2

Do ponto de vista do comportamento do compilador e java class design qual seria a justificativa de usar o bloco Inicializador de Instância?

Considerando a seguinte classe:

class Caneta {
    public Caneta() {
        System.out.println("Caneta:constructor");
    }
    public Caneta(String a) {
        System.out.println("Caneta:constructor2");
    } 

    /** ################################### */
    /** Inicializador de Instância */
    /** ################################### */
    {
        System.out.println("Caneta:init1");
    }

    /** ################################### */
    /** Inicializador de Instância */
    /** ################################### */
    {
        System.out.println("Caneta:init2");
    }
    /** ################################### */

    public static void main(String[] args) {
        new Caneta();
        new Caneta("aValue");
    }
}

A saída do código anterior é:

Caneta:init1
Caneta:init2
Caneta:constructor
Caneta:init1
Caneta:init2
Caneta:constructor2

Por que você acha que precisa de um inicializador de instância se você pode inicializar suas instâncias usando construtores?

Referência:

[MALA GUPTA, 2015], OCP Java SE 7 Programmer II
Certification Guide
: PREPARE FOR THE 1ZO-804 EXAM

  • @TiagoS, as duas perguntas foi eu quem fez e são diferentes. Uma pergunta sobre o comportamento dos métodos sobrecarregados e a outra pergunta sobre o uso Inicializador de Instância do ponto de vista de compilação e java class design. Não são duplicatas! – pss1suporte 31/03/17 às 2:16
2

Esta é uma boa explicação:

Inicializadores de instância são alternativas úteis aos inicializador de variável de instância quando:

  • O código de inicialização deve capturar exceções;
  • Realizar cálculos extensos que não podem ser representados com um inicializador de variável de instância.

Você pode, obviamente, sempre escrever tal código em construtores. Porém, numa classe que tem múltiplos construtores, você repetiria o código em cada construtor. Com esta alternativa, você pode escrever o código apenas uma vez, e ele será executado independente de qual construtor é usado para construir o objeto. Eles também são úteis in inner class anônimas, as quais não podem declarar um construtor.

Estes inicializadores (assim como os de variável) não podem fazer referência a variáveis declaradas textualmente depois no código. Quando um objeto é criado, os inicializadores são executados em ordem textual - sua ordem de aparência no código fonte. Essa regra ajuda a impedir que os inicializadores usem variáveis de instância que ainda não tenham sido inicializadas corretamente.

Fonte: JavaWorld Object initialization in Java.

  • 1
    Para ficar registrado: não é necessário repetir o código em cada construtor, dá pra um construtor chamar o outro com this(); – Dinei 31/03/17 às 3:46
  • @MurilloGoulart, vc não considerou que inicializadores não podem fazer referência de variáveis. JavaWorld Object initialization in Java: Quando um objeto é criado, os inicializadores são executados em ordem textual - sua ordem de aparência no código-fonte. Essa regra ajuda a impedir que os inicializadores usem variáveis de instância que ainda não tenham sido inicializadas corretamente. Se possível, vc pode melhorar a sua resposta? – pss1suporte 31/03/17 às 6:01
  • @pss1suporte Esta regra não é exclusiva para este tipo de inicializador. Ela vale para inicializadores de variáveis também. Mesmo assim, adicionei. – Murillo Goulart 31/03/17 às 12:08
  • 1
    @MurilloGoulart, isso mesmo. Verdade, mas o objetivo é quanto mais completa melhor a resposta. Eu gostaria de saber disso ao usar os blocos de Inicializador de Instância. É uma informação relevante. Muito obrigado! – pss1suporte 31/03/17 às 17:08

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.