1

Uma dúvida que de vez enquanto surge quando estou programando é relacionada a utilização de classes estáticas.

A documentação oficial da Microsoft diz o seguinte a respeito de classes estáticas:

A static class can be used as a convenient container for sets of methods that just operate on input parameters and do not have to get or set any internal instance fields.

Então, aqui diz que classes estáticas podem ser usadas como um container para métodos que apenas operam em parâmetros de entrada e que não precisam de trabalhar com campos de instâncias.

Vamos então a um problema mais específico. Minha aplicação ASP.NET consome um web service que irá me retornar informações relativas ao negócio. Para consumir o web service eu devo fazer a autenticação juntamente com o mesmo, e após isso enviar requisições HTTP, simples, para isso então criei uma classe, que vou chamar aqui de ApiClient.

Em nenhum momento do processo eu preciso acessar recursos de instância da classe ApiClient, levando em consideração que dados como URL de endpoint, chave de acesso e período de validade da chave de acesso serão os mesmos para todos os que consumirem os métodos da classe ApiClient.

Até aí imagino que a escolha em user uma classe estática esteja correta. Minha dúvida é a seguinte, em caso de múltiplas chamadas simultâneas de um método da classe ApiClient, caso uma requisição demore digamos, 5 segundos, essas requisições seriam enfileiradas, fazendo com que a classe estática se torne um gargalo no consumo do web service?

Segue abaixo um exemplo da classe ApiClient que tentei descrever.

public static class ApiClient
{
    private static string baseUri = "http://baseuri.com";

    private static async Task<string> GetKey()
    {
        //Get the key
    }

    private static async Task<string> SendRequest(string resource)
    {
        string key = await GetKey();

        HttpClient client = new HttpClient();
        client.DefaultRequestHeaders.Add("key", key);

        string url = $"{baseUri}{resource}";
        HttpRequestMessage request = new HttpRequestMessage(HttpMethod.Get, url);
        HttpResponseMessage response = await client.SendAsync(request);

        string result = await response.Content.ReadAsStringAsync();
        return result;
    }

    public static async Task<CustomerInfo> GetCustomerInfo(string customerId)
    {
        string resource = $"/api/method/{customerId}";
        string json = await SendRequest(resource);
        CustomerInfo customerInfo = JsonConvert.DeserializeObject<CustomerInfo>(json);
        return customerInfo;
    }       
}

Essa abordagem poderia ser considerada problemática? Nesse caso eu teria problema gargalo caso múltiplas requisições sejam passadas para o método SendRequest? Se sim esse problema poderia ser solucionado com a mudança de abordagem e criação de instâncias da classe ApiClient?

1

Primeiro, de fato eu considero uma abordagem correta. Se atende suas necessidades eu não tenho como dizer. Quem defende OOP já dizer que não pode fazer isto, quem é pragmático à princípio não vê problemas. Quem acha que nenhum código pode ser escrito se não tiver testes vai dizer que não dá pra testar, quem é pragmático sabe que só impõe uma técnica diferente, se testes formais estão de fato sendo feitos.

Não há diferença de execução de métodos estáticos ou de instância. A única diferença entre eles é que o método de instância recebe um parâmetro extra oculto chamado this. Não existe um método diferente para cada instância, existe apenas um para toda a aplicação, portanto sua execução simultânea é igual ao método estático. A instância tem estado individual, mas o comportamento sempre pertence à classe, mesmo que dê a impressão que de ser diferente.

Você pode ter problemas com o SendRequest() se ele conter problema de concorrência, o que não dá para avaliar com o que foi colocado, não não é que poderia criar gargalo, é que poderia acessar dois recursos ao mesmo tempo que não podem ser acessados ao mesmo tempo, então exigiria uma coordenação. Mas isto é hipotético, nada indica que seja o caso.

Eu só tornaria baseUri readonly e eliminaria variáveis desnecessárias.

  • Obrigado pela resposta @bigown, poderia elaborar um pouco a parte das variáveis desnecessárias? – ItsMeArthur 5/03/17 às 12:26
  • Só a client é de fato necessária, todas as outras são usadas apenas uma vez, então não tem porque existir, se deve eliminar todas depende de estilo de codificação, mas algumas não fazem o menor sentido. Na verdade talve\ eu eliminaria baseUri, só não falei porque pode ser que vá usar em algum outro lugar. Mas se manter, não descartaria até mesmo transformá-la em const. – Maniero 5/03/17 às 12:29

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.