0

Ao realizar uma importação de arquivo dump, o oracle esta me retornando as seguintes mensagens:
IMP-00019: linha rejeitada devido a erro 12899 ORACLE
IMP-00003: Erro Oracle: 12899 encontrado
ORA-12899: valor muito grande para a coluna "USUARIO"."TABELA"."COLUNA"(real: 41, máximo: 40)

A instrução usada para importar foi:
imp system/senha file=arquivo.dmp log=imp.log fromuser=antigo touser=novo commit=y

Pelo que entendi devo mudar o characterset da instancia do meu banco de dados, porém já tentei várias vezes usando o aplicativo CSSCANmas nao consigo resolver de jeito nenhum.

Instancia de importação configurada como: characterset "AL32UTF8"
Instancia de exportação configurada como: characterset "WE8MSWIN1252"

Alguém já passou por isso, sabe me indicar como posso converter o characterset da instancia do bd?

0

Um ótimo inicio para visualizar o problema destes erros específicos é utilizar o oerr utility é um excelente dicionaro de erros do oracle e suas causas, neste livro ele fala sobre este erro que você esta lidando dizendo:

Mas, este erro normalmente ocorre quando ha uma tentativa foi feita para inserir ou atualizar uma coluna com um valor que é muito grande para a largura da coluna de destino. O nome da coluna é fornecido, juntamente com a largura real do valor e a largura máxima permitida da coluna. Observe que as larguras são relatadas.

Para resolver você deve examinar a instrução SQL para verificar a correção. Verifique os tipos de dados da coluna de origem e de destino. Faça a coluna de destino mais ampla ou use um Substring na coluna de origem.

0

Você está caindo em um problema de NLS_LENGTH_SEMANTICS. O campo é, imagino, um VARCHAR2 de comprimento definido por número de bytes (o padrão do Oracle) e não por número de caracteres. Para o Oracle, uma coluna VARCHAR2(40) é o mesmo que VARCHAR2(40 BYTE).

Um caractere em WE8MSWIN1252 é sempre definido por apenas um byte, mas em AL32UTF8 há caracteres Unicode definidos por mais de um byte, no caso de texto acentuado, por exemplo. Assim, durante a conversão de charset feita pelo comando imp, os dados passam a ocupar um número maior de bytes e não cabem mais na sua coluna.

Para corrigir esse problema de uma vez por todas você precisa redefinir todos os campos para comprimento em caracteres: VARCHAR2(40) deverá ser alterado para VARCHAR2(40 CHAR). O mesmo vale para todas as colunas do tipo CHAR:

ALTER TABLE [tabela] MODIFY COLUMN [nome da coluna] VARCHAR2([tamanho] CHAR);
ALTER TABLE [tabela] MODIFY COLUMN [nome da coluna] CHAR([tamanho] CHAR);

Você pode fazer isso em uma de duas circunstâncias:

  1. Alterar todas as colunas no banco de origem. Assim, novos exp já não provocarão mais esse problema para imp subsequentes.
  2. Gerar um arquivo .sql a partir de seu arquivo .dmp e alterar as colunas na própria definição das tabelas. Usar o .sql alterado para criar apenas as tabelas na instância de destino e depois efetuar o imp para popular as tabelas recém-criadas.

Para gerar um .sql a partir do .dmp, use o parâmetro show=y do comando imp, junto com rows=n para obter só a descrição dos dados, sem os registros:

imp system/senha file=arquivo.dmp log=imp.log fromuser=antigo touser=novo show=y rows=n

Algumas referências

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.