0

Estou iniciando em C e estou com o seguinte problema. Eu preciso salvar strings em um arquivo txt ordenado em pilha, até aí tudo bem, porém eu preciso que quando eu abra o programa novamente, ele continue empilhando sempre no topo, porem ele está sobrescrevendo o que já estava armazenado. Fiz o código o mais simples possível.

Aqui eu armazeno a string na posição topo.

void getMensagem(void){
    if (topo == maxL){
        printf("Pilha cheia.\n");
    }
    else {
        printf("Digite sua mensagem:\n");
        scanf("%[^\n]s",mensagem[topo]); // Lê String até encontrar o ENTER. 
        setbuf(stdin, NULL);
    }
    empilhar();
}

E depois armazeno no arquivo .txt em ordem:

char empilhar(){
    FILE *arquivo;
    arquivo = fopen(LOG, "r+");
    int aux;

    for(aux = topo - 1; aux != -1; aux--) {
        printf("Na posicao %d temos %s\n", aux, mensagem[aux]); /// visualizar pilha
        fprintf(arquivo,"%s\n",mensagem[aux]);
        rewind(arquivo);
    }
    fclose(arquivo);
    getchar();
}
  • O "%[...]" do scanf() não leva "s" (o [por si só já indica que se pretende ler uma string). – pmg 1/04 às 19:40
  • Qual o sentido deste rewind dentro do loop? – anonimo 8/08 às 12:14
0

Estar sobrescrevendo porque você estar usando o r+ para abrir o arquivo, para escrever no final do arquivo e não apagar o conteúdo pré-existente é preciso usa o "a" que significa append:

arquivo = fopen(LOG, "a");

Se você quiser ter essa mesma função mas podendo fazer a escrita e leitura é recomendado usar o comando:

arquivo = fopen(LOG, "a+");

  • Obrigado Davi. Porém usando sua dica, as strings ficam se repetindo dessa forma: Primeira String Segunda Primeira String Terceira Segunda Primeira String Isso por causa do for que eu utilizo para armazenar as strings de baixo para cima no arquivo. – Kvx 4/06/17 às 15:40

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.