0

Olá, sou iniciante em programação e estou aprendendo a programar em C. Quero fazer um programa que tenha algumas frases já definidas. Ex c/ vetores: char vet1[100] = {"Hello World!"}; char vet2[100] = {"segunda frase"}; ... e a cada execução, retornar uma frase diferente na tela do usuário. O mais próximo que cheguei foi pensar em usar o enum em conjunto com rand();, porém não dá certo pois ele retorna apenas uma constante com valor decimal. Acho que a solução envolveria o uso de vários vetores ou uma matriz de strings, mas não sei se é isso mesmo.

Alguém sabe me passar uma ideia? Desde que seja de fácil entendimento para um iniciante.

Já aprendi conteúdos básicos, e também vetores, matrizes, funções, ponteiros, alocação dinâmica e arquivos.

OBS: Não é necessário passar o código inteiro, basta apenas me explicar qual é a melhor solução para a implementação da parte das frases.

3

Primeiramente, como já tens a noção de vetor, sabes que colocar vários vetores de caracteres(strings) é cansativo. Então aconselho usar uma matriz:

int main()
{
    char minhas_palavras[10][100];
    return 0;
}

Com isso consigo armazenar 10 palavras de no máximo com 100 caracteres cada uma. Tem uma maneira mais eficiente, através de ponteiros e alocação dinâmica de memória, mas para este problema não precisamos disso.

Para receber números aleatórios, podes usar a função rand() da biblioteca e então jogar o primeiro indice da matriz. Por exemplo:

int main()
{
    const int QUANTIDADE_PALAVRAS = 10;
    char minhas_palavras[QUANTIDADE_PALAVRAS][100];
    int numero_aleatorio;
    /* Aqui voce define suas palavras */
    numero_aleatorio = rand() % QUANTIDADE_PALAVRAS;
    printf("Palavra escolhida: %s", minhas_palavras[numero_aleatorio]);
    return 0;
}

Onde utilizamos uma constante chamada QUANTIDADE_PALAVRAS que indica que, neste caso, o valor máximo é 10 e não varia.

Caso você queira utilizar ponteiros e ter uma melhor aproveitamento de memória para não deixar 87 caracteres vazios no caso de "Hello World!". Assim, o código abaixo exemplifica essa ideia:

void grava_palavra(char *str, const char *palavra);
/* Pega todos os caracteres de *palavra e grava em *str
   assim como feito pela função strcopy */
char *aloca_memoria(int quantidade);
/* Essa funcao recebe um inteiro como argumento e retorna
   um ponteiro para caracter que indica onde foi alocada a memoria*/
int main()
{
    char *palavra;
    int quantidade_carac_palavra;
    /* Aqui voce define o tamanho da sua palavra. Ex: 13
       Não se esqueca do caracter '\0' no final     */
    palavra = aloca_memoria(quantidade_carac_palavra);
    grava_palavra(palavra, "Hello World!");
    printf("%s", palavra);
    free(palavra);
    return 0;
}

Assim, de maneira semelhante funciona para colocar números aleatórios e obter frases aleatórios.

EDIT:

#include <stdio.h>
#include <stdlib.h>
#include <time.h>

char *grava(const char *str)
{
    char *pont;
    int i, tamanho = 0;
    while(*(str+tamanho) != '\0') 
        tamanho++;
    pont = (char *)malloc((tamanho+1)*sizeof(char));
    for(i=0; i<tamanho+1; i++)
        *(pont+i) = *(str+i);
    return pont;
}
char **grava_matriz(int quantidade)
{
    return (char **) malloc(quantidade*sizeof(char*));
}

int main()
{
    char **mat;
    int ale, q = 2;
    mat = grava_matriz(q);
    *(mat) = grava("Hello");
    *(mat+1) = grava("hey");
    srand((unsigned)time(NULL));
    ale = rand()%q;
    printf("%s\n", *(mat+ale));
    free(*(mat));
    free(*(mat+1));
    free(mat);
    return 0;
}
  • Bacana! Entendi bem o 1º código passado, e assim usei a função strcpypara cada palavra de cada linha da matriz. Ex: strcpy(minhas_palavras[0],"A vida e bela"); strcpy(minhas_palavras[1],"Hello World!");etc... – Misael 6/06/17 às 2:25
  • 1
    Vamos lá. Você entende vetores, então está a meio caminho andado para entender ponteiros. O que acontece quando você quer pegar determinado elemento do vetor? Você faz vetor[1] por exemplo. Mas e o que acontece se você fizer *(vetor+1)? Significa a mesma coisa neste caso. Um vetor pode ser entendido como um ponteiro, mas diferentemente do ponteiro, você não pode alterar o endereço do vetor, isto é, fazer vetor1 = vetor2. O compilador informará o erro pois você está trabalhando com vetor e não ponteiros. – Carlos Adir 8/06/17 às 23:00
  • 1
    Da mesma maneira acontece com ponteiros, na verdade tem-se uma dificuldade pois você não pode fazer ponteiro[1] para significar *(ponteiro+1). Por isso, você pode interpretar *(ponteiro+1) como ponteiro[1], mas são coisas diferentes para o computador. Agora quanto ao while, a variável tamanho inicia em 0 e vai incrementando até achar o caracter '\0'. Uma vez que ele acha, ele encerra o loop. Se for passado uma string vazia, isto é, "", tem-se que *(str+0) terá o valor de '\0' e portanto encerra. Esse while é só para medir o tamanho da palavra. Se for "amor", então tamanho = 4 – Carlos Adir 8/06/17 às 23:24
  • 1
    Aí, uma vez que sabemos o tamanho da palavra, devemos copiar ela para outra. Se fossem vetores normais, poderiamos fazer simplesmente pont[i] = str[i], mas como pont é um ponteiro e stré um ponteiro, então eu utilizo *(pont+i) = *(str+i) para copiar no lugar de pont[i]. Quanto à string criada, sempre é necessário liberar a memória com free, para saber mais sobre o free e outras funcoes de alocação dinâmica de memória, aconselho pesquisar pois é um assunto meio extenso para eu explicar aqui. – Carlos Adir 8/06/17 às 23:28
  • 1
    Sim, isso aí. Podes utilizar o for para liberar uma grande quantidade. E só um detalhe, a sua condição de parada(i <= q) está errada, na verdade é (i < q) pois *(mat+q) não está definido – Carlos Adir 11/06/17 às 13:08

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.