8

O que é Feature Envy?

Por que ela é considerada um mau cheiro de código (code smell)?

Quais as vantagens de evitá-la?

Ela deve ser evitada sempre?

7

Um método pode acessar dados de outro tipo para fazer alguma operação. Quando isso se torna algo comum significa que o próprio objeto deveria executar esta operação e entregar o resultado. Então diz-se que um método ficou com inveja de um tipo e quis fazer por conta própria.

Não tem como evitá-la sempre porque depende de alterar o tipo original que você não tem acesso ou não pode alterá-lo por algum motivo. Tem casos é o comportamento precisa ficar separado propositalmente.

A ideia é que isto viola o encapsulamento e não tão orientado a objeto. Como nem tudo precisa disto, mesmo quando pode não é algo que precisa ser evitado sempre. Tanto que esse é um dos casos que você tem que escolher qual veneno vai tomar, porque encher um tipo de métodos para tentar resolver tudo o que pode aparecer ou deixar o tipo aberto para alteração pode ser um problema maior ainda. è comum ter outro smell que diz que a correção é fazer exatamente o que este diz que não pode.

Tem tipos que existem apenas para fornecer dados. Isto causa arrepios em muita gente, mas usado na coisa certa é uma boa solução. Assim como é melhor ter classes utilitárias ou alguns padrões de projeto famosos que fazem composição para realizar certas tarefas que não devem ser tratadas pelo tipo.

Depende muito do caso quanto tem vantagem, em alguns casos a vantagem é no mínimo discutível.

Eu tenho a opinião que este é um dos clássicos exemplos de alguém definir alguma coisa olhando pro detalhe e esquece do todo. É mais uma das coisas criadas por teóricos.

3

Feature Envy é quando um método acessa os dados de outro objeto mais do que seus próprios dados.Como regra básica, se as coisas mudam ao mesmo tempo, você deve mantê-los no mesmo lugar. Geralmente os dados e funções que usam esses dados são alterados juntos (embora exceções sejam possíveis). Se um método claramente deve ser movido para outro local, use Mover Método. Se apenas parte de um método acessa os dados de outro objeto, use o método Extract para mover a peça em questão. Se um método usa funções de várias outras classes, primeiro determine qual classe contém a maioria dos dados usados. Em seguida, coloque o método nesta classe juntamente com os outros dados. Como alternativa, use o método Extract para dividir o método em várias partes que podem ser colocadas em locais diferentes em classes diferentes.

Quando ignorar

Às vezes, o comportamento é propositadamente mantido separado da classe que contém os dados. A vantagem usual disso é a habilidade de mudar dinamicamente o comportamento (veja Estratégia, Visitante e outros padrões).

  • 4
    Você podia citar de onde copiou o texto. – Maniero 12/03/17 às 14:36
  • 3
    Você viu isso embaixo da página? © 2007-2017 SourceMaking.com / All rights reserved. – Maniero 12/03/17 às 15:24
  • 3
    É material com direito de cópia reservado, isto não pode ser feito nem aqui, nem em lugar algum. Não foram usadas suas palavras, é uma tradução exata do conteúdo daquela página. – Maniero 12/03/17 às 15:39
  • 1
    @JulianodaSilvaBarbosa, Respondendo: "mas qual o problema de ajudar uma pessoa com uma resposta de um material publico onde foi usada minhas palavras para melhor intendimento da tradução?" O problema é que o "material publico" é protegido por direitos autorais ("All rights reserved") e os direitos autorais devem ser respeitados e seguidos por lei. E é conveniente sempre que usar alguma fonte, mesmo que somente para consulta para formular um texto, as fontes devem ser citadas. – Fernando Leal 16/03/17 às 11:36

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.