8

Pode-se, além do this, obter o contexto de várias formas, com diferentes métodos. Como mostra no código abaixo, temos o getApplicationContext() e o getBaseContext() que aparentemente tem o mesmo propósito.

public class MainActivity extends AppCompatActivity{

    public Context context;

    public void umMetodoQualquer() {
        context = this;
        context = getApplicationContext();
        context = getBaseContext();
    }
}

E na prática, quais são as diferenças entre os métodos para obter um contexto?

0
9

Eles retornam "tipos" diferentes de Context, com tempos de vida e acesso a resources diferentes.

Context é uma classe abstracta, implementada internamente pela classe ContextImpl.
Os vários "tipos"(comportamentos) de Context são obtidos recorrendo a factory methods de ContextImpl.

Publicamente, um Context é disponibilizado através de classes herdadas de ContextWrapper.
ContextWrapper herda de Context e implementa os seus métodos de forma a simplesmente delegarem as chamadas a outro Context(ContextImpl).
Isto permite que subclasses, como Application, Service e Activity(indirectamente através de ContextThemeWrapper), modifiquem o seu comportamento sem alterar o Context original.

  • this - Neste caso refere-se a uma Activity. O seu tempo de vida está ligado ao tempo de vida da Activity e, através dele, acede-se aos resources(1) definidos para esta Activity.

    java.lang.Object
       ↳    android.content.Context
           ↳    android.content.ContextWrapper
               ↳    android.view.ContextThemeWrapper
                   ↳    android.app.Activity  
    
  • getApplicationContext() - Refere-se à aplicação. O seu tempo de vida está ligado ao tempo de vida da aplicação e, através dele, acede-se aos resources(1) definidos para a aplicação.

    java.lang.Object
       ↳    android.content.Context
           ↳    android.content.ContextWrapper
               ↳    android.app.Application 
    
  • getBaseContext() - Retorna o context que foi utilizado ao criar o objecto ContextWrapper, passado ao construtor ou a ele atribuído pelo método attachBaseContext(). Ele é do tipo ContextImpl.

    java.lang.Object
       ↳    android.content.Context
           ↳    android.content.ContextImpl
    

    Se a subclasse de ContextWrapper não sobrescrever nenhum dos métodos, o Context retornado, terá um comportamento igual ao da subclasse.
    Por exemplo, o context passado ao método onReceive() do BroadcastReceiver é do tipo ReceiverRestrictedContext. Nele os métodos registerReceiver() e bindService() são sobrescritos para lançar ReceiverCallNotAllowedException, caso seja chamados.

(1) Por exemplo, se para esta Activity definir um theme diferente do theme da aplicação, as views criadas com o context this têm uma aparência diferente daquelas criadas com o context retornado por getApplicationContext().

Pode verificar qual o tipo de cada Context, obtido por cada um dos métodos, usando este código:

activity = this;
applicationContext = getApplicationContext();
baseContext = getBaseContext();

Log.d("Context", activity.getClass().getName());
Log.d("Context", applicationContext.getClass().getName());
Log.d("Context", baseContext.getClass().getName());
9
  • O getbaseContext também refere-se a Activity ou seria algo mais complexo?
    – viana
    28/01/17 às 0:34
  • getbaseContext() retorna o context criado pelo sistema, uma instância de ContextImp que é criada e configurada(suponho) em função do tipo de componente que o vai utilizar: Activity/Service ou Application. Ele é acedido através do proxy ContextWrapper, do qual eles herdam. Cada um deles é um context mas a "implementação/configuração" dele é fornecida externamente.
    – ramaral
    28/01/17 às 1:24
  • Não sei se a classe Acrivity sobrescreve algum dos métodos de ContextWrapper. Se não sobrescreve o Context retornado por getBaseContext() terá um comportamento igual ao (Context)this.
    – ramaral
    28/01/17 às 11:52
  • Fiz os seguintes teste usando o logo: this.getClass().getName() retornou o nome da activity; getApplicationContext().getClass().getName() retornou android.app.application; getBaseContext().getClass().getName() retornou android.app.ContextImpl. Gostaria de saber na prática, como/quando/onde é usado. Teria como você exemplificar?
    – viana
    28/01/17 às 13:08
  • Use o Context do componente dentro do qual você está(this), desde que a referência a ele não se estenda além do ciclo de vida desse componente. Se não for esse o caso use getApplicationContext(). Até agora não encontrei razão para usar getBaseContext(). Veja este post onde tem informação mais completa.
    – ramaral
    28/01/17 às 15:05
9

getApplicationContext() como diz o nome esta associado ao contexto da aplicação e será o mesmo enquanto durar a aplicação.

getBasecontext() esta associado a atividade e será destruida junto com a atividade.

2
  • então getBaseContext é o mesmo que this?
    – viana
    27/01/17 às 13:04
  • Sim. this é o contexto atual, contexto da atividade em tela, ou do fragmento atual, o que nos obriga a buscar o contexto da aplicação para acessar algum método especifico. 27/01/17 às 13:20
5

this: É o contexto atual da sua activity, pertence a activiy, quando a activiy for destruída, o contexto também será. Obs: Estende de Activity, que pode sua vez, tambem estende de uma classe Context.

getApplicationContext(): É o contexto da aplicação, de todo o ciclo de vida da aplicação, quando a aplicação for destruída, em seguida, o contexto da aplicação também será.

getBaseContext(): É um método de ContextWrapper, é a implementação mais simples de contexto que delega todas as chamadas para outro contexto. Pode ser subclassificada para modificar o comportamento e alterar o contexto original.

Quando usar:

Use this: Quando você precisar apresentar Dialogs, AlertDialogs, etc, mensagens para o usuário na Activity que ele se encontra.

Use getApplicationContext: Use quando quer um context que seja independente do ciclo de vida da Activity, ou seja, que exista durante todo ciclo da aplicação.

Use getBaseContext: Quando você deseja acessar Contexto de outro contexto dentro do aplicativo você pode acessar. Exemplo: Widgets, Views, etc..

0

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.