9

O cenário do meu problema é o seguinte, possuo um website que foi atualizado, porém alguns clientes estão reportando que a atualização não foi feita para eles, que ainda estão no modelo antigo do site (provavelmente pela persistência do cache).

Já fiz diversas atualizações e nunca tive esse problema. Não sei se foi o tamanho da atualização (basicamente um re-trabalho de todo o projeto) que está implicando nesse problema, mas não consigo fazer com que os usuários acessem a nova versão do site.

Sei que limpar o cache, ctrl+f5, ctrl+r podem ajudar, mas, inviável...

Já faço uso da prática de versão nos arquivos, por exemplo:

scr="meuscript.js?v=0123456"

href="meuestilo.css?v=0123456"

Também utilizo algumas tags no HTML, como:

<meta http-equiv="Cache-Control" content="no-cache" />
<meta http-equiv="Pragma" content="no-cache" />
<meta http-equiv="Expires" content="0" />

Mas nada surtiu o efeito desejado. Confesso que é uma área que não possuo muita experiência e conhecimento. Então, o que eu poderia fazer para obter o resultado desejado? Ou seja, forçar a atualização da página (ou de cache) no lado do cliente?

  • um parametro dummie na url faz isso... – andrepaulo 23/03/17 às 20:05
  • @andrepaulo algum exemplo? – celsomtrindade 23/03/17 às 20:12
  • se sua url nao tem nenhum parametro ?a=1 por ex... se tiver &a=1 ve se te ajuda... mas a cada vez que voce quiser atualizada o numero muda, ou o parametro muda... cada url diferente faz com que o browser atualize – andrepaulo 23/03/17 às 20:13
  • @andrepaulo não foi o caso... Continua a mesma coisa. – celsomtrindade 23/03/17 às 20:19
  • Pergunta: você inseriu as tags de controle de cache antes ou depois do problema aparecer? Se foi depois, seria necessário a limpeza do cache para atualizá-los para a versão com essas tags. – Anderson Carlos Woss 24/03/17 às 2:22
4

Algo que vi nessa resposta do SOEng

Pegando a parte que de fato interessa:

Quando esses valores são providos através dos headers das respostas das requisições, ele têm precedência sobre as tags <meta>. alguns servidores mandam valores default, então é aconselhável que seja enviado junto à resposta os headers explicitamente.

Você consegue verificar o que está vindo utilizando o DevTools, indo na aba Network > clicando sobre a requisição da sua pagina > verifique o header Cache-Control na seção Response Headers da aba Headers do painel lateral.

Utilizando PHP:

header("Cache-Control: no-cache, no-store, must-revalidate"); // HTTP 1.1.
header("Pragma: no-cache"); // HTTP 1.0.
header("Expires: 0"); // Proxies.

Utilizando Java Servlet, ou Node.js:

response.setHeader("Cache-Control", "no-cache, no-store, must-revalidate"); // HTTP 1.1.
response.setHeader("Pragma", "no-cache"); // HTTP 1.0.
response.setHeader("Expires", "0"); // Proxies.

Utilizando ASP.NET-MVC

Response.Cache.SetCacheability(HttpCacheability.NoCache);  // HTTP 1.1.
Response.Cache.AppendCacheExtension("no-store, must-revalidate");
Response.AppendHeader("Pragma", "no-cache"); // HTTP 1.0.
Response.AppendHeader("Expires", "0"); // Proxies.

Utilizando ASP.NET:

Response.AppendHeader("Cache-Control", "no-cache, no-store, must-revalidate"); // HTTP 1.1.
Response.AppendHeader("Pragma", "no-cache"); // HTTP 1.0.
Response.AppendHeader("Expires", "0"); // Proxies.

Utilizando ASP:

Response.addHeader "Cache-Control", "no-cache, no-store, must-revalidate" ' HTTP 1.1.
Response.addHeader "Pragma", "no-cache" ' HTTP 1.0.
Response.addHeader "Expires", "0" ' Proxies.
  • Pois então, eu já tentei isso e não adiantou. Na minha pergunta eu informo que já tentei isso. – celsomtrindade 23/03/17 às 20:21
  • com todos os contents? do cache control? – andrepaulo 23/03/17 às 20:22
  • outra coisa mencionada é enviar no response esses dados, qual linguagem server voce esta usando? – andrepaulo 23/03/17 às 20:32
  • Estou usando PHP e também estou tentando testar aqueles parâmetros extras (não havia notado) – celsomtrindade 23/03/17 às 20:36
  • e ai? deu certo man? enviando os headers na resposta? – andrepaulo 24/03/17 às 12:59
0

Amigo, uma solução bem simples é renomear os arquivos HTML/CSS/JS que foram modificados (e claro, mudar onde também são chamados), assim o browser não reconhece nada em cache e faz o carregamento dos arquivos frescos.

-1

Um método para forçar o navegador a limpar o cache é o app cache do HTML5. Você cria um arquivo de Manifesto onde escreve o que deve ser mantido em cache e o que não deve ser cacheado.

SEMPRE que o arquivo de manifesto for atualizado, os recursos serão ATUALIZADOS obrigatoriamente. (não se esqueça de limpar o tanto de meta tag que você usou sobre cache) um exemplo de manifest:

CACHE MANIFEST
# 2012-02-21 v1.0.0
/theme.css #em cache
/logo.gif # em cache
/main.js # em cache

NETWORK:
login.asp #nunca será mantido em cache

FALLBACK:
/html/ /offline.html

Dê uma olhada se te ajuda:

http://www.escolaw3.com/tutoriais/html/html5-cache-app

  • Eu li a respeito. Mas também vi que não é mais recomendado seu uso devido a descontinuidade de suporte. Referência. Posso estar enganado, mas não seria a mesma coisa que você recomendou? – celsomtrindade 24/03/17 às 16:53
  • Bem, você deve ter lido pelo mozilla ne? dê uma olhada nesse texto: andygup.net/application-cache-is-not-gone-oh-my-or-is-it As coisas não são bem assim, e cache de aplicação, no mínimo, ainda será mantida pelos próximos anos... Pode usar sem medo, ele faz parte do HTML5, provavelmente quando o removerem seu site já terá sido refeito (novamente) – Paulo 24/03/17 às 17:03

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.