5

Ao tentar executar o trecho abaixo:

int[] vetor = {1, 2, 3, 4, 5, 6};

System.out.println(Arrays.toString(vetor));

O array é exibido normalmente como [1, 2, 3, 4, 5, 6] mas se eu tentar com um array bidimensional, conforme o trecho abaixo:

int[][] matriz = {{1, 2, 3, 4, 5, 6}, {8, 10, 12, 14}};

System.out.println(Arrays.toString(matriz));

O resultado é [[I@7852e922, [I@4e25154f] e os valores do array não são exibidos.

Há alguma forma de exibir um array bidimensional direto no System.out.println sem ter que fazer laços ou sobrescrever métodos, como ocorreu no código com o array simples?

0

3 Respostas 3

5

Mediante códigos tanto forEach com lambda, quanto o método deepToString do Arrays utilizam foreach e for respectivamente internamente em seus códigos, não havendo outro meio de exibir um array (simples ou multidimensional) sem que acontece o loop. Concluindo que sem um loop, não tem possibilidades de apresentar em um texto os dados contidos em um array, e os códigos de classes podem encapsular isso para ficar transparente ao desenvolvedor, escondendo (omitindo) a realidade do código.

Códigos:

forEach com lambda

@Override
public void forEach(Consumer<? super E> action) {
    Objects.requireNonNull(action);
    for (E e : a) {
        action.accept(e);
    }
}

deepToString

public static String deepToString(Object[] a) {
    if (a == null)
        return "null";

    int bufLen = 20 * a.length;
    if (a.length != 0 && bufLen <= 0)
        bufLen = Integer.MAX_VALUE;
    StringBuilder buf = new StringBuilder(bufLen);
    deepToString(a, buf, new HashSet<Object[]>());
    return buf.toString();
}

private static void deepToString(Object[] a, StringBuilder buf,
                                 Set<Object[]> dejaVu) {
    if (a == null) {
        buf.append("null");
        return;
    }
    int iMax = a.length - 1;
    if (iMax == -1) {
        buf.append("[]");
        return;
    }

    dejaVu.add(a);
    buf.append('[');
    for (int i = 0; ; i++) {

        Object element = a[i];
        if (element == null) {
            buf.append("null");
        } else {
            Class<?> eClass = element.getClass();

            if (eClass.isArray()) {
                if (eClass == byte[].class)
                    buf.append(toString((byte[]) element));
                else if (eClass == short[].class)
                    buf.append(toString((short[]) element));
                else if (eClass == int[].class)
                    buf.append(toString((int[]) element));
                else if (eClass == long[].class)
                    buf.append(toString((long[]) element));
                else if (eClass == char[].class)
                    buf.append(toString((char[]) element));
                else if (eClass == float[].class)
                    buf.append(toString((float[]) element));
                else if (eClass == double[].class)
                    buf.append(toString((double[]) element));
                else if (eClass == boolean[].class)
                    buf.append(toString((boolean[]) element));
                else { // element is an array of object references
                    if (dejaVu.contains(element))
                        buf.append("[...]");
                    else
                        deepToString((Object[])element, buf, dejaVu);
                }
            } else {  // element is non-null and not an array
                buf.append(element.toString());
            }
        }
        if (i == iMax)
            break;
        buf.append(", ");
    }
    buf.append(']');
    dejaVu.remove(a);
}

O exemplo que passo seria Java 8, com lambda:

int[][] matriz = {{1, 2, 3, 4, 5, 6}, {8, 10, 12, 14}};
Arrays.asList(matriz).forEach((i) -> { System.out.println(Arrays.toString(i)); });

Exemplo Online

Referencia:

2
  • A resposta é válida e agora está até mais completa(já até deixei meu voto), mas em relação a necessidade de laço, a questão que eu abordei quanto a ele é justamente não termos que escrevê-lo, se o método faz o laço internamente, como uma característica nativa da linguagem, você não precisou escrevê-lo "na mão". – user28595 15/01/17 às 22:49
  • Entendi @diegofm, nenhuma das duas formas, precisa escrever o for ou foreach ná mão são métodos (um com o nome bem sugestivo) que internamente nada mais é do que um laço. Quanto fui questionado queria passar essa informação na forma simples para que todos entendam que muitas vezes procuramos algum código e nada mais é do que faze-lo de forma simples. Obrigado pelo comentário. – novic 15/01/17 às 23:00
9

Basta usar o método deepToString(Object[] a);

int array[][] = {{1, 2, 3}, {4, 5, 6}, {7, 8, 9}};
System.out.println(Arrays.deepToString(array));

Saída:

[[1, 2, 3], [4, 5, 6], [7, 8, 9]]

1

Você deve colocar referente o primeiro array de array, e a posição que desejar e assim por diante.

System.out.println(matriz[0][0]);//saida 1  
System.out.println(matriz[0][1]); //saida 2  
System.out.println(matriz[0][2]); //saida 3 
1
  • É uma solução válida, mas não é muito viável dependendo do tamanho do array, ou do numero de "dimensoes" que ele tiver. – user28595 15/01/17 às 20:46

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies