8

Fiz a seguinte pergunta: Qual valor é verificado em uma operação de condição com atribuição de valor a uma variável? e o usuário @Maniero me respondeu, porém, na resposta ele utilizou um operador e isso me gerou uma nova dúvida. Questionei o mesmo sobre o uso do operador e ele me indicou o seguinte link para esclarecimento: Qual é a finalidade do operador => no uso de listas?. Porém, ainda não está claro para mim.

Quais os benefícios de utilizar o operador => em métodos que não tenham relação com listas ou expressão lambda?

Se o operador não tem relação com listas e nem com expressão lambda. Como a operação seria chamada no caso de não ser ou não ter relação com uma função anônima?

Tentei executar o seguinte código em ConsoleApplication, porém, da erro de declaração do operador =>, dizendo que é esperado o ";". Se esse operador tem essa função não deveria apresentar tal erro.

using System;
using System.Collections.Generic;
using System.Linq;
using System.Text;

namespace ConsoleApplication1
{
    public class C
    {
        public int Main() {
            var conta = new Conta();
            var txtValor = new Form();
            bool retorno;
            if ((retorno = conta.Saca(Convert.ToDouble(txtValor.Text)))) {
                Console.WriteLine(retorno);
                return 1;
            }
            return 0;
         }
    }

    public class Conta {
        public bool Saca(double x) => true;
    }

    public class Form {
        public String Text;
    }
}
  • 1
    É só pra encurtar o código. – LINQ 23/05/17 às 21:42
  • Tudo bem, porém, não funciona da forma que o @bigown explicou, ou eu entendi / testei errado – Diego Farias 23/05/17 às 21:44
  • Ou você não está usando o C# 6 (?) – LINQ 23/05/17 às 21:45
  • Não, estou usando o 2012 no caso, vou testar com o 2017 – Diego Farias 23/05/17 às 21:45
  • Isso só passou a existir no C# 6. – LINQ 23/05/17 às 21:46
9

Neste caso não é um operador, é só uma construção da linguagem para simplificar a escrita de métodos que contenham apenas uma linha.

Isto foi introduzido em C# 6 para métodos normais e no C# 7 foi disponibilizado para os demais métodos como propriedades, construtores, destrutores e eventos. Não funciona em versões anteriores.

Ele não tem nada de especial na linguagem, não faz nada novo, não muda semântica alguma, é apenas uma mudança sintática.

public bool Saca(double x) => true;

é exatamente o mesmo que:

public bool Saca(double x) {
    return true;
}

Ele tem um return implícito. Mas funciona com um método que retorne void também.

Obviamente só pode ter uma linha.

using static System.Console;
using System;

public class Program {
    public static void Main() {
        var objeto = new Exemplo(42);
        objeto.Imprime();
        WriteLine(objeto.Executa());
        WriteLine(objeto.Executa2());
        objeto.Prop = 42;
        WriteLine(objeto.Prop);
        objeto.Prop = 12;
    }
}

public class Exemplo {
    private int prop;
    public int Prop { get => prop; set => prop = value == 42 ? value : throw new ArgumentException("Tem que ser 42 ", nameof(Prop)); }

    public Exemplo(int x) => prop = x;

    public void Imprime() => WriteLine("ok");
    public string Executa() => "texto";
    //public bool Teste2() => WriteLine("ok2"); return true; //daria erro
    public string Executa2() { //é a mesma coisa
        return "texto";
    }
}

Veja funcionando no .NET Fiddle. E no Coding Ground (ainda é C# 6 então nem tudo funciona. Também coloquei no GitHub para referência futura.

  • Agora ficou claro, simplifica muito na hora de escreve métodos com uma única linha de código. Aprendi algo novo. Obrigado pela explicação. – Diego Farias 23/05/17 às 21:53

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.