2

Veja o seguinte script python:

class a:
        def __init__(self,n):
                self.n=n

        class b:
                def __init__(self):
                        ## o que botar aqui para receber a variável self.n ##
                def show(self):
                        return self.n
inst=a(3).b()
print(inst.show())

A classe "b" está dentro da classe "a". A classe "a" tem um argumento(além de self) e a classe "b" não tem nenhum. Gostaria de saber como faço para a classe "b" herdar a variável "self.n" da classe "a" para que ela possa ser usada no método "show". O objetivo é que este script mostre o número 3.

  • Qual o objetivo de ter uma inner class no seu caso? Explicando o problema pode ser que haja uma outra forma . – Marlysson 25/01/17 às 11:36
4

No Python é preciso criar explicitamente o acesso

Você deve acessar a classe interna através de uma função na classe externa.

Tente dessa forma:

class externa(object):
    def __init__(self, n):
        self.n = n        

    def getInterna(self):
        return self.interna(self)

    class interna(object):
        def __init__ (self, pai):
            self.pai = pai

        def show(self):
            return self.pai.n

inst = externa(3).getInterna()

print(inst.show())
  • Entendi o que você colocou, mas não foi isso que eu pedi. Meu objetivo não é criar um código que mostre 3. É fazer a classe interna receber uma variável da externa. Nesse seu exemplo, você nem usou a classe interna. Ela poderia ser deletada que não haveria diferença na saída de dados. O script que eu mostrei é um exemplo de como quero resolver meu problema, meu verdadeiro script é muito grande e ficaria difícil de entender se eu fosse botá-lo todo. Por isso simplifiquei nesse. @pagotti – Benedito 24/01/17 às 20:12
  • 3
    Essa resposta está correta. O que voce esta tentando fazer é que não está. – jsbueno 25/01/17 às 3:10
  • @Benedito se você perceber na penúltima instrução ele pega a instância da classe interna chamando getInterna(). – Pagotti 25/01/17 às 10:18
  • Realmente estava correto. Não sei o que eu tinha olhado. Obg. – Benedito 26/01/17 às 21:01
2

Sem entender o seu problema é uma questão complicada de responder. A pergunta não faz nem muito sentido.

Mas vamos lá - por que você quer declarar uma classe interna à outra? A declaração da classe em si não cria objetos dessa classe - a única diferença é que para se instanciar a classe b, no exemplo que você dá, é necessário se digitar a.b() - nesse caso o Python busca dentro da classe a o atributo b verifica que é "chamável" - como não é uma função ordinária, essa chamada não ganha automaticamente o parâmetroself` que é colocado em métodos.

Ou seja, em :

class a:
    def b(self):
        ...

Quando você chama b o próprio Python coloca o atributo self ali.

No seu exemplo, a classe a.b é instanciada normalmente e não vai saber nada sobre a classe a - muito menos sobre instâncias especificas da mesma.

A forma de se passar essa referência é instanciar a classe em um método - que pode ser usado como um "factory" dos objetos a.b- isso fica praticamente igual está na outra resposta:

class a:
    def __init__(self):
         ...
    def b_factory(self):
         return self.__class__.b(self)

    class b:
         def __init__(self, instancia_pai):
               self.instancia_pai = instancia_pai
               print(self.instanca_pai.n)

Você observou no comentário que "tanto faz a classa b estar dentro de a" EXATAMENTE - porque para qualquer efeito prático, tanto faz mesmo. Se a precisar ter instâncias de b atreladas a cada instância, pode fazer isso em seu próprio __init__ - E a sintaxe do Python permite que você declare classes uma dentro da outra, e use essas classes como Namespaces para atributos de classe - mas na hora que você quer começar a criar instâncias dessas classes, e ter referências a instâncias - (você quer o atributo self.n de uma instância de a), tem que passar essas instâncias como parâmetros para os métodos.

A resposta que você quer

Apesar de não fazer sentido o que você quer fazer, Python tem um mecanismo de atributos dinâmicos chamado de descriptors, que pode ser usado para fazer o que quer você esteja precisando, mas do jeito "correto". Internamente é o mecanismo que o Python usa para acrescentar o parâmetro self aos métodos, e é mais comum que seja usado em código de usuários com o decorator property do Python.

É o seguinte: toda vez que o Python vai recuperar um atributo de uma classe, ele verifica se aquele atributo existe primeiro na classe (e não primeiro na instância) - se sim, ele verifica se o atributo tem o método especial __get__. Se tiver, em vez de continuar a busca, o Python chama esse método __get__ passando a instância e a classe onde o atributo foi buscado como parâmetros.

Só que aí que a coisa fica diferente. O método __get__ tem que ser da classe do atributo recuperado. Se o próprio atributo for a classe, ele não funciona. Ou seja: para usar descriptors as classes tem em seu corpo instâncias de classes que tem o método __get__ e não as próprias classes. Você pode até fazer a declaração aninhada mas, para funcionar, você tem que ter uma instância da classe aninhada, não a própria classe no corpo de a:

Em resumo, seu código pode ser escrito assim:

class a:
    def __init__(self,n):
        self.n=n

    class b:
        def __init__(self):
            ...

        def show(self):
            return self.instance.n

        def __get__(self, instance, owner):
             self.instance = instance
  c = b()

E com esse código você pode fazer: a(5).c.show() Mas não a(5).b.show() (e sim, perceba que não faz a menor diferença a declaração de b estar dentro de a - e sim, se eu tivesse chamado a instância c de b daria na mesma - só que você não teria mais acesso a classe b, apenas a uma única instância criada dela).

Não sei direito o que você quer fazer com classes aninhadas - mas veja a documentação sobre descriptors, e provavelmente vai ver que eles é que pode fazer o que você está querendo fazer com as classes aninhadas.

A documentação oficial do Python sobre descriptors é extremamente concisa e está toda aqui: https://docs.python.org/3.6/reference/datamodel.html#implementing-descriptors

E em geral, a classe de descriptors que vem pronta, property, já faz tudo que é necessário: https://docs.python.org/3/library/functions.html#property

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.