GitHub para referência futura.

Pra mim isso é design errado de linguagem. Ela deveria destacar a variável por conta própria. C# era assim e arrumaram isto, mas os designers de GO são muito teimosos, um dos motivos da linguagem não decolar de vez.

  • Javascript tem o mesmo comportamento, bastando apenas capturar a variável. Desde que a regra seja clara (e é), eu não vejo nada de especial nisso. – navossoc 27/09/17 às 1:16

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.