7

Ao escrever um código você deve fazê-lo de modo que o tempo necessário para sua compreensão seja mínimo. Essa é a métrica mais importante para se ter um código legível e é o fundamento do teorema fundamental da legibilidade.

Quanto maior o tempo gasto, menor é a legibilidade do seu código, e isso é um sinal de que ele precisa de melhorias a nível de legibilidade. Um código ilegível hoje, pode ser a sua perda de produtividade no futuro. O que você faz hoje, com total compreensão, daqui uns 2 anos quando precisar fazer uma manutenção, pode ser ilegível até para você mesmo, e isso fará com que você gaste um tempo precioso tentando entender aquilo que você mesmo escreveu.

Então, quais seriam as formas interessantes de aplicar esse teorema e medir o nível de legibilidade do código?

Não é desejável que as respostas a esta pergunta sejam baseadas em opiniões mas sim em fatos, referências ou experiência específica.

  • 2
    devo entender que o voto negativo diz que não é necessário se preocupar com legibilidade, qualquer porcaria escrita de qualquer forma está bom, desde que funcione – Leo Caracciolo 19/06/17 às 11:14
  • 1
    Não fui eu que votei negativo, mas suponho que quem quer que seja tenha simplesmente entendido que a pergunta é ampla demais. De fato, "legibilidade" é um conceito nebuloso, e um bom estilo em uma linguagem pode ser um estilo ruim em outra. Aliás, pode variar de projeto para projeto. E a linha que separa "opiniões" de "experiência específica" é tênue... – Wtrmute 19/06/17 às 11:44
  • Eu escrevi um artigo há algumas semanas para um blog onde descrevo algumas práticas para deixar um código autodocumentado. Segue o link: sigaonerd.com/2017/06/vba-artigo-034-deixando-o-codigo.html Espero que o artigo ajude a responder sua questão. O melhor mesmo é ler o livro que coloquei como referência no final do artigo. – PedroMVM 19/06/17 às 11:46
  • 1
    A pergunta vale para qualquer linguagem e a resposta vai ser a mesma. Agora, para evitar dar tiros no pé com Javascript, eu recomendo o livro Javascript: the good parts. – Renan 19/06/17 às 12:13
7

Existe um livro que é algo como a Bíblia Sagrada sobre esse assunto. Eu já o tomei por verdade sacrossanta e enxergo qualquer desvio de seus ensinamentos como heresia.

Meu evangelho se chama Código Limpo - Habilidades Práticas Do Agile Software, e foi escrito por São Roberto Martinho (do original em Inglês, Robert C. Martin). Seguem duas gravuras que são a codificação que recebemos da doutrina.

A métrica canônica para medida de bom código:

WTF's por minuto

E o caminho da verdade e da justiça para a escrita de bom código:

inserir a descrição da imagem aqui

Todo o resto são só diferentes interpretações mais ou menos ortodoxas da verdade.

1

Tive um pouco de dificuldade de entender a imagem postada pelo nosso amigo Renan. Depois de um bom tempo digitando cada trecho no Google Tradutor, me ocorreu a ideia de postar aqui a imagem com os trechos em português para facilitar o entendimento da mesma por parte da comunidade que não entende inglês assim como eu.

Good Code

The whole rest is different alone interpretations more or less orthodox of the truth :)

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.