3

Resolvi mergulhar no mundo da programação funcional recentemente, e fui apresentado a linguagem Haskell. Comecei a pesquisar sobre como a linguagem funciona, e logo consegui pegar os principais conceitos. Então, comecei a trabalhar com listas, e decidi reimplementar algumas funções já existentes, apenas para fins de prática.

Com isso, decidi fazer minha versão da função reverse, que chamei de revert.

O conceito dela é simples. Recebe uma lista, e retorna ela invertida. Sua implementação é a seguinte:

revert :: [a] -> [a]
revert [] = []
revert a = revert (tail a) ++ [head a]

Ela funcionou, como é possível ver na imagem abaixo:

inserir a descrição da imagem aqui

Porém, decidi fazer um outro teste, recebendo o resultado da função na mesma variável que eu passei por parâmetro, conforme imagem abaixo:

inserir a descrição da imagem aqui

Ele executa a função normalmente, porém quando consulto o valor da variável x, ele parece entrar em algum tipo de loop, e é necessário apertar Ctrl+C pra cancelar.

Detalhe, ela acontece apenas se eu receber na mesma variável que eu passei por parâmetro. Se eu tivesse feito:

let y = revert x

teria funcionado, eu testei.

Porque isso acontece? É alguma peculiaridade que eu não peguei relacionado a algum conceito de programação funcional? Pesquisei mas não achei nada. Talvez eu não tenha encontrado os termos corretos para usar na pesquisa...

  • 1
    Me fez lembrar da materia de LP, o sofrimento rs +1 boa pergunta – Marconi 21/03/17 às 18:02
2

Após leitura (e uma pergunta no SO em inglês), eu consegui entender o motivo disso acontecer, e vou deixar a explicação aqui para contribuir com quem possa interessar.

Tudo isso aconteceu porque Haskell usa o conceito de "avaliação preguiçosa". Isso significa que nenhuma expressão é avaliada quando associada a uma variável, e sim adiada até que seu resultado seja necessário para outras operações.

Mesmo tendo isso em mente, o código

let x = [0..10]
x = revert x

mesmo assim parece perfeitamente normal. Porém, o que aconteceu para que ele não conseguisse me mostrar o resultado de x foi o seguinte:

na linha x = revert x , a expressão revert xfoi associada a variável x, mas como expressão, e não como resultado. Ou seja, essa expressão não foi avaliada.

Então, quando consultei o valor de x o Haskell avaliou o valor da operação revert x, substituindo à direita, de modo que ficou:

revert (revert x)

e novamente:

revert (revert (revert ... x)..)

E assim, infinitamente :)

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.