31

Vejam esses testes que fiz no console do navegador:

NaN / NaN
NaN

NaN * NaN
NaN

typeof NaN
"number"

NaN ** NaN
NaN

NaN ^ NaN
0

Porque exatamente isso acontece?

  • 2
    E por que NaN == NaNfalse? – Renan 8/06/17 às 11:18
  • E porque NaN ^ 2 == 2? – Artur o Templário 8/06/17 às 11:21
  • 4
    De onde viemos? Pra onde vamos? – Artur o Templário 8/06/17 às 11:21
  • Minha nossa! kkkkkkkk js tem umas bizarrices tambem hein :p – user28595 8/06/17 às 12:26
  • 1
    @diegofm jswtf.tumblr.com – Renan 8/06/17 às 12:38
27

De acordo com a MDN:

NaN - A propriedade global NaN é um valor especial que significa Not-A-Number (não é um número).

De acordo com as especificações ECMAScript 5 (índice 9.5) e ECMA 262 (índice 7.1.5), quando fazemos uma operação bit a bit todos os elementos envolvidos são convertidos para inteiros de 32 bits (ToInt32). Se o valor for uma das propriedades globais NaN ou infinity o valor é convertido para 0.

2. If number is NaN, +0, ‑0, +∞, or ‑∞, return +0.

Sabendo que o operador ^ representa a operação lógica XOR...

NaN ^ NaN é equivalente à 0 XOR 0

console.log("NaN ^ NaN: " + (NaN ^ NaN));
console.log("0 ^ 0: " + (0 ^ 0));
console.log("Infinity ^ 0: " + (Infinity ^ 0));

15

Conceito:

O que é NaN

NaN é uma propriedade do objeto global.

O valor inicial de NaN é Not-A-Number - o mesmo valor de Number.NaN. Nos navegadores modernos, o NaN é uma propriedade somente leitura e não configurável. Mesmo quando não for este o caso, evite sobrescrevê-lo.

Testando um valor NaN

Os operadores de igualdade (== e ===) não podem ser usados para testar um valor NaN. Ao invés disso, utilize Number.isNaN() ou isNaN().

NaN === NaN;        // falso
Number.NaN === NaN; // falso
isNaN(NaN);         // verdadeiro
isNaN(Number.NaN);  // verdadeiro

Fonte

Porta XOR

Ou exclusivo ou disjunção exclusiva, conhecido geralmente por XOR ou por EXOR (também XOU ou EOU), é uma operação lógica entre dois operandos que resulta em um valor lógico verdadeiro se e somente se exatamente um dos operandos possui valor verdadeiro. Pode ser sintetizado como um detector de diferenças entre dois operandos lógicos. Fonte

JavaScript

Operadores bit a bit

XOR (a ^ b)

Retorna um 0 para cada posição em que os bits da posição correspondente são os mesmos. [Retorna um 1 para cada posição em que os bits da posição correspondente sejam diferentes.]

Conceitualmente, os operadores bit a bit lógicos funcionam da seguinte maneira:

  • Os operandos são convertidos em inteiros de 32 bits e expressos como uma série de bits (zeros e uns). Números com representação maior que 32 bits terão seus bits truncados. Por exemplo, o seguinte inteiro tem representação binária maior que 32 bits será convertido em um inteiro de 32 bits.
  • Antes: 11100110111110100000000000000110000000000001
  • Depois: 10100000000000000110000000000001
  • Cada bit do primeiro operando é pareado com o bit correspondente do segundo operando: primeiro bit com primeiro bit, segundo bit com segundo bit e assim por diante.
  • O operador é aplicado a cada par de bits e o resultado é construído bit a bit.

Por exemplo, a representação binária de nove é 1001 e a representação binária de quinze é 1111. Desta forma, quando operadores bit a bit são aplicados a estes valores, os resultados são como se segue:

Exemplo:

Expressão: 15 ^ 9

Resultado: 6

Comparação em binário: 1111 ^ 1001

Resultado em binário: 0110

Fonte

RESPOSTA

Como NaN é Not-A-Number, não é possível executar operações aritméticas, pois sempre irá resultar em NaN.

NaN / NaN
NaN

NaN * NaN
NaN

NaN ** NaN
NaN

Nos operadores bit a bit, como exemplo, o XOR ele irá comparar NaN sendo sempre como 0.

NaN ^ NaN // 0 ^ 0
0

E quando comparar NaN ^ 2 estará comparando 00B com 10B (B = Binário), retornando 10B que convertendo para decimal é 2

11

No caso dos operadores aritméticos, NaN não é passível de cálculo e, qualquer valor com um desses operadores utilizado em parceria com NaN, retornará NaN. Já que NaN não é um número.

NaN + 1 = NaN

NaN / 2 = NaN

No caso do XOR, que é um operador bit a bit, você pode testar o cálculo com base em:

  • Para cada bit na mesma posição e com mesmo valor, resulta: 0;
  • Para cada bit na mesma posição e com valor diferente, resulta: 1.

NaN ^ NaN = 0

Supondo:

NaN = 0 então:

0 ^ 0 = 0

Se tu testar:

1 ^ 2 = 3, porque?

Vejamos através da representação binária de 1 e 2:

  • 1 = 0001;
  • 2 = 0010;

Aplicando a lógica XOR:

  • 1ª pos 1 = 0 e 1º pos 2 = 0 = 0;
  • 2º pos 1 = 0 e 2º pos 2 = 0 = 0;
  • 3º pos 1 = 0 e 3º pos 2 = 1 = 1;
  • 4º pos 1 = 1 e 4º pos 2 = 0 = 1;

logo: 0001 ^ 0010 = 0011, onde 0011 é a representação binária do número 3.

7

A propriedade global NaN é um valor especial que significa Not-A-Number (não é um número).

Ao contrário de todas as outras possibilidades de valores no JavaScript, não é possível confiar nos operadores de igualdade (== e ===) para determina se o valor é NaN ou não, porque ambos, NaN == NaN e NaN === NaN, terá como valor de retorno: false. Daí a necessidade da funçao isNAN 'isNAN()'.

https://developer.mozilla.org/pt-BR/docs/Web/JavaScript/Reference/Global_Objects/isNaN

https://developer.mozilla.org/en-US/docs/Web/JavaScript/Reference/Global_Objects/NaN

2

NaN ^ NaN = 0 Porque exatamente isso acontece?

Por preguiça, esquecimento, bug, acaso!

NaN ^ NaN devia dar NaN

A operação NaN ^ NaN não faz grande sentido -- operações bit a bit com valores "descontrolados" não foram previstos por quem fez essa implementação da linguagem, fazendo com que a implementação por omissão fosse usada.

A implementação por omissão pode ser uma de duas hipóteses:

h1) comparação de coerção para inteiros:

int(NaN) ^ int(NaN) => 0 ^ 0 => 0

h2) xor bib a bit directo: Na representação de números em vírgula flutuante, foi escolhida uma representação convencionada para NaN, associada a um conjunto de bits. Ao fazer XOR bit a bit de dois grupos iguais dá 0

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.