11

Estou escrevendo um jogo baseado no breakout, mas não estou conseguindo pensar numa forma de detectar a colisão entre o canto da área da bolinha e o paddle, para poder inverter a direção horizontal da bolinha.

Na minha classe Ball, tenho um método que cuida do movimento da bolinha, e quando detecta colisão, apenas inverte a direção vertical(eixo y).

import java.awt.Graphics2D;
import java.awt.Rectangle;

public class Ball {

    private int x = 0;
    private int y = 15;
    private final int DIAMETER = 30;
    private int xSpeed = 1;
    private int ySpeed = 1;

    private Board board;

    public Ball(Board board) {
        this.board = board;
        y = board.paddle.getTopY() - DIAMETER;
        x = board.getPreferredSize().width / 2 - DIAMETER / 2;
    }

    public void move() {

        if (x > board.getWidth() - DIAMETER || x < 0) {
            xSpeed = -xSpeed;
        }

        if (y < 15) {
            ySpeed = -ySpeed;
        }

        if (y > board.getHeight() - DIAMETER) {
            board.gameOver();
        }

        //entre nesta if quando uma colisão é detectada
        if (collision()) {
            y = board.paddle.getTopY() - DIAMETER;
        }

        x += xSpeed;
        y += ySpeed;
    }

    public void setSpeed(int speed) {
        this.xSpeed = speed;
        this.ySpeed = speed;
    }

    public void paint(Graphics2D g2) {
        g2.fillOval(x, y, DIAMETER, DIAMETER);
    }

    public boolean collision() {
        //detecta colisão entre a area da bola e o paddle
        return board.paddle.getBounds().intersects(this.getBounds());
    }

    public Rectangle getBounds() {
        return new Rectangle(x, y, DIAMETER, DIAMETER);
    }
}

O resultado até agora:

inserir a descrição da imagem aqui

Só que quando a área da bolinha colide com a quina do paddle, ela continua a trajetoria do eixo x, e para simular uma física mais real, gostaria de poder detectar quando a colisão ocorrer nas extremidades dos objetos e inverter a trajetória do eixo X da bolinha. Como detecto isso?

Como são 4 classes grandes diferentes, pra não bagunçar a pergunta, coloquei um exemplo totalmente executável e completo do código no gist.

  • Paddle é a área que a bolinha anda? – LINQ 8/05/17 às 23:35
  • @jbueno Paddle é a "barra horizontal" que o jogador controla pros lados para rebater a bola. – user28595 8/05/17 às 23:46
  • (x, y) seria o ponto superior esquerdo do quadrado circunscrito ao círculo? – Anderson Carlos Woss 8/05/17 às 23:52
  • @jbueno x e y na classe ball seria isso: i.imgur.com/OxOBAlm.jpg – user28595 9/05/17 às 0:01
12

No caso desse jogo, o que vc quer fazer é bem simples.

Quando a sua colisão acontece, a bolinha está necessariamente tocando a parte superior do bastão (paddle). Sendo assim, o valor do eixo y não importa. Você precisa comparar o valor do eixo x de forma relativa.

Por relativa eu quero dizer que você precisa verificar o quanto o valor em x da bolinha está deslocado do valor em x central do bastão. Faça assim (pseudo-código):

centro_bastao = bastao.x + (bastao.width / 2);
posRelativa = Math.abs(bola.x - centro_bastao) / (bastao.width / 2);

O valor de posRelativa será entre 0 e 1 de forma que 0 significa que a bolinha está exatamente no centro e 1 a bolinha está exatamente numa das pontas. Se quiser saber qual a ponta (isto é, o lado), tire o abs do código acima e verifique o sinal (negativo será na esquerda e positivo na direita). Aí tome a decisão conforme o valor dessa variável.

P.S.: Idealmente você deveria mover a bola usando um vetor velocidade (isto é, um vetor com a direção e a magnitude da velocidade de movimento). Assim, seria mais fácil "refletir" o vetor simplesmente rotacionando-o conforme o valor de posRelativa e depois invertendo-o (0 não rotaciona, e a inversa é exatamente a força a ser aplicada de volta pra cima). Foge do escopo desse site dar uma aula disso, mas sugiro ler na Internet a respeito. É algo importante de se conhecer para desenvolver jogos. Esta minha outra resposta tem algo nesse sentido e pode ser útil também.

  • 1
    @AndersonCarlosWoss Está totalmente certo. Mas não tem almoço grátis: precisão é custosa. Esse problema que você aponta pode ser resolvido de várias formas. Pixel perfeito (checar pixel a pixel) é o mais preciso, mas o mais custoso. O AP poderia continuar usando os bounding boxes retangulares para a primeira detecção e, no caso afirmativo, validar com um pixel perfeito. Ou usar um colisor circular. Há muito material na Internet a respeito. – Luiz Vieira 9/05/17 às 0:41
  • 1
    Estou lendo os links da resposta. É bem mais complexo que imaginei, vou ter que dar uma estudada, esse conceito de vetor pra velocidade é novo pra mim xD – user28595 9/05/17 às 0:45
  • 1
    Acredite, vai ser um bom estudo pra sua carreira em gamedev. :) Mas vc não precisa necessariamente usar vetores nessa sua primeira versão. Boa sorte! – Luiz Vieira 9/05/17 às 0:46
  • 1
    Luiz, sua fórmula funcionou! eu só time que fazer uma modificação por causa do fato de usar retangulo na colisão, ai o que o programa considera como posição x é a ponta(invisivel) do retangulo, e não a área de contato da esfera.[+] – user28595 9/05/17 às 12:45
  • 1
    [+], daí, modifiquei a formula para o seguinte: posRelativa = ((bola.x + bola.diametro/2) - centro_bastao) / (bastao.width / 2); e consegui deixar a inversão mais realista :D – user28595 9/05/17 às 12:47

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy