5

Qual a melhor forma de trabalhar com mais de uma exceção no Java?

No código abaixo, eu vejo a possibilidade de dar dois erros NullPointer ou SQLException. Se eu colocar um catch para cada exceção é a melhor maneira?

public Boolean cadastro(Contato contato) throws SQLException, ExceptionCadastro {
    try {
        PreparedStatement p = (PreparedStatement) conexao.prepareStatement("insert into contatos (nome, email, telefone, endereco) values (?,?,?,?)");
        p.setString(1, contato.getNome());
        p.setString(2, contato.getEmail());
        p.setString(3, contato.getTelefone());
        p.setString(4, contato.getEndereco());
        p.executeUpdate();
        p.close();
    } catch (NullPointerException e) {
        e.printStackTrace();
    } finally{
        conexao.close();
    }
    return true;
}
  • 5
    nullpointer deve ser detectado e corrigido, não capturado. Nunca vi caso onde capturar é a melhor opção. Se há risco de dados nulos, deve ser feita uma validação condicional, não capturar nullpointer. – user28595 24/02/17 às 23:14
  • 5
    Quanto a exceções de conexão, recomendo fortemente a leitura:Como funciona o try-with-resources? – user28595 24/02/17 às 23:16
  • Certo Diego, concordo contigo, eu apenas usei nullpointer como exemplo. – Guilherme Nass 24/02/17 às 23:18
  • 4
    Este código compila? Não deveria porque tem situação que ele não retorna nada, sei lá se o Java assume algum padrão. De resto é o que o @diegofm falou. Mas se fosse dois erros que deveriam ser capturados, depende se você quer fazer a mesma coisa ou coisas diferentes, e só deve capturar o que vai fazer alguma coisa útil. Quase sempre imprimir o stacktrace ou coisa do tipo não é algo útil, esse tratamento deveria ocorrer no main() ou algo assim. A maior parte das capturas que os programadores fazem não deveriam ser feitas. – Maniero 24/02/17 às 23:19
  • 2
    @bigown O código não tem lá muita qualidade, mas compila sim. Ele sempre retorna true se uma exceção não tiver sido lançada (o que significa que o retorno não serve para muita coisa nesse caso). É interessante notar que ele retorna true mesmo se ocorrer um NullPointerException dentro do try! – Victor Stafusa 24/02/17 às 23:50
9

Como já foi dito nos comentários erros de programação como o NullPointerException nunca devem ser capturados, eles devem ser corrigidos. Idealmente ele só deve ocorrer durante seus testes no desenvolvimento. Então o melhor a fazer é quebrar a aplicação para que voc~e possa consertar o problema.

Só capture exceções que que você possa fazer alguma coisa útil e se recuperar daquele erro. Erros de programação ou mesmo os erros de ambiente (provocados pela JVM direta ou indiretamente) não possui tratamento. Mesmo uma ArithmeticException é um erro de programação, você não deveria deixar um cálculo dar um erro.

Aí entramos em uma certa polêmica. A cultura do Java indica que na maioria dos casos onde uma operação pode dar um problema deva gerar uma exceção e ela deve ser tratada para se recuperar. Em outras culturas é mais comum seguir o caminho de tentar evitar o erro antes que ele acontece ou verificar o erro de uma outra forma (o próprio Java opta por isto em vários pontos) que não seja a exceção. Nestes casos onde dá para verificar o erro de outra forma ou dá para evitá-lo eu sempre prefiro esse caminho, a maioria dos programadores Java preferem deixar a exceção ocorrer, mesmo sendo uma opção mais lenta. Tem situações que só a exceção é o adequado.

Nos casos que deve capturar a exceção mesmo, só o faça no local onde pode resolver algo. Mesmo que este algo seja só mostrar um mensagem para o usuário ou logar o erro em algum lugar. Se não pode resolver o problema ou fazer algo útil pra que capturar a exceção?

Quase sempre imprimir o stack trace ou fazer algo equivalente significa que a aplicação desistiu e vai quebrar ou pelo menos voltar ao seu início. pra que ficar capturando exceção no código todo pra fazer a mesma coisa? Deixa a exceção borbulhar para a pilha de chamada e só trate em um local neutro.

Minhas aplicações costumam ter bem menos catches que a maioria das aplicações em Java por aí, em alguns casos a diferença chega aos milhares.

E se tiver um throw dentro de um catch quase sempre é um erro.

Se você realmente precisa tratar mais de uma exceção naquele mesmo local tem duas estratégias:

  • A ação a ser tomada é a mesma faça um catch com o operador de OR para aceitar qualquer uma delas:

    try { 
        ...
    } catch(ExceptionCadastro | SQLException ex) { 
        ...
    }
    
  • Se precisa que cada erro tenha uma ação diferente utilize mais de um catch:

    try { 
        ...
    } catch(ExceptionCadastro) { 
        ...
    } catch(SQLException ex) { 
        ...
    }
    

E não vai capturar Exception a não ser que saiba o que está fazendo.

Pode ler mais sobre o assunto no site. Recomendo muito, a maioria dos programadores não entendem e abusam de exceções.

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.