3

Tenho um SQL bem demorado (mais de 10 minutos) para retornar os dados.
Porém, ele é executado numa Thread e portanto a MainThread continua sendo executada normalmente. Enquanto o SQL está sendo executado, o usuário pode encerrar o sistema, e aí mora o problema.
Porque o sistema até fecha, porém o processo continua sendo executado no gerenciador de tarefas até o SQL retornar os dados solicitados.

Tem como abortar a execução do SQL imediatamente?

Dados:

  • Delphi XE 7
  • FireDAC
  • FireBird
  • Não adianta mudar o SQL para ficar mais rápido, é lento mesmo e não tem como fugir disso.
  • MyThread.Terminate; em tese terminaria, mas eu duvido que termine porque o processo esta 'preso' no banco. – Reginaldo Rigo 9/05/17 às 18:54
  • 1
    Exatamente, o problema não está em encerrar a Thread, mas sim no fato de estar preso no banco. – Andrey 9/05/17 às 18:54
  • Não vejo como. A não ser mudando a lógica. Tipo selecionando aos poucos. Então você, não deixa o programa fechar quando estiver no banco, sabendo que ele voltará em breve e então decide se continua ou não. – Reginaldo Rigo 9/05/17 às 19:03
  • Note que assim como sua aplicação, o SQL Server também tem seu controle de processos e threads. Acredito fortemente que haja stored procedure que você possa usar no banco pra matar um processo por lá. O negócio é descobrir o id de processo da consulta no banco... – Renan 9/05/17 às 19:05
  • 2
    Piorou. Não tem kill no Firebird. Ele não trata essa questão por usuário matou um, mata todos. – Reginaldo Rigo 9/05/17 às 19:14
1

Segue uma sugestão: Crie uma estrutura de tabela no seu banco de dados ou crie uma pasta para receber arquivos texto com conteudos de XML/Json.

Após criar a estrutura a cima, invés de ser feita uma thread e realizar a consulta SQL neste thread, faça o seguinte:

Crie um WebService ou uma DLL para realizar o chamado do método com o SQL, neste método, gere um ID e retorne para o seu chamador. Ainda dentro do seu WS/COM execute a query e após a execução, crie um XML/JSON com os dados e salve em um banco de dados ou na pasta informando o ID informado anteriormente. Exemplo: 89.txt(Caso salvar na pasta).

Agora é possível criar uma thread que fica consultando a pasta/BD de tempos em tempos para verificar se aquele ID já foi gerado e assim apresentar o resultado em sua aplicação.

Caso sua aplicação tenha sido encerrada, não terá nenhum processamento pendente no gerenciamento de processos.

Espero que a ideia tenha ficado clara.

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.