O que são weak tables (tabelas fracas) na versão 5.0 Lua? Quando usá-las?

fechada como não está clara o suficiente por Articuno L, gato, Lucas Costa, Randrade, Omni 20/01/17 às 9:20

Esclareça seu problema específico ou acrescente outros detalhes para destacar exatamente o que precisa. Do modo como está escrito aqui, é difícil saber exatamente o que você está perguntando. Consulte a página Como perguntar para obter ajuda no esclarecimento desta pergunta. Conheça as regras na central de ajuda e edite a pergunta para que fique adequada.

  • este código está um pouco confuso e não faz o que você diz que faz. Se mostrar melhor a situação real talvez dê uma arrumar uma resposta. – Maniero 16/01/17 às 13:20
  • 1
    Li, mas agora que postou uma resposta que fala exatamente o que eu respondi, percebi que já sabia o que queria como resposta, só não sabe como perguntar, o código da sua pergunta não precisa e não tem sentido usar o que você deseja como resposta. Se é possível, coloque um código na sua resposta que faça uso dentro desse código postado na pergunta (não outro). – Maniero 16/01/17 às 14:03
  • 6
    Esta pergunta está a ser dicutida no meta: meta.pt.stackoverflow.com/q/5675/7210 – Jorge B. 16/01/17 às 15:25
  • 2
    Acho que isso não é lixo de memória olhando bem porque no for for i = 1, 2e2 do a expressão 2e2 é igual a 200. Converte 2e2 neste site e vc vera que 2e2 é igual a 200 na base decimal. O e significa a quantidade de casas (0) após o numero. – gato 16/01/17 às 17:00
  • 2
    @TheProHands veja se esses links de ajuda: link 1, link 2 e link 3. – gato 17/01/17 às 16:35

O que deseja fazer não precisa de referência fraca. Se o código é isso mesmo, vai executar algo e encerrar, não precisa fazer nada para a memória ser liberada.

Se pretende criar a tabela e que ela seja destruída logo em seguida, coloque em uma variável local. Mesmo que tenha que passar de uma função para outra faça com variáveis locais. Quando nenhuma variável estiver acessando a tabela ela poderá ser destruída. Variáveis locais cuidam invalidam a referência imediatamente o o GC coletará o objeto na próxima passada.

Usando referência fraca você não tem controle sobre o conteúdo, na primeira coleta poderá não existir mais os dados e se tentar acessar terá problemas, então usar referência fraca aí é um erro.

Para usar algo global e ter controle sobre o tempo de vida precisa fazer manualmente.

Uma resposta genérica conforme a documentação, mas lembre-se que isso só deve ser usado quando pode ficar sem os dados a qualquer momento, até mesmo antes de usá-los.

a = {}
b = {}
setmetatable(a, b)
b.__mode = "v"
tabela = {}
a[1] = tabela
tabela = {}
a[2] = tabela
collectgarbage()
for k, v in pairs(a) do print(v) end

Veja funcionando no ideone. Também coloquei no GitHub para referência futura.

O modo v atribuído com setmetatable torna os valores da tabela como referências fracas que é o que deseja. A letra k faz o mesmo com as chaves.

  • Agora só dá para dar +1 quando a resposta for editada. – hydroper 27/01/17 às 11:03

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.