13

Em Java, o tamanho de um array de qualquer objeto pode ser obtido com length, que seria um atributo. Mas no caso da String é length(), um método. Porém, se tiver um array de String, usa length, um atributo. Por que?

Por exemplo:

    int[] a = {1,2};
    String b = "str";
    String[] c = {"aa", "bb"};

    a.length;
    b.length();
    c.length;
  • 1
    array != String. length é uma variavel final e publica de arrays, que retornam o tamanho definido por você ai iniciar o array. Já o método length() retorna quantos caracteres tem numa String. – user28595 31/05/17 às 0:20
  • length em um array é um atributo previamente conhecido, enquanto em uma string isso pode ser alterado para por questão de otimização de memória em substrings, não prendendo assim seu valor ao tamanho real do container de informação – Jefferson Quesado 31/05/17 às 0:32
11

Arrays são tratados de forma diferente de Strings, ArrayLists ou qualquer outra coisa que pode ser contado em Java. Um Array é praticamente um tipo nativo e seu comprimento não pode ser alterado depois que ele for inicializado, por isso não há necessidade de encapsulamento. A variável de comprimento pode ser diretamente exposto, sem efeitos colaterais.

A razão pela qual Strings usa um método em vez de uma variável é porque ela usa internamente um char[]que não deseja expor publicamente(por razões de imutabilidade/encapsulamento), por isso envolve a variável de comprimento em um método length(). É a mesma razão do ArrayList ter um método size() em vez de uma variável length.

Traduzido de What's the difference between length and length()?

Apenas lembrando que uma String em si também é imutável, e não somente o array de char usado internamente por ela, como pode ser confirmado na documentação da classe

  • 2
    String tb é imutável. Na verdade até mais que o array. O real motivo é gambi :) E o C# cometeu o mesmo erro. Bom, até existe um motivo meio semântico, no uso da palavra mesmo. Uma curiosidade é a diferença entre size, length e count – Maniero 31/05/17 às 0:52
  • @bigown imutável serve para garantir que nenhum outro processamento acabe com um conjunto de dados previamente esperado – Jefferson Quesado 31/05/17 às 0:54
  • @JeffersonQuesado pode ler sobre o assunto em pt.stackoverflow.com/q/15510/101. – Maniero 31/05/17 às 0:57
  • @bigown adicionei essa informação na resposta, pra evitar mal entendidos com essa classe. – user28595 31/05/17 às 1:06
  • 2
    @JeffersonQuesado pena que tudo o que é respondido mais recentemente dá menos ibope, essa fala de algumas coisas importantes. – Maniero 31/05/17 às 1:38
14

Fui pesquisar porque queria saber o motivo. Conclui que só há especulações, ninguém sabe o real motivo. Só os desenvolvedores podem responder isto.

O que me parece claro é que o fato do array ser uma construção de linguagem seria mais adequado ter uma propriedade do que um método fantasma que a linguagem trata. Mais ainda, como isto foi uma das primeiras coisas criadas na linguagem talvez não pensaram que um método poderia ser melhor e mais consistente.

String é uma classe comum e Java não tem propriedades que apenas encapsulam métodos de acesso, ou seja, só poderia ter o campo exposto se não usasse um método. Criaria problemas de compatibilidade entre implementações, versões e até ficaria inconsistente com outras estruturas que precisam do método, um caso é o CharSequence. Até não é tão necessário assim já que String é imutável, o seu valor não é para mudar.

Existem outras teorias, incluindo as listas aqui, mas elas não me parecem fazer sentido porque mesmo um campo público poderia ser colocado seu valor sempre que necessário. Talvez tenham percebido que assim haveria um atributo novo ocupando espaço que poderia ou não ser necessário.

Não sou fã do termo atributo que sequer é usado na linguagem. Ela usa campo para isto.

7

Apenas para dar mais detalhes à resposta do @Articuno.

Como o @bigown notou em seu comentário, strings são entidades imutáveis. Nos outros comentários foram colocados mais links sobre o assunto da imutabilidade. Um dos aspectos que faz essa imutabilidade importante é uma questão de otimização: operações de substring no Java podem ser implementadas de maneira muito leve (fonte). Dependendo da implementação do Java, uma substring pode ser implementada como um conjunto contínuo de informações de um vetor de caracteres. Do exemplo citado na fonte, no JDK6 "abcde".substring(1,3) vai gerar um novo objeto string, sendo que esse carrega consigo o mesmo vetor de caracteres {'a', 'b', 'c', 'd', 'e'}da string inicial, mas ele considera que começa da posição 1 (b) e vai até logo antes da posição 3, portanto seria a posição 2 (c). Nem sempre uma implementação Java garante que uma string tenha o tamanho do vetor de caracter que carrega seus dados, possivelmente pode ser que carregue apenas parte dele. Se for o caso da string armazenar o índice de início e o de fim, o método length() retorna fim - comeco; se for implementado com offset do primeiro caracter e count, então o resultado do método seria count (conforme o exemplo que ele deu de como era no JDK6). Se a implementação de string fizer uma cópia do subvetor desejado é usado (como o exemplo informa que fazem no JDK7), então o método length() retorna simplesmente vetorDeChar.length.

Uma vantagem de implementar o string.length() como método é que se pode alterar completamente a implementação interna (inclusive campos existentes) sem que o programador que usa uma string seja afetado. Para aplicações menores, as estratégias de implementação de string não são sentidas inicialmente.

@Maniero fala sobre o encapsulamento de propriedades de acesso que poderiam resolver essa idiossincrasia do Java

Um ponto interessante sobre vetores é que o acesso ao seu tamanho é otimizado pela JVM. Existe um bytecode especializado em fazer isso: 0xBE, identificado pelo mnemônico arraylength. Usar esse bytecode específico tem um resultado gerado menor do que o que seria gerado caso fosse usado o bytecode tradicional de se pegar campos, o getfield (0xB4), que exige mais dois bytes adicionais para o índice do atributo. A Wikipedia tem uma página listando os bytecodes.

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.