5

Como pretendo distribuir alguns utilitários meus, fiquei com essas dúvidas:

A versão em inglês da GPL tem validade em países de língua não inglesa ?

Eu preciso traduzir a GPL ao incluí-la em meu software ?

No site oficial tem o seguinte:

Há traduções da GPL para outras línguas?

Seria útil ter traduções da GPL em línguas que não o inglês. As pessoas até mesmo fizeram traduções e nos mandaram. Mas isso traz um risco tão grande que não ousamos aceita-lo

Além disso:

Uma tradução não aprovada não tem força legal, e ela deve dizer isso explicitamente

Então, fiquei na dúvida, não sei se uma licensa em inglês teria validade, e pelo visto uma licensa em português precisa ser aprovada pelo pessoal da GNU antes de ter algum tipo de validde.

O que fazer nesse caso ?


Encontrei esta questão: Como funciona o licenciamento de software no Brasil

Mas ela não responde minha pergunta.

  • Coloca as duas, uma traduzida dizendo explicitamente que é uma tradução e que pode conter erros, e a original para ter validade legal. Obs.: o pessoal da GNU não vai aprovar traduções para não se envolver com problemas resultantes – Denis Rudnei de Souza 18/02/17 às 9:52
  • 1
    A GPL está redigida em inglês e atualmente nenhuma tradução é aceita como válida pela Free Software Foundation, com o argumento[1] de que há o risco de introdução de erros de tradução que poderiam deturpar o sentido da licença. Deste modo, qualquer tradução da GPL é não-oficial e meramente informativa, mantendo-se a obrigatoriedade de distribuir o texto oficial em inglês com os programas. Retirei esse texto da Wikipedia – Denis Rudnei de Souza 18/02/17 às 9:55
  • isso eu já sabia, e inclusive está no texto da pergunta. – apagando_tudo 18/02/17 às 10:02
2

A distro Debian apresenta o seguinte:

Esta é uma tradução não-oficial da Licença Pública Geral GNU (“GPL GNU”) para o Português Brasileiro (“Brazilian Portuguese”). Ela não foi publicada pela Free Software Foundation, e legalmente não afirma os termos de distribuição de software que utiliza a GNU GPL — apenas o texto original da GNU GPL, em inglês, faz isso. Contudo, esperamos que esta tradução ajude aos que falam o Português Brasileiro (“Brazilian Portuguese”) a entender melhor a GNU GPL.

Ou seja, legalmente a GPL só se aplica quando utilizada em inglês.

Fonte: http://www.debian.org/releases/etch/arm/apf.html.pt_BR

No site da UNB tem o seguinte:

As Fontes UnB são distribuídas sob uma licença dual. Isso quer dizer que a distribuição das fontes mantém a licença de uso original em inglês das fontes Liberation (GPLv2) e inclui uma versão alternativa da licença em português (Licença Pública UnB Fontes). Esta versão em português foi criada pois, para a lei brasileira, documentos oficiais só tem validade se redigidos em língua portuguesa.

Fonte: http://www.marca.unb.br/licensa.php

Dito isto, não precisa se preocupar, o Governo Brasileiro já tem uma versão oficial traduzida:

  • www.softwarelivre.gov.br/Licencas/gnu-lesser-general-public-license
1

A criação de Software Livre no Brasil foi regulamentada (não sei se o termo é adequado) em um Decreto Presidencial:

https://presrepublica.jusbrasil.com.br/legislacao/1025410/decreto-7325-10?ref=topic_feed

O objetivo deste Memorando de Entendimento é contribuir para a redução do hiato digital por meio da promoção, nos países em desenvolvimento, do uso efetivo do software livre e aberto. Tal objetivo será realizado por meio do apoio a iniciativas de capacitação em software aberto nos países em desenvolvimento.

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.