2

Estou migrando um sistema em VisualFox legado em .Net onde as tabelas foram feitas tudo sem relacionamento, em ADO, sem foreign key nos relacionamentos. Apenas comparando uma string do nome "Tipo" para diferenciar se o registro em uma Tabela, por ex: Endereço pertence a Correspondente, Loja ou Cliente.

O sistema é muito grande e existem diversos relacionamentos semelhantes a esse por exemplo: Loja e Correspondente possuem uma tabela Contato também relacionando o ID e diferenciando pelo Tipo(string).

Está muito difícil espelhar essa regra no EF (isso se possível, pois sou iniciante e ainda estou aprendendo). A tabela fica assim:

EnderecoId - ReferenceId          - Tipo                 - Logradouro
1          - 1                    - Loja                 - Rua tal tal tal
2          - 1                    - Correspondente       - Rua tal tal tal
3          - 1                    - Correspondente       - Rua tal tal tal
4          - 1                    - Cliente              - Rua tal tal tal

É possível fazer essas regra utilizando uma string Tipo como forma de diferenciar os endereços? Se não é possível, seria certo usar Chave Composta nesse caso?

1

O Entity Framework nativamente não tem essa capacidade de intuir o tipo da tabela relacionada automaticamente, por uso de uma coluna, por exemplo.

No seu lugar, eu faria um tabalho no SQL para melhorar essa tabela. Lembrando a abordagem 1, adicionaria 3 colunas novas na sua tabela:

ALTER TABLE Enderecos
ADD LojaId int null,
    ClienteId int null,
    CorrespondenteId int null;

Faria 3 UPDATEs para popular essas colunas:

UPDATE Enderecos
SET LojaId = ReferenceId
WHERE Tipo = 'Loja' ;

UPDATE Enderecos
SET ClienteId = ReferenceId
WHERE Tipo = 'Cliente' ;

UPDATE Enderecos
SET CorrespondenteId = ReferenceId
WHERE Tipo = 'Correspondente' ;

Teremos, portanto:

EnderecoId + ReferenceId  + Tipo            + Logradouro      + LojaId + ClienteId + CorrespondenteId
1          | 1            | Loja            | Rua tal tal tal | 1      | null      | null
2          | 1            | Correspondente  | Rua tal tal tal | null   | 1         | null
3          | 1            | Correspondente  | Rua tal tal tal | null   | 1         | null
4          | 1            | Cliente         | Rua tal tal tal | null   | null      | 1

Apenas com isso o Entity Framework é capaz de entender a relação pela abordagem 1 (usando herança).

  • Opa, vlw pela resposta Cigano! Então justamente por isso que a abordagem 1, não foi aceita pelo pessoal aqui por LojaId, ClienteId e CorrespondenteId ser inserido null. Pensei que usando o Tipo e ReferenceID, eu eliminaria o problema das chaves serem null. Mas parece que não é possível também né? Também não posso usar aquela abordagem de ter Cliente, ClienteEndereco, Correspondente, CorrespondenteEndereco pq falaram que iria ter muitas tabelas. Minha impressão é que estão tentando criar algo que não existe. Ta complicado... – allan.egidio 9/05/17 às 18:02
  • Acho que falta conhecimento da equipe. Herança, como exposto na abordagem 1, cria uma tabela só, Endereco com uma coluna Discriminator que especifica o tipo de cada entidade de endereço. É mais ou menos o que você tem hoje com a coluna Tipo, só que no formato que o framework trabalha. – Leonel Sanches da Silva 9/05/17 às 18:06
  • Isso mesmo. Quando fiz essa abordagem com o Discriminator, também fiquei com LojaId, ClienteId ou CorrespondenteId vindo null. Vendo a tabela que você criou agora pouco, a minha só ficou sem o ReferenceId e Tipo. Apenas informações do endereço, Discriminator e as chaves que podem ser null. Perfeitamente normal né? – allan.egidio 9/05/17 às 18:14
  • Sim. Os valores de Discriminator serão EnderecoCorrespondente, EnderecoLoja e EnderecoCliente. Um pouco diferente, mas nada que uma migração de dados não resolva. – Leonel Sanches da Silva 9/05/17 às 18:15
  • Vlw pela ajuda novamente Cigano. Um abraço! – allan.egidio 10/05/17 às 12:10

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.