1

tenho uma duvida sobre o armazenamento de informações em array, eu pensava que, quando dentro de um loop, uma array de tamanho 200, por exemplo char nome[200] ela seria preenchida continuamente até que não sobrace mais espaço para guardar a informação, fazendo com que o sistema retornasse um erro, mas em alguns exemplos que eu tenho feito, a array é reutilizada no loop e ao invés de ser "completada" no espaço que ela ainda tem, parece que o espaço que foi usado tem a informação substituída, se isso realmente acontece, por que a array não é completada?

int main()
{
    int n,i;
    char ch;
    int length;
    scanf("%d", &n);
    char abc[200];
    for( i = 0; i < n; i++)
    {
        while( (ch = getchar() != '\n') && ch != EOF);
        fgets( abc,200,stdin);
        length = strlen( abc);
        printf("%d", length);
        printf("%s", abc);
    }
}

este é um exemplo. se eu digitar uma frase de tamanho 100 e depois outra de tamanho 100 a segunda ira passar a ocupar o lugar da primeira, ao invés de completar os outros 100 que restava? e se eu digitar uma de tamanho 200 e depois outra de tamanho 100, ocorrerá a substituição?

2

Nunca tem espaço vazio em uma array. Quando você declara char abc[200];, cada um dos 200 chars dentro dessa array possui algum valor desconhecido.

Pela especificação da linguagem C (que é o documento que descreve oficialmente a linguagem C, publicado pela ISO), quando um array é declarado desta forma, como uma variável local, seu valor inicial ou não é especificado, ou é um valor especial chamado de trap representation, que não deve ser lido nem utilizado no programa. Na prática, a sua array abc vai conter, de início, o valor que por acaso já estiver na região de memória que o compilador reservar para a variável. O importante a ter em mente é: não existe o conceito de variável "vazia" na linguagem C, portanto não faz sentido falar em "completar o array".

No seu código, quando você chama fgets(abc, 200, stdin);, todas as informações que fgets tem foi o que você passou: abc, 200 e stdin. No seu laço for você chama fgets exatamente do mesmo jeito por n vezes, e portanto ele vai se comportar da mesma maneira todas as vezes, escrevendo a string a partir do início do array abc.

Quando você passa um array para uma função que recebe um ponteiro, como é o caso do primeiro parâmetro de fgets(), o que você passa é na verdade o endereço de memória do primeiro elemento do array. Portanto, os dois códigos abaixo são equivalentes:

fgets( abc,200,stdin);

e

fgets(&abc[0],200,stdin);

Se você quer que a string seja escrita em abc a partir de uma dada posição k ≤ 200, você deve chamá-lo com:

fgets(&abc[k], 200 - k, stdin);

Por que 200 - k no segundo argumento? Porque o segundo argumento diz quantas posições a partir do endereço dado no primeiro argumento a função fgets() pode utilizar. Se você está escrevendo a partir da posição k, só existem 200 - k posições a partir dali.

  • Excelente! obrigado pela explicação. – Vitor Matos 8/03/17 às 23:30

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.