3

Eu faço a seguinte consulta do meu servidor apache em um banco SQL SERVER:

<?php

// Dados do banco
$dbhost   = "192.168.0.100";    #Nome do host
$db       = "DATABASE";         #Nome do banco de dados
$user     = "root";                 #Nome do usuáo
$password = "root";             #Senha do usuáo

@mssql_connect($dbhost,$user,$password) or die("Nãfoi possíl a conexãcom o servidor!");
@mssql_select_db("$db") or die("Nãfoi possíl selecionar o banco de dados!");

$instrucaoSQL = "SELECT  
                    A.CODIGO     AS COD,
                    B.chapa      AS CHAPA,
                    A.nome       AS NOME,
                    REPLICATE('0', 11 - LEN(A.cpf)) + RTrim(A.cpf) AS CPF,
                    B.CODFILIAL  AS LOJA
                FROM
                    PPESSOA AS 
                        A LEFT OUTER  JOIN PFUNC as B on 
                                A.CODIGO = b.CODPESSOA                              
                                WHERE B.CODSITUACAO<>'D'
                                  ORDER BY CHAPA";
$consulta = mssql_query($instrucaoSQL);
$numRegistros = mssql_num_rows($consulta);

echo "Esta tabela contém $numRegistros registros!\n<hr>\n";

if ($numRegistros!=0) {
    while ($row = mssql_fetch_array($consulta)) {
        echo $row['COD']."-".$row['CHAPA']."-".$row['NOME']."-".$row['CPF']."-".$row['LOJA']."\n<br>\n";
    }
}

?>

Preciso salvar o resultado dentro de uma pasta em um arquivo .txt em meu servidor apache,exemplo:

/var/www/html/sistema/export/resultado.txt

Como poderia fazer esse tipo de processo automaticamente?

  • file_put_contents() pode ajudar para criar o arquivo. – rray 16/01/17 às 14:51
  • file_put_contents é uma função que substitui fope fwrite e fclose, segundo um artigo o fwrite trabalha mais rápido, e melhor com arquivos grandes, do que file_put_contents , existe um tópico sobre isto no stackoverflow em inglês com o artigo: stackoverflow.com/questions/6415958/… – Leonardo Rodrigues 16/01/17 às 15:06
2

Para isto você irá precisar de 3 funções php:

fopen, fwrite, fclose

fopen: php.net/fopen

$file = fopen(string $filename , string $mode);

$filename: Caminho até o arquivo a ser utilizado

$mode: Modo no qual irá trabalhar com este arquivo. O fopen irá criar automaticamente o arquivo de txt caso ele não existe, caso existe você deve decidir se o que irá colocar dentro do arquivo deve ser no começo ou no final, isso você poderá editar pela $mode, Saiba mais!

Depois de aberto o seu arquivo, você precisar escrever nele, como dito anteriormente, o que irá escrever irá aparecer no começo ou no final do arquivo, dependendo do $mode que utilizou na função $fopen. Para escrever no arquivo utilizar fwrite.

fwrite: php.net/fwrite

fwrite ( resource $handle , string $string [, int $length ] )

Depois de escrito, você precisa fechar o arquivo em questão, utilizando a função fclose

fclose: php.net/fclose

bool fclose ( resource $handle )

Exemplo: w3schools

<?php
$file = fopen("test.txt","w");
fwrite($file,"Hello World. Testing!");
fclose($file);
?>

Adaptando ao seu código ficaria assim:

<?php

// Dados do banco
$dbhost   = "192.168.0.100";    #Nome do host
$db       = "DATABASE";         #Nome do banco de dados
$user     = "root";                 #Nome do usuáo
$password = "root";             #Senha do usuáo

@mssql_connect($dbhost,$user,$password) or die("Nãfoi possíl a conexãcom o servidor!");
@mssql_select_db("$db") or die("Nãfoi possíl selecionar o banco de dados!");

$instrucaoSQL = "SELECT  
                    A.CODIGO     AS COD,
                    B.chapa      AS CHAPA,
                    A.nome       AS NOME,
                    REPLICATE('0', 11 - LEN(A.cpf)) + RTrim(A.cpf) AS CPF,
                    B.CODFILIAL  AS LOJA
                FROM
                    PPESSOA AS 
                        A LEFT OUTER  JOIN PFUNC as B on 
                                A.CODIGO = b.CODPESSOA                              
                                WHERE B.CODSITUACAO<>'D'
                                  ORDER BY CHAPA";
$consulta = mssql_query($instrucaoSQL);
$numRegistros = mssql_num_rows($consulta);

echo "Esta tabela contém $numRegistros registros!\n<hr>\n";

if ($numRegistros!=0) {
    while ($row = mssql_fetch_array($consulta)) {
        $string = $row['COD']."-".$row['CHAPA']."-".$row['NOME']."-".$row['CPF']."-".$row['LOJA']."\n<br>\n";
        $file = fopen("test.txt","w");
        fwrite($file,$string);
        fclose($file);
        echo $string;
    }
}

?>

EDIT: Como você precisar gravar muitos registros com uma única chamada mysql a forma correta de se utilizar seria:

if ($numRegistros!=0) {
    $file = fopen("test.txt","w");
    while ($row = mssql_fetch_array($consulta)) {
        $string = $row['COD']."-".$row['CHAPA']."-".$row['NOME']."-".$row['CPF']."-".$row['LOJA']."\n<br>\n";
        fwrite($file,$string);
        echo $string;
    }
    fclose($file);
}

Utilizando o $mode "w" irá abrir o arquivo e escrever no início dele

  • Deu quase certo, porque esta gravando somente o ultimo registro, são muitos,preciso que grave todos. O que poderia ser ? – Otácio Barbosa 16/01/17 às 15:05
  • Provavelmente porque o arquivo está sendo aberto e fechado rápido de mais dentro do loop de registros, não tenho absoluta certeza, então eu editei minha resposta de forma que o arquivo seja aberto uma única vez e escrito todos os registros do loop, e depois fechado, tente desta maneira – Leonardo Rodrigues 16/01/17 às 15:10
  • Perfeito,Obrigado, foi muito interessante,vou estudar mais sobre isso. Abraço ! – Otácio Barbosa 16/01/17 às 15:24
1

Use file_put_contents() para criar o arquivo passando uma string ($conteudo) que terá todos os campos da consulta seperados por - quem faz isso implode()

$conteudo .= '';  
while ($row = mssql_fetch_array($consulta)) {
    $conteudo .= implode($row, '-') .PHP_EOL;  
}

file_put_contents('consulta.txt', $conteudo);

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.