5

Quais as melhores práticas para fazer o deploy em produção de uma aplicação Node.JS?

Gostaria de saber como é feito, hoje em dia, o deploy em produção de API's Node.JS. A minha aplicação encontra-se hoje dockerizada e rodando em ambiente local.

Também gostaria de saber se devo usar o Nginx dentro do contêiner e fazer o deploy do meu servidor nele ou simplesmente subir minha imagem Node, que já está rodando hoje.

0

De modo geral, existem algumas boas práticas a serem seguidas, abaixo vou lista-las:

1) Build, se você está usando algum transpilador, como Babel ou TS, o recomendável é buildar para JS na versão do seu servidor.

2) Não utilize Process Manager, como PM2 ou Nodemon, pois eles gerenciam processos e abrem processos, recomendo que use Kubernetes ou Docker Swarm para fazer cluster da aplicação, são mais parrudos e eficientes nesse sentido, salvo se você tiver em uma aplicação de uma única instância de servidor.

3) tenha um loadbalancer

4) Evite expor sua API publicamente, mantenha sempre exposta do Balancer pra frente,

5) Evite cluster dentro da sua aplicação, nativo do Node, ele tende a consumir mais recursos e gerar complexidade.

6) Faça uma URL mesmo que não exposta para o público de health Check, basicamente uma URL que checa se todos os serviços que sua aplicação depende estão disponíveis ou mesmo sua aplicação.

Referências https://github.com/i0natan/nodebestpractices#5-going-to-production-practices

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.