6

Utilizo repository patterns para pesquisas,salvar e deletar

Gostaria de saber aonde fica melhor a validação de meu negócio...

Por ex:

Preciso verificar se o item está em um contrato de um prestador, e faturar ele com a comissão que está no contrato.

Existe uma regra de negócio aí, aonde se encaixaria melhor fazer isso? Em classes Dao? no próprio repository(não sei se pode ser feito isso) Aqui aonde trabalho estão passando essa regra no controller, o que eu não acho correto, gostaria de opiniões

4

A resposta do @utluiz está correta dentro de um contexto em 3 camadas (apresentação, serviço e dados), mas como estamos falando de MVC, a validação deve ser feita, essencialmente, no Model, mas não apenas nele.

Por que?

A função essencial do Model é modelar como a informação circula por dentro do sistema, do ponto de vista de cada entidade. A função essencial do Controller é harmonizar e coordenar os fluxos de informação - vindo eles da apresentação, da camada de dados ou de algum serviço externo.

Portanto, funções de validação de qualquer dado normalmente são geradas a nível de Model. O Controller apenas interpreta esse resultado das validações. É feito assim porque a validação é um aspecto ao nível dos dados. Elegantemente, isto é feito no ASP.NET MVC utilizando Attributes.

Entretanto, relações entre entidades (Models) são resolvidas a nível de Controller (comparações, inserções, exclusões, ordenações, etc.).

Exemplos

Considere o Model Pessoa abaixo:

public class Pessoa 
{
    [Key]
    public Guid PessoaId {get;set;}

    [Display(Name = "Nome")]
    [Required(ErrorMessage = "O preenchimento do nome da pessoa é obrigatório.")]
    public String Nome {get;set;}

    [Required(ErrorMessage = "O preenchimento do CPF da pessoa é obrigatório.")]
    [CPF]
    public Decimal Cpf {get;set;}

    public virtual ICollection<Produto> Produtos {get;set;}
}

Ao salvar uma Pessoa em banco, não preciso escrever uma linha sequer de validação no meu Controller porque todos os aspectos de dados estão sendo tratados dentro do Model de maneira sucinta: o CPF possui um atributo que valida o CPF, o nome não pode ser preenchido vazio e a chave primária precisa ser única ([Key]).

O Controller nada faz aqui, senão verificar através de outra classe se o Model é válido:

[HttpPost]
public ActionResult Create(Pessoa pessoa)
{
    // Se o Model for válido
    if (ModelState.IsValid) 
    {
        // Gera a chave, salva e retorna
        pessoa.PessoaId = Guid.NewGuid();
        context.Pessoas.Add(pessoa);
        context.SaveChanges();
        return RedirectToAction("Index");
    }

    // Se não for válido, simplesmente retorna o objeto Pessoa de novo.
    // O resultado das validações está dentro da classe ModelState.

    return View(pessoa);
}

Suponha agora que eu quero conceder um desconto num Produto adquirido pelo usuário. Este aspecto é tratado em Controller porque estamos lidando com uma Pessoa e os Produtos por ela adquiridos:

public class PessoasController : Controller 
{
    ...

    public ActionResult ConcederDescontoUltimoProduto(Guid? id) 
    {
        var pessoa = context.Pessoas.Include(p => p.Produtos).SingleOrDefault(p => p.PessoaId == id);

        if (pessoa.Produtos.Count > 5) 
        {
            var produto = pessoa.Produtos.Last();
            // Vou conceder 10% de desconto no valor do produto
            produto.Preco -= produto.Preco * 0.1;
            context.Entry(produto).State = EntityState.Modified;
            context.SaveChanges();
        }

        return RedirectToAction("Index");
    }
}

É possível ainda deixar este aspecto negocial a cargo de outras classes específicas, mas considero um esforço prolixo e desnecessário, em que nada contribui para a segurança e responsabilidade de classes do sistema.

5

O padrão mais usado (mesmo sem conhecimento) é o Service Layer (Camada de Serviço).

Padrão de Projeto Service Layer

A arquitetura de uma aplicação geralmente é dividida em camadas que vão do banco de dados até a interface com o usuário ou com sistemas externos.

No meio disso tudo ficam as regras de negócio. Elas não fazem parte do modelo de dados, embora o use. Também não seria de responsabilidade dos controladores e muito menos das views, embora estes precisem acessar as regras de negócio.

Isso está bem representado na seguinte imagem:

Service Layer Pattern

A camada de serviços deve implementar as funcionalidades principais do sistema e prover todas elas para o "mundo externo" através de uma interface bem definida.

Isso evita que o núcleo do sistema seja exposto diretamente às camadas mais "altas" da arquitetura, caso contrário o acoplamento tornaria a manutenção um verdadeiro pesadelo.

Referências

  • Bacana esse pattern, eu não conhecia, mas poderia dar exemplos de código? Ali na imagem é arquitetura, onde no .net, seria um novo class library – Rod 12/06/14 às 18:23
  • @Rod Não conheço bem a arquitetura .Net... Sorry :( – utluiz 12/06/14 às 18:33
  • Procure sobre BLL C#, é a camada responsável. – user6026 12/06/14 às 19:14

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.