4

Já pesquisei em vários lugares, e todos eles acabam levando a esse link. Porém não consegui funcionar usando os métodos dados no link.

O problema: tenho 3 bancos configurados em config/database.php: "principal", "banco-1" e "financeiro", e preciso usar todos os 3 no mesmo controller. O sistema só acessa um deles, os outros 2 só servem para validações na hora do login, como verificação financeira e outros.

Eu recebo 3 valores por POST: "empresa", "login" e "senha". Crio uma variável $empresa, que primeiro é usada no banco banco-1. Validações feitas, a mesma variável precisa ser checada no banco financeiro. Após um retorno positivo, aí sim eu acesso o banco do sistema e verifico o login e a senha.

class LoginController extends Controller
{
  public function entrar(Request $request){
    $usuario = new \App\usuario();

$login = $request->usuario;
$senha = $request->senha;
$empresa = $request->empresa;
$cliente = DB::connection('banco-1')
->table('clientes')
->select('endereco','banco','nomecompleto','empresa','codigo','cnpj')
->where('empresa', '=',$empresa)->get();

Onde $cliente não é um model, é apenas uma variável. O Laravel retorna o erro dizendo que a tabela "clientes" não existe no banco "principal", ou seja, o DB::connection('banco-1') não conectou no banco-1 mas no principal, e mesmo assim a query rodou.

Segue também como está o arquivo config/database.php (os os dados sensíveis removidos, claro):

'default' => env('DB_CONNECTION', '-'),

'connections' => [

    'principal' => [
        'driver' => 'mysql',
        'host' => env('DB_HOST', '-'),
        'port' => env('DB_PORT', '3306'),
        'database' => env('DB_DATABASE', '-'),
        'username' => env('DB_USERNAME', '-'),
        'password' => env('DB_PASSWORD', '-'),
        'charset' => 'utf8mb4',
        'collation' => 'utf8mb4_unicode_ci',
        'prefix' => '',
        'strict' => true,
        'engine' => null,
    ],

    'banco-1' => [
        'driver' => 'mysql',
        'host' => env('DB_HOST', '-'),
        'port' => env('DB_PORT', '3306'),
        'database' => env('DB_DATABASE', '-'),
        'username' => env('DB_USERNAME', '-'),
        'password' => env('DB_PASSWORD', '-'),
        'charset' => 'utf8mb4',
        'collation' => 'utf8mb4_unicode_ci',
        'prefix' => '',
        'strict' => true,
        'engine' => null,
    ],

    'financeiro' => [
        'driver' => 'mysql',
        'host' => env('DB_HOST', '-'),
        'port' => env('DB_PORT', '3306'),
        'database' => env('DB_DATABASE', '-'),
        'username' => env('DB_USERNAME', '-'),
        'password' => env('DB_PASSWORD', '-'),
        'charset' => 'utf8mb4',
        'collation' => 'utf8mb4_unicode_ci',
        'prefix' => '',
        'strict' => true,
        'engine' => null,
    ],
]

Estou esquecendo de alguma coisa?

  • Poste o arquivo de configuração de conexões, acho que sei o que é! – Virgilio Novic 17/03/17 às 20:56
  • 1
    Se nada mais funcionar, e você só precisar acessar esses dois bancos nesse único lugar, você poderia usar o PDO mesmo (ou um conector de banco de sua preferência) nessas duas queries. Pelo menos até você conseguir resolver pelo Laravel mesmo. – Daniel 17/03/17 às 21:05
  • @VirgilioNovic eu editei para você dar uma olhada. Daniel obrigado pela dica, vou fazer isso mesmo. Mas queria fazer funcionar corretamente pois preciso desse mesmo esquema funcionando em outros sistemas. – Cleiton Oliveira 18/03/17 às 2:59
  • @CleitonOliveira foi feita uma resposta, você estava usando errado, é por causa disso, outra coisa no próprio Eloquent se pode mudar para ficar mais fácil, evite usar isso no Controller, só no último caso mesmo ... A resposta explica como solucionar. – Virgilio Novic 18/03/17 às 3:56
3

Você está usando errado por isso que a configuração é a mesma nas 3 conexões, onde a helper (função) env está buscando na mesma chave as configurações do banco, usuário e senha.

Correções:

Arquivo config/database.php

Foi adicionado na banco-1 com as configurações do .env o número 1 na frente da configuração, exemplo:

'database' => env('DB_DATABASE1', '-'),
'username' => env('DB_USERNAME1', '-'),
'password' => env('DB_PASSWORD1', '-'),

Também na financeiro com as configurações do .env o número 2 na frente da configuração, exemplo:

'database' => env('DB_DATABASE2', '-'),
'username' => env('DB_USERNAME2', '-'),
'password' => env('DB_PASSWORD2', '-'),

Arquivo completo:


'default' => env('DB_CONNECTION', '-'),

'connections' => [

    'principal' => [
        'driver' => 'mysql',
        'host' => env('DB_HOST', '-'),
        'port' => env('DB_PORT', '3306'),
        'database' => env('DB_DATABASE', '-'),
        'username' => env('DB_USERNAME', '-'),
        'password' => env('DB_PASSWORD', '-'),
        'charset' => 'utf8mb4',
        'collation' => 'utf8mb4_unicode_ci',
        'prefix' => '',
        'strict' => true,
        'engine' => null,
    ],

    'banco-1' => [
        'driver' => 'mysql',
        'host' => env('DB_HOST', '-'),
        'port' => env('DB_PORT', '3306'),
        'database' => env('DB_DATABASE1', '-'),
        'username' => env('DB_USERNAME1', '-'),
        'password' => env('DB_PASSWORD1', '-'),
        'charset' => 'utf8mb4',
        'collation' => 'utf8mb4_unicode_ci',
        'prefix' => '',
        'strict' => true,
        'engine' => null,
    ],

    'financeiro' => [
        'driver' => 'mysql',
        'host' => env('DB_HOST', '-'),
        'port' => env('DB_PORT', '3306'),
        'database' => env('DB_DATABASE2', '-'),
        'username' => env('DB_USERNAME2', '-'),
        'password' => env('DB_PASSWORD2', '-'),
        'charset' => 'utf8mb4',
        'collation' => 'utf8mb4_unicode_ci',
        'prefix' => '',
        'strict' => true,
        'engine' => null,
    ],
]

Observação: aonde está o - (traço), é o valor padrão da configuração que só será usado se não for encontrado o valor da primeira configuração.

No arquivo .env que está na raiz do seu projeto adicione essas configurações como exemplo abaixo:

APP_ENV=local
APP_KEY=base64:xwuxK/b2WGIUpNb73qJgbF8H3T94YqH6aDBldhECSiw=
APP_DEBUG=true
APP_LOG_LEVEL=debug
APP_URL=http://localhost

DB_CONNECTION=mysql
DB_HOST=127.0.0.1
DB_PORT=3306
DB_DATABASE=homestead
DB_USERNAME=root
DB_PASSWORD=senha

DB_DATABASE1=nome_do_banco
DB_USERNAME1=nome_do_usuario
DB_PASSWORD1=senha_do_banco

DB_DATABASE2=nome_do_banco
DB_USERNAME2=nome_do_usuario
DB_PASSWORD2=senha_do_banco

BROADCAST_DRIVER=log
CACHE_DRIVER=file
SESSION_DRIVER=file
QUEUE_DRIVER=sync

REDIS_HOST=127.0.0.1
REDIS_PASSWORD=null
REDIS_PORT=6379

MAIL_DRIVER=smtp
MAIL_HOST=mailtrap.io
MAIL_PORT=2525
MAIL_USERNAME=null
MAIL_PASSWORD=null
MAIL_ENCRYPTION=null

PUSHER_APP_ID=
PUSHER_APP_KEY=
PUSHER_APP_SECRET=

claro que você vai preencher os valores com as configurações respectivas de conexão do seu banco, exatamente aonde estão nome_do_banco, nome_do_usuario e senha_do_banco.


Jeito direto:

Mude os valores sem o helper .env:

'default' => env('DB_CONNECTION', '-'),

'connections' => [

    'principal' => [
        'driver' => 'mysql',
        'host' => env('DB_HOST', '-'),
        'port' => env('DB_PORT', '3306'),
        'database' => env('DB_DATABASE', '-'),
        'username' => env('DB_USERNAME', '-'),
        'password' => env('DB_PASSWORD', '-'),
        'charset' => 'utf8mb4',
        'collation' => 'utf8mb4_unicode_ci',
        'prefix' => '',
        'strict' => true,
        'engine' => null,
    ],

    'banco-1' => [
        'driver' => 'mysql',
        'host' => env('DB_HOST', '-'),
        'port' => env('DB_PORT', '3306'),
        'database' => 'nome_do_banco',
        'username' => 'nome_do_usuario',
        'password' => 'senha_do_banco',
        'charset' => 'utf8mb4',
        'collation' => 'utf8mb4_unicode_ci',
        'prefix' => '',
        'strict' => true,
        'engine' => null,
    ],

    'financeiro' => [
        'driver' => 'mysql',
        'host' => env('DB_HOST', '-'),
        'port' => env('DB_PORT', '3306'),
        'database' => 'nome_do_banco',
        'username' => 'nome_do_usuario',
        'password' => 'senha_do_banco',
        'charset' => 'utf8mb4',
        'collation' => 'utf8mb4_unicode_ci',
        'prefix' => '',
        'strict' => true,
        'engine' => null,
    ],
]

observe que agora a configuração e direta no config/database.php sem a utilização da função env. É só alterar os valores aonde está 'nome_do_banco', 'nome_do_usuario' e 'senha_do_banco' nas duas configurações criadas.

Lembrando que eu só estipulei 3 configurações nada impede que seja feita em todas das duas formas.

Eu prefiro a primeira, dá um pouco de trabalho, mas, acredito que fica em um local apropriado e criado pelo para o carregamento de configurações desse tipo.

Referencias:

  • 1
    Você tinha razão, era isso mesmo, obrigado! – Cleiton Oliveira 18/03/17 às 12:27
  • Como ficaria isto para 100 clientes ? – Mike Otharan 11/06 às 3:25
  • @MikeOtharan ficaria 100 configurações. Apesar de não ter o contexto explicito basicamente é isso. – Virgilio Novic 11/06 às 13:27
  • Mas é correto fazer isto ? Não há outro método ? Pois se me minha empresa atingir 10000 clientes o código ficara pesado. – Mike Otharan 11/06 às 23:00
  • @MikeOtharan o seu comentário deveria ser feito uma pergunta colocando todos os pontos pertinentes para um aumento infinito de configurações. Em comentários eu diria que falta um contexto, falta explicação sua para um aumento do tipo que claramente é inviável, então faça uma pergunta bem explicado do que deseja fazer. – Virgilio Novic 12/06 às 1:01

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.