2

Tenho as seguintes classes:

classe Disciplina:

public class Disciplina
{
    public int Id { get; set; }
    public string Nome { get; set; }
}

interface IGenericaDAO:

public interface IGenericaDAO<T>
{
    bool Add(T e);
    bool Update(T e);
    bool Delete(T e);
    List<T> GetAll();
    T Get(int id);
}

interface IDisciplinaDAO:

public interface IDisciplinaDAO : IGenericaDAO<Disciplina>
{
}

classe GenericaDAO:

public class GenericaDAO<T> : IGenericaDAO<T> where T : class
{
    internal ApplicationDbContext Context  { get; set; }

    protected DbSet<T> DbSet { get; set; }

    public GenericaDAO()
    {
        Context = new ApplicationDbContext();
        DbSet = Context.Set<T>();
    }

    public bool Add(T e)
    {
        try
        {
            Context.Entry(e).State = EntityState.Added;
            Context.SaveChanges();
            return true;

        }
        catch (Exception ex)
        {
            throw ex;
        }
    }

    public bool Update(T e)
    {
        try
        {
            Context.Entry(e).State = EntityState.Modified;
            Context.SaveChanges();
            return true;

        }
        catch (Exception ex)
        {
            throw ex;
        }
    }

    public bool Delete(T e)
    {
        try
        {
            Context.Entry(e).State = EntityState.Deleted;
            Context.SaveChanges();
            return true;

        }
        catch (Exception ex)
        {
            throw ex;
        }
    }

    public List<T> GetAll()
    {
        return DbSet.ToList();
    }

    public T Get(int id)
    {
        return DbSet.Find(id);
    }
}

classe DisciplinaDAO:

public class DisciplinaDAO : GenericaDAO<Disciplina>, IDisciplinaDAO
{
}

interface IGenericaBLO:

public interface IGenericaBLO<T>
{
    bool Add(T e);
    bool Update(T e);
    bool Delete(T e);
    List<T> GetAll();
    T Get(int id);
}

public interface IGenericaBLO<T>
{
    bool Add(T e);
    bool Update(T e);
    bool Delete(T e);
    List<T> GetAll();
    T Get(int id);
}

interface IDisciplinaBLO:

public interface IDisciplinaBLO : IGenericaBLO<Disciplina>
{
}

classe GenericaBLO:

public class GenericaBLO<T> : IGenericaBLO<T> where T : class
{
    private IGenericaDAO<T> dao;

    public GenericaBLO(IGenericaDAO<T> _dao)
    {
        dao = _dao;
    }

    public bool Add(T e)
    {
        bool resultado = dao.Add(e);
        return resultado;
    }

    public bool Update(T e)
    {
        bool resultado = dao.Update(e);
        return resultado;
    }

    public bool Delete(T e)
    {
        bool resultado = dao.Delete(e);
        return resultado;
    }

    public List<T> GetAll()
    {
        return dao.GetAll();
    }

    public T Get(int id)
    {
        return dao.Get(id);
    }
}

classe DisciplinaBLO:

public class DisciplinaBLO : GenericaBLO<Disciplina>, IDisciplinaBLO
{}

Estou obtendo o seguinte erro de compilação na classe DisciplinaBLO:

Error 1 'Core.BLL.Base.GenericaBLO' does not contain a constructor that takes 0 arguments DisciplinaBLO.cs 12 18 Core

  • Tem muita coisa que parece ser repetida ai, edita a pergunta e remova se realmente for. – user28595 23/05/17 às 13:21
  • Olá, não me parece ter algo repetido não. Coloquei todas as classes e interfaces para poder ajudar a achar o erro. Já achei, faltou declarar o construtor da classe GenericaBLO, pois uma vez que você cria um construtor com parâmetros, o construtor default (sem parâmetros) não é criado automaticamente. – Leandro Duarte 23/05/17 às 13:27
  • Tem muita coisa ruim neste código. Onde está dando esse erro? Em uma chamada ou em uma classe que está herdando GenericaBLO, certo? Mostre pra gente isso. – Maniero 23/05/17 às 13:50
  • Estou obtendo o seguinte erro de compilação na classe DisciplinaBLO. Me ajuda, o que está ruim no código? – Leandro Duarte 23/05/17 às 14:01
  • @LeandroDuarte E o que tem em DisciplinaBLO? Nada? Então porque tem essa classe? – Maniero 23/05/17 às 14:04
4

A solução é simples, adicione isto na classe:

public GenericaBLO() {}

Como DisciplinaBLO herda de GenericaBLO, ela precisa chamar um construtor padrão da classe base e ele não existe, precisa criar um. O construtor padrão só é criado automaticamente se não for criado nenhum outro construtor.

Entenda Para que serve um construtor?.

Quando tiver uma implementação pode ser que tenha solução melhor.

Não gosto nada desses nomes também, mas deve ser apenas eu.

Aproveitei e melhore o estilo e resolva o problema principal deste código:

public class GenericaBLO<T> : IGenericaBLO<T> where T : class {
    private IGenericaDAO<T> dao;

    public GenericaBLO() {}
    public GenericaBLO(IGenericaDAO<T> dao) { //se usar C#7 pode fazer igual aos métodos abaixo
        this.dao = dao;
    }

    public bool Add(T e) => dao.Add(e);
    public bool Update(T e) => dao.Update(e);
    public bool Delete(T e) => dao.Delete(e);
    public List<T> GetAll() => dao.GetAll();
    public T Get(int id) => dao.Get(id);
}

Pra falar a verdade odeio este tipo de arquitetura, criar uma classe só pra delegar para outra quase sempre é um erro, mas este é um assunto mais amplo.

E também acho que esses métodos não estão sendo úteis retornando um bool, só não falo para tirar esse bool porque ele provavelmente está certo, o erro é que nunca retorna um falso, e deveria.

Aproveite e resolva o problema na outra classe:

public class GenericaDAO<T> : IGenericaDAO<T> where T : class {
    internal ApplicationDbContext Context  { get; set; }
    protected DbSet<T> DbSet { get; set; }

    public GenericaDAO() {
        Context = new ApplicationDbContext();
        DbSet = Context.Set<T>();
    }

    public bool Add(T e) {
        Context.Entry(e).State = EntityState.Added;
        Context.SaveChanges();
        return true;
    }

    public bool Update(T e) {
        Context.Entry(e).State = EntityState.Modified;
        Context.SaveChanges();
        return true;
    }

    public bool Delete(T e) {
        Context.Entry(e).State = EntityState.Deleted;
        Context.SaveChanges();
        return true;
    }

    public List<T> GetAll() => DbSet.ToList();

    public T Get(int id) => DbSet.Find(id);
}

Essas capturas de exceção não fazem o menor sentido e até prejudicam o código. Até acho que a exceção é útil (já que a API não tem uma forma melhor), mas se fizesse isso:

public bool Add(T e) {
    try {
        Context.Entry(e).State = EntityState.Added;
        Context.SaveChanges();
        return true;
    } catch (ExceptionMaisEspecica ex) { //isto é importante, não capture Exception
        return false;
    }
}

Eu faria assim:

public class GenericaDAO<T> : IGenericaDAO<T> where T : class {
    internal ApplicationDbContext Context  { get; set; }
    protected DbSet<T> DbSet { get; set; }

    public GenericaDAO() {
        Context = new ApplicationDbContext();
        DbSet = Context.Set<T>();
    }

    public bool Add(T e) => ChangeState(e, EntityState.Added);

    public bool Update(T e) => ChangeState(e, EntityState.Modified);

    public bool Delete(T e) => ChangeState(e, EntityState.Deleted);

    public List<T> GetAll() => DbSet.ToList();

    public T Get(int id) => DbSet.Find(id);

    private bool ChangState<T>(T e, EntityStat state) {
        Context.Entry(e).State = state;
        Context.SaveChanges();
        return true;
    }
}

Coloquei no GitHub para referência futura.

Odeio essa repetição de código, mas isso é algo subjetivo meu.

Leia e pesquise mais sobre exceções:

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.