6

Qual a diferença das tags <i> e emphasis <em> em HTML?

Quando utilizar cada uma delas?

6

A tag <em> tem significa enfatizado. Você deve usá-la quando você quer estressar um determinado pensamento ou ideia. Os navegadores normalmente tornam o texto enfatizado em itálico; Um leitor pode recitar o texto um pouco mais lentamente ou mais alto do que as palavras que o cercam.

Exemplo:

A rota é perfeitamente segura desde que você permaneça na fuga. Acima de tudo, <em> não andam no intervalo de disparo </em>.

Às vezes, você precisa enfatizar o texto, não para fazê-lo se destacar, mas para esclarecer o significado. Por exemplo, se eu colocar um sinal dizendo Escolha seus próprios morangos, eu estou convidando você a comprar morangos de mim, no entendimento de que você possa pegá-los. Mas se eu disser Escolha os seus <em>próprios </em> morangos, eu estou dizendo para você deixar os meus morangos quietos.

A tag <i> também faz com que o texto a ser processado em itálico, mas neste caso é para fins de estilo em vez de adicionar ênfase. Você usa i para indicar uma voz ou modo diferente, ou para separar uma frase ou palavra do fluxo normal do texto.

A etiqueta é usada frequentemente para os títulos dos filmes, dos livros e das obras ou da arte, para nomes de navios, para frases estranhas curtas, e em certos usos especializados, tais como teoremas matemáticos e nomenclatura biológica. Mas note que todos esses usos são uma questão de estilo; Exemplo:

Ele passou o tempo recitando<i> o tiroteio de Dan McGrew</i>.

Apesar de perder cada jogo, mantivemos nosso <i> esprito de corpo</i>.

FONTE

3

Apesar do resultado visual ser o mesmo, pois os dois deixam o conteúdo em itálico, o significado semântico é diferente. A tag <em> é usada para dar ênfase no conteúdo e a tag <i> é usada para o estilo do texto em geral.

<p>
  Essa <em>palavra</em> merece ser enfatizada 
</p>
  
  
<p>
  <i>Quero deixar todo meu texto em itálico<i/>
</p>

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.