4

Estou criando uma sequencia de processos através do comando fork, mas quando fui listar os processos gerados pelo código, me deparei que havia uma quantidade maior do que eu havia criado. Porque disso?

Ao fazer 10 forks foram gerados 1024 processos.

#include <unistd.h>
#include <sys/types.h>
#include <sys/wait.h>

int main(int argc, const char **argv){
    int fork_id[10];
    int x;
    for(x=0; x<10; x++){
        fork_id[x] = fork();
        if(!fork_id){
            execl("/usr/bin/sleep", "5", NULL);
        }
    }

    sleep(10);

    return 0;
}

Para verificar a quantidade de processos utilizei o ps:

ps aux | grep test_fork | grep -v grep | wc -l
  • ao invés desse pipeline você poderia ter usado "pgrep -c test_fork" :) – zentrunix 28/01/17 às 18:30
  • é uma boa idéia tbm, eu não sabia como usar o pgrep mas vou procurar um pouco sobre ele – Brumazzi DB 28/01/17 às 18:44
  • depois que você aprende sobre pgrep e pkill seus problemas acabaram :) – zentrunix 28/01/17 às 18:50

1 Resposta 1

5

Na realidade a tua solução está a gerar 2^10 processos (já que cada filho com x=n vai criar ainda netos(com x=n+1 ... x=10), e estes bisnetos, etc).

Propunha:

int main () {
    int i, pid;
    for (i = 0; i < 10; ++i) {
        pid = fork();
        if (pid != 0) { //se sou o processo filho: saio do ciclo!
            break;
        }
    }
    printf("I am : (i=%d),(pid=%d) mypid=%d\n",i, pid, getpid());
    return 0;
}

Ou seja: quando é feito o fork() o valor retornado vai permitir distinguir entre pai (0) e filho (número do processo). Para evitar netos, juntamos uma instrução que diz:

Se eu sou o filho, sai do ciclo para não haver netos...

o que dá:

I am : (i=0),(pid=25794) mypid=25793
I am : (i=1),(pid=25795) mypid=25794
I am : (i=2),(pid=25796) mypid=25795
I am : (i=3),(pid=25797) mypid=25796
I am : (i=4),(pid=25798) mypid=25797
I am : (i=5),(pid=25799) mypid=25798
I am : (i=6),(pid=25800) mypid=25799
I am : (i=7),(pid=25801) mypid=25800
I am : (i=8),(pid=25802) mypid=25801
I am : (i=9),(pid=25803) mypid=25802
I am : (i=10),(pid=0) mypid=25803
  • Muito boa resposta! +1 Mas era bom também explicar o que a verificação de pid == 0 faz, não? :) – Luiz Vieira 28/01/17 às 12:13
  • 1
    @LuizVieira, obrigado mais uma vez. Resolvi inverter a lógica para ser mais fácil de explicar... – JJoao 28/01/17 às 13:06

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.