4

Estou começando agora a desenvolver em Go, e atualmente estou estudando Go para desenvolvimento Web, então através de exemplos eu iniciei um simples servidor em Go:

package main

import (
  "fmt"
  "log"
  "net/http"
  "time"

  "github.com/gorilla/mux"
)

var Nome string

func SetNewName(w http.ResponseWriter, r *http.Request){
    fmt.Println("Old Name: "+Nome)
    Nome = r.PostFormValue("nome")
    fmt.Println("New Name: "+Nome+" \n")
    w.Write([]byte("OK"))
}

//Entry point of the program
func main() {
    r := mux.NewRouter()

    fs := http.FileServer(http.Dir("public"))
    r.Handle("/", fs)

    r.HandleFunc("/teste-post", SetNewName).Methods("POST")  

    srv := &http.Server{
        Handler:      r,
        Addr:         ":8000",
        WriteTimeout: 15 * time.Second,
        ReadTimeout:  15 * time.Second,
   }

   log.Fatal(srv.ListenAndServe())
}

Na pasta public eu tenho um arquivo index.html simples, onde:

1) Requisita o jQuery
2) Tem um form

  <form id="frm-post-teste">
        <input type="text" name="nome">
        <input type="submit" id="btn-send" value="Enviar">
  </form>

3) E esse script:

$("#btn-send").click(function(e){
  e.preventDefault();

  $.ajax({
    type: "POST",
    url: window.location.origin+"/teste-post",
    data: $("#frm-post-teste").serialize(),
    dataType: "JSON"
  }).done(function(data){
    console.log(data)
  });

});

O Problema que venho enfrentando é: Mesmo requisições de navegadores diferentes, de aparelhos diferentes e até mesmo requisições feitas para este exemplo hospedado na DigitalOcean, todos apresentam um comportamento estranho, ao que parece a aplicação só cria uma conexão, pois a variável Nome tem o valor da requisição passada armazenado, isso mesmo sendo requisições diferentes realizadas por clientes diferentes.

Esse comportamento me deixou extremamente confuso, pois o código é simples e eu não sei de onde está surgindo o erro.

3

Isso ocorre por conta de onde a variável está definida, quando você define:

var Nome string

Ela se torna global, acessível a tudo, portanto não apenas uma conexão.


Fazendo:

curl -X POST -d "nome=inkeliz" 127.0.0.1:8000/teste-post

Retorna:

Old Name:
New Name: inkeliz

Depois:

curl -X POST -d "nome=x" 127.0.0.1:8000/teste-post

Retorna:

Old Name: inkeliz
New Name: x

A maneira de contornar isto é definido a variável local, neste caso poderia fazer:

func SetNewName(w http.ResponseWriter, r *http.Request){
    var nome string
    //...

Isso irá fazer com que resulte em:

Old Name:
New Name: inkeliz

Old Name:
New Name: x

Uma outra opção seria simplesmente utilizar o :=, como em:

func SetNewName(w http.ResponseWriter, r *http.Request){

    nome := r.PostFormValue("nome")

    fmt.Println("New Name: "+nome+" \n")
    w.Write([]byte("OK"))

}
  • Foi um erro conceitual, eu venho do PHP, então eu estou acostumado com uma visão diferente das coisas. No PHP a grosso modo um servidor web recebe a requisição, invoca o interpretador PHP, o interpretador então interpreta os scripts em questão(gera uma instância nova), realizada a saída aquela instância de interpretação deixa de existir. Já em Golang você dá build na aplicação, executa e essa instância de execução irá receber todas as conexões, então ao desenvolver a aplicação deve-se desenvolvê-la com essa mentalidade de instância única recebendo todas as requisições. Obrigado pela atenção. – Franklin Sales 18/06/17 às 0:13
0

É que você declarou a variável Nome em contexto global:

var Nome string

Se você quer ter contextos distintos, precisa fazer algum controle de sessão.

Parece que o Gorilla pode ajudar com isso:

https://github.com/gorilla/sessions

  • Se precisar passar variáveis de um método pra outro, não esquece de usar Context. – flapjack 19/10/17 às 22:58

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.