27

O que são as Transações Begin, Commit e Rollback? E como usá-los?

Exemplo na prática vai ajudar bastante no entendimento.

29

Na verdade transação é o processo todo de consulta ou manipulação do banco de dados. É uma forma de estabelecer que algo deva ser feito atomicamente, ou seja, ou faz tudo ou faz nada, não pode fazer pela metade. É tudo feito em uma viagem da aplicação para o banco de dados. Em condições normais enquanto a transação não termina outras transações não podem ver o que esta está fazendo. Entenda o que é o ACID.

Esses 3 comandos SQL são para controlar isso.

O BEGIN TRANSACTION indica onde ela deve começar, então os comando SQL a seguir estarão dentro desta transação.

O COMMIT TRANSACTION indica o fim normal da transação, o que tiver de comando depois já não fará parte desta transação. Neste momento tudo o que foi manipulado passa fazer parte do banco de dados normalmente e operações diversas passam enxergar o que foi feito.

O ROLLBACK TRANSACTION também fecha o bloco da transação e é a indicação que a transação deve ser terminada, mas tudo que tentou ser feito deve ser descartado porque alguma coisa errada aconteceu e ela não pode terminar normalmente. Nada realizado dentro dela será perdurado no banco de dados.

Ao contrário do que muita gente acredita rollback no contexto de banco de dados não significa reverter e sim voltar ao estado original. Um processo de reversão seria de complicadíssimo à impossível. Um processo de descarte é simples e pode ser atômico.

A maioria dos comando SQL são transacionais implicitamente, ou seja, ele por si só já é uma transação. Você só precisa usar esses comandos citados quando precisa usar múltiplos comandos e todos esses devam rodar atomicamente. Ou seja, eles funcionam como as chaves de um código, eles criam um bloco. Na verdade está mais para o using do C# já que há uma consequência garantida no final da execução.

CREATE TABLE ValueTable (id int);  
BEGIN TRANSACTION;              -- aqui começa a transação
       INSERT INTO ValueTable VALUES(1);  
       INSERT INTO ValueTable VALUES(2);  
COMMIT;                         -- aqui termina e "grava" tudo

Enquanto não dá o COMMIT essas inserções não constam de fato no banco de dados. Um ROLLBACK descartaria tudo feito.

A documentação tem mais informações e o assunto é interessante, pena não ter mais perguntas sobre isto.

Apesar de ser MySQL dá para entender mais sobre transações.

  • Eu não sabia que existiam estás transações no MySQL, você acha interessante trocar a tag Sql-Serverpor independe-de-linguagem? – Marconi 10/05/17 às 17:48
  • Ou minha pergunta pode ser duplicada @Bigown? – Marconi 10/05/17 às 17:54
  • @Marconi aí é c/ vc, mas ñ acho duplicata, eu só vi depois que tinha algo, mas tem alguma especificidades que é melhor encaminhar para a documentação da Microsoft mesmo. – Maniero 10/05/17 às 17:59
  • 2
    Ótimo, vou aguardar, eu vou dar uma melhoradinha na minha tb, e acabei de postar outra que vai ajudar: pt.stackoverflow.com/q/203857/101 – Maniero 11/05/17 às 13:27
  • 2
    Aparentemente saíram negativando tudo aqui, gostaria de saber se tem algo errado na minha resposta e se posso melhorar algo. – Maniero 12/05/17 às 12:40
9

No livro Sistemas de banco de dados, de Elmasri & Navathe, os capítulos 17 a 19 (páginas 395 a 452, 4ª edição) tratam da teoria do processamento de transações. Sobre a pergunta "O que são transações", o texto informa que "Uma transação inclui uma ou mais operações de acesso ao banco de dados - englobam operações de inserção, exclusão, alteração ou recuperação" e também cita que "Uma transação é uma unidade atômica de trabalho que ou estará completa ou não foi realizada".

Outra parte de sua pergunta menciona BEGIN TRANSACTION, COMMIT e ROLLBACK: "Um meio para especificar os limites de uma transação é estabelecer explicitamente declarações de início de transação e fim de transação". No caso das instruções SQL que citou, BEGIN TRANSACTION refere-se a início da transação e COMMIT ao final da transação.

Ao utilizar o par BEGIN TRANSACTION/COMMIT definem-se os limites da transação: "... todas as operações de acesso ao banco de dados, entre as duas, serão consideradas parte da transação".

Como exemplo, o caso clássico de transferência de valor entre duas contas bancárias. A programação deve ser de tal forma que não seja possível a retirada do valor da conta e, por uma falha qualquer, o processo seja interrompido antes que o valor seja depositado na conta do destinatário.

-- código #1
declare @contaDe char(6), @contaPara char(6), @Valor money;

set @contaDe= '029820';
set @contaPara= '407302';
set @Valor= 1200.00;

BEGIN TRANSACTION;

UPDATE CONTA_CORRENTE
  set saldoConta= saldoConta - @Valor
  where numConta = @contaDe;

UPDATE CONTA_CORRENTE
  set saldoConta= saldoConta + @Valor
  where numConta = @contaPara;

COMMIT;
go

No caso de transferência bancária há vários procedimentos adicionais, mas o objetivo aqui é exemplificar a utilização das instruções BEGIN TRANSACTION e COMMIT.

Já a instrução ROLLBACK "reverte uma transação explícita ou implícita ao começo da transação ou a um ponto de salvamento dentro da transação", conforme consta na documentação da instrução. Geralmente é utilizada quando ocorre algo inesperado no processamento e é necessário então desfazer o processamento realizado na transação.

O conceito de transação está intimamente ligado a concorrência de processos e também às propriedades ACID (atomicidade, consistência, isolamento e durabilidade).

Documentação em português, para SQL Server:

  • 1
    @Marconi: O livro "Sistemas de banco de dados", de Elmasri & Navathe, é adotado na PUC Minas; é provável que você o tenha utilizado no curso de SI. – José Diz 11/05/17 às 12:51

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.