1

Estou fazendo um trabalho em que tenho que inserir structs em ordem alfabética em arquivos, em que as structs são políticos e os arquivos (que juntos formam uma lista encadeada) são os partidos. Estou com dificuldades na função de inserir os politicos de forma ordenada nos arquivos.

O algoritmo que eu fiz funciona (ou deveria funcionar) da seguinte maneira:

1 - O usuario escolhe o partido em que deseja inserir o político;

2 - O usuário preenche o nome e sobrenome do político;

3 - O programa insere o politico no arquivo do partido, caso este esteja vazio;

4 - Se o arquivo não estiver vazio, é criado um novo arquivo e são passados, em ordem, os elementos do arquivo antigo e o politico recém adicionado pelo usuário para o novo arquivo;

5 - O arquivo antigo é deletado e o novo arquivo recebe o nome do antigo;

O programa está inserindo os elementos na ordem correta, porém quando atinge determinado número (pequeno) de elementos, os novos sobrescrevem os antigos. Assim, o arquivo só fica com dois ou três políticos.

#include <stdio.h>
#include <stdlib.h>
#include <string.h>

   typedef struct Politico
{
  char nome[30];
  int idade;
  int suspeita;   //de 0 a 3
}politico;

typedef struct Partido
{
  FILE* fp;   //file pointer
  char sigla[20];
  void* proximo;
}partido;

void inserirPoliticoOrdenado(partido** first)
{
  char sigla[20];
  char sobrenome[30];
  partido* party;
  politico novoPol;
  politico auxiliar;
  int inserirNovo = 0;
  politico menor;
  FILE* newfile;
  int contador = 0;
  int contador2 = 0;
  int teste;

  printf("Digite a sigla do partido em que deseja cadastrar o político\n");
  scanf("%s", sigla);

  getchar();

  party = buscarElemento(first, sigla);  //A função buscarElemento procura na lista encadeada o partido com a sigla digitada pelo usuário e retorna um ponteiro para esse partido. Se for necessário, posso postá-la aqui

  strcat(sigla, ".txt");

  if (party == NULL)
  {
    printf("O partido que procura não existe!!!\n");
  }

  if (party->fp == NULL)
  {
    printf("O partido que procura não está aberto.\n");
  }

  else
  {
    printf("\nDigite o primeiro nome do político que deseja adicionar.\n");
    fgets(novoPol.nome, 30, stdin);

    retirar_enter_de_fgets(novoPol.nome, 30);

    printf("\nDigite o sobrenome do político que deseja adicionar.\n");
    fgets(sobrenome, 30, stdin);

    retirar_enter_de_fgets(sobrenome, 30);

    adicionarEspacoAoFinalDeString(novoPol.nome);  //Para que ao concatenar o resultado não seja "NomeSobrenome", e sim "Nome Sobrenome"

    strcat(novoPol.nome, sobrenome);

    rewind(party->fp);  //Volta para o início do arquivo

    if (fread(&auxiliar, sizeof(politico), 1, party->fp) != 1) //Se o arquivo estiver vazio
    {
      rewind(party->fp);
      fwrite(&novoPol, sizeof(politico), 1, party->fp);
    }

    else //Se o arquivo não estiver vazio
    {
      newfile = fopen("newfile.txt", "wb+");  //Abre um novo arquivo

      rewind(party->fp);

      rewind(newfile);

      while (fread(&auxiliar, sizeof(politico), 1, party->fp) == 1)
      {
        if (inserirNovo == 0)  //Se o novo político já estiver inserido, esta variável será igual a 1
        {
          menor = novoPol;
        }

        else
        {
          menor = auxiliar;
        }

        if (strcmp(auxiliar.nome, menor.nome) <= 0)  //Se o nome do auxiliar for menor que o nome do menor
        {
          menor = auxiliar;

          fseek(newfile, (contador2) * sizeof(politico), SEEK_SET);

          fwrite(&menor, sizeof(politico), 1, newfile);  //Insere o politico de menor nome no novo arquivo

          contador++;

          contador2++;

          fseek(party->fp, contador * sizeof(politico), SEEK_SET); //Recomeçará a leitura na posição abaixo da anterior
        }

        else if (strcmp(menor.nome, novoPol.nome) == 0)  //Se o novo politico for o menor
        {
          fseek(newfile, (contador2) * sizeof(politico), SEEK_SET);  //Vai para a posição em que se deve inserir a struct no novo arquivo

          fwrite(&menor, sizeof(politico), 1, newfile);  //Escreve a struct no novo arquivo

          contador2++;

          fseek(party->fp, contador * sizeof(politico), SEEK_SET);

          inserirNovo = 1;
        }
      }

      if (inserirNovo == 0)  //Se a nova struct for "maior" que todas as outras, ela é inserida por último
      {
        fseek(newfile, (contador2) * sizeof(politico), SEEK_SET);

        fwrite(&novoPol, sizeof(politico), 1, newfile);
      }

      fclose(newfile);
      remove(sigla);   //Apaga o arquivo antigo
      rename("newfile.txt", sigla);   //Renomeia o novo arquivo de modo que este fique com o nome do arquivo antigo.
    }
  }
}
0

O problema é que tu nunca vai cair na segunda condição (tu já trata o caso de retornar zero na primeira).

    if (strcmp(auxiliar.nome, menor.nome) <= 0)
    {...}
    else if (strcmp(menor.nome, novoPol.nome) == 0) 
    {...}

Deveria ser algo:

    if (strcmp(auxiliar.nome, menor.nome) < 0)
    {...}
    else if (strcmp(menor.nome, novoPol.nome) == 0) 
    {...}

Uma dica para eficiência. Tu não precisa dos fseek que tu está usando, pois as estruturas FILE guardam onde você está no arquivo.

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.