2

Eu tenho uma determinada pasta com diversos arquivos, e estes por sua vez, contém em seu interior descrição de pontos de coordenadas cartesianas X e Y.

No entanto, quero fazer a substituição desses pontos de modo automático e dinânmico, ou seja, usar while para correr todos esses arquivos rodando o sed para alterar os valores do eixo X e Y dos arquivos.

Bom, o que se torna o ponto crucial aqui, é fazer a inserção vinda de um somador/contador até findar todos os arquivos contido na pasta.

O detalhe fica por conta de que, para cada 5(cinco) arquivos o Y deve receber valores idênticos, e os próximos 5 arquivos, é posto um novo número dando um salto de 0 - 5. Veja o exemplo:

lista dos primeiros 5 arquivos:

X: 100 Y: 0

X: 200 Y: 0

X: 300 Y: 0

X: 400 Y: 0

X: 500 Y: 0

lista dos próximos 5 arquivos:

X: 600 Y: 5

X: 700 Y: 5

X: 800 Y: 5

X: 900 Y: 5

X: 1000 Y: 5

lista dos 5 arquivos seguintes:

X: 1100 Y: 10

X: 1200 Y: 10

X: 1300 Y: 10

X: 1400 Y: 10

X: 1500 Y: 10

Acho que ja deu pra compreender a lógica toda né! Os pontos vão sendo somado por números inteiros a um contador, que os coloca na medida de uma entrada de 5 arquivos por vez, começando pelo número 100 para o eixo X, e logo após o segundo X do segundo arquivo para 200, e para o terceiro arquivo 300, no quarto arquivo X 400 e no quinto arquivo com eixo X 500.

Continua calculando/somando de 100 em 100 e adicionando nos próxmimos 5 arquivos, e assim se faz por cada 5 ciclos de arquivos. Isto é para o eixo X, ja para o Y, seria quase a mesma coisa, no entanto temos de levar em conta o valor é menor, sendo de 5 em 5 considerando que deve setar o mesmo valor para os 5 primeiros arquivos e fazer novamente a soma para os próximos 5 arquivos e etc...

Exemplo

#!/bin/sh
X=100;
Y=0;
while [ $Y -lt 5 ]; do
   echo -e "X: $X\r";
   echo -e "Y: $Y\n";
   let X=$X+1;
   let Y=$Y+1;
done

Segue o resultado após executar o script

inserir a descrição da imagem aqui

  • A matemática é fácil de se fazer com shell, mas devo admitir que fiquei um tanto perdido com a estruturação e distribuição dos arquivos. Pode mostrar um exemplo do antes e depois? Com os nomes dos arquivos desejados e tal? – Jefferson Quesado 18/06/17 às 15:45
  • @JeffersonQuesado Você pode querer montar essa estruturação para ter uma idéia no seu próprio sistema operacinal que esteja usando seja MAC ou LINUX. Faça $ mkdir teste, e depois crie alguns arquivos em branco com o seguinte comando: $ for ARQ in {0..15}; do touch teste/$ARQ; done, dai você terá apenas o trabalho de abri-los e acrescentar as coordenadas X 0 e Y 0 para todos demais, será igual. Agora que preciso é elaboração do script onde deverá ir somando e incrementando e substituindo esses zero(s). – Diego Henrique 18/06/17 às 17:02
1

Vamos iterar sobre uma quantidade de coordenadas desejadas. Para isso, vou precisar um pouco de aritmética inteira na bash e, na iteração, vamos usar uma expansão de comando (eu falo mais sobre expansões de comando nesta outra resposta).

Aritmética inteira

Um básico de aritmética sobre números inteiros. Isso é algo built-in no bash, então vou me apropriar dessa matemática na resposta.

Responda rápido, quanto é (x/5) * 5? Se você pensou que é x, você ainda está nos números reais, e estaria certo se a pergunta fosse sobre a operação divisão sobre os números reais. No caso de divisão inteira, ela é um operador binário sobre dois inteiros resultando em um outro inteiro:

Divisão: operação binária sobre inteiros resultando em inteiros

Então, considerando a pergunta agora sobre aritmética inteira, qual o resultado de (x/5) * 5?

Pondo em palavras, a resposta é:

O maior múltiplo de 5 menor do que ou igual a x

Também é possível escrever de outra forma isso, de maneira mais algébrica:

x - (x % 5)

Ok, interessante, mas por que isso é importante?

Para fazer os cálculos. Eu incremento o valor de Y a cada 5 iterações, na razão de 5 unidades. Olhe o pseudo-código a seguir:

x0 é fornecido como 100
y0 é fornecido como 0

x_inc é fornecido como 100
y_inc é fornecido como 5

y_step é fornecido como 5

para i no intervalo [0, 49]:
    x = x0 + i * x_inc
    y = y0 + (i/y_step) * y_inc

    operação com x e y

Onde:

x0 é o valor inicial de x
y0 é o valor inicial de y
x_inc é o quanto x tem o valor incrementado a cada salto
y_inc é o quanto y tem o valor incrementado a cada salto
y_step é o número de iterações antes de haver um incremento de y

Expansão aritmética inteira

Em bash, para fazer a expansão aritmética, você precisa estar no ambiente aritmético. Ele começa com $(( e termina com )) (os espaços nos meus testes não se mostraram necessários, mas bash é uma linguagem sagrada ;-) que precisa respeitar os espaços).

Rode isso como exemplo:

echo $(( 13/5 ))
x=49
echo $(( (x/5) * 5 ))
echo $(( x - (x%5) ))

No ambiente aritmético as variáveis são interpretadas, não precisando portanto por o $ para forças sua expansão.

Solução

Vou usar o pseudo-código acima como base para criar o script em bash. Note que a shebang do bash é #!/bin/bash, não #!/bin/sh. #!/bin/sh aponta para a shell padrão do sistema, que as vezes pode ser a própria Bourne Shell; bash é uma evolução dessa shell, a Bourne-Again Shell. Eu não gosto de usar #!/bin/sh, em diversos computadores que eu peguei no começo da década de 2010 ainda usava a Bourne Shell e não tinha a sintaxe que eu gostaria de usar da bash.

#!/bin/bash

x0=100
y0=0

# incrementos
x_inc=100
y_inc=5

y_step=5

# quantidade de coordenadas desejadas
n_coords=50

for i in `seq 0 $(( n_coords - 1 ))`; do
    x=$(( x0 + i*x_inc ))
    y=$(( y0 + (i/y_step)*y_inc ))

    echo "X:$x Y:$y" > teste/$i
done
  • @DiegoHenrique, note que é mais fácil criar o arquivo do que editar seu conteúdo (se o conteúdo do arquivo é somente a coordenada). Mesmo assim, dá para fazer a subtituição caso seja necessário usando o sed, mas recomendo apenas em casos onde há mais informações nesses arquivos – Jefferson Quesado 19/06/17 às 13:35
  • @DiegoHenrique, acabei de atualizar redirecionando a saída para ser de acordo com o seu c omentário – Jefferson Quesado 19/06/17 às 13:36
  • 1
    O arquivo original tem sim mais linhas em seu conteúdo. Mas para fins didáticos coloquei na pergunta e no comentário arquivos fictícios para se ter uma noção de maneira isolada do propósito principal. – Diego Henrique 19/06/17 às 13:38
  • @DiegoHenrique vou atualizar para usar sed como deveria ser, mas não posso agora ;-) – Jefferson Quesado 19/06/17 às 13:48

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.