9

Em PHP, não apenas arrays são iteráveis, mas também alguns objetos específicos. Por exemplo, objetos que implementem a interface Iterator ou ainda IteratorAggregate. Outro exemplo é stdClass e ArrayObject, que iteram com foreach. Ainda assim, há o caso daquelas funções que usam yield internalmente. O yield faz com que a função possa retornar um valor que é iterável via foreach.

Sendo assim, qual é a forma segura de verificar se um valor é iterável com foreach via PHP, já que existem tantas variações?

Por exemplo, como poderia fazer as variáveis abaixo passar de acordo com um teste específico para checar se é iterável?

$a = new stdClass;
$b = new ArrayObject;
$c = new FileSystemIterator(__DIR__);
$d = array(1, 2, 3);

$e = new PDO(); // não iterável
$f = 'Não iterável'; // não iterável
10

Em PHP, todo array é iterável.

Qualquer objeto também podem ser usado no foreach, porém o comportamento não pode ser desejado, pois todas as propriedades públicas é que são usadas na iteração. Assim, você precisa definir a interface Iterator ou IteratorAggregate ou RecursiveIterator para determinar o comportamento da classe quando a instância da mesma é invocada no foreach.

Uma informação importante é que as interfaces Iterator ou IteratorAggregate herdam uma outra interface, chamada Traversable. Ela é usada para o PHP detectar internamente se a classe é iterável via foreach. Então quando você implementa Iterator ou IteratorAggregate, você implementa indiretamente Traversable. O RecursiveIterator por sua vez herda Iterator, portanto também indiretamente herda Traversable.

Resumindo: Toda interface de iteração em PHP herda Traversable. Então toda classe que implementa Iterator, é uma instância de Traversable.

As classes citadas no post, ArrayObject e FileSystemIterator possuem a implementações de Iterator. Então por isso são iteráveis.

Veja um teste no ideone.com

O yield que foi citado na pergunta é usado para retornar uma instância da classe Generator. Ele também implementa Iterator e, portanto, implementa implicitamente Traversable.

Já o caso do stdClass, é o primeiro exemplo citado. Por ser um objeto vazio, todas as propriedades definidas nele são públicas. Então isso explica porque ele é iterável via foreach.

Com base nas informações obtidas acima, eu diria que a forma mais segura de verificar se um valor é iterável em PHP é :

is_array($valor) || $valor instanceof stdClass || $valor instanceof Traversable;

Você pode criar uma função para checar isso se quiser:

function is_iterable($value)
{
    return is_array($value) || $value instanceof stdClass || $value instanceof Traversable;
}
3

Nota: Esta resposta é apenas complementar

A partir da versão 7.1.0 do PHP existe a função is_iterable é nativa, após testa-la nesta versão notei que objetos stdClass não são considerados iteráveis, por exemplo:

<?php
$foo = new stdClass;
$foo->val = 1;
$foo->val2 = 2;

var_dump(is_iterable($foo));

Retornará bool(false), então creio que um exemplo com "retrocompatibilidade" poderia ser algo como:

//Checa se já existe a função is_iterable
if (!function_exists('is_iterable'))
{
    //se não existir cria a função, por exemplo no PHP5.6 ou 7.0
    function is_iterable($value)
    {
        return is_array($value) || $value instanceof \Traversable;
    }
}

Outra maneira de "checar" no PHP 7.1 seria usando a declaração de tipo iterable, um código de exemplo seria:

function minhafuncao(iterable $valor)
{
    //Faça algo aqui
}

minhafuncao([1, 2, 3]); //Usando

Se passar stdClass por exemplo ou outro tipo que não seja iterável vai ocorrer uma Exception TypeError se fizer isto:

minhafuncao(new stdClass);

A Exception trará algo como:

PHP Fatal error:  Uncaught TypeError: Argument 1 passed to minhafuncao() must be
 iterable, object given, called in foo.php on line 7 and defined in foo.php:2
Stack trace:
#0 foo.php(7): minhafuncao(Object(stdClass))
#1 {main}
  thrown in foo.php on line 2

Fatal error: Uncaught TypeError: Argument 1 passed to minhafuncao() mustbe iterable, object given, called in foo.php on line 7 and defined in foo.php:2
Stack trace:
#0 foo.php(7): minhafuncao(Object(stdClass))
#1 {main}
  thrown in foo.php on line 2

O que pode ser interessante se quiser criar uma função mais "restrita" (exigente)

Mais detalhes nesta pergunta Para que serve o tipo iterable do PHP 7.1?

  • is_iterable((array) new stdClass) dá o quê, chefe? – Wallace Maxters 18/08/17 às 20:52
  • 1
    @WallaceMaxters bool(true) devido ao cast, mas creio que eles não consideram stdClass como iteravel porque ele só funciona em algumas situações, creio que com funções como next(); e current() não funcione – Guilherme Nascimento 18/08/17 às 20:54
  • 1
    Na verdade qualquer objeto castado para array é iterável. Um cast de object para array pega suas propriedades e transforma em um array associativo. 3v4l.org/Ts0S8 – gmsantos 18/08/17 às 21:03
  • @gmsantos vai além de "objetos": ideone.com/UlAh3b – Guilherme Nascimento 18/08/17 às 21:05
  • 1
    @gmsantos acho que foi isso mesmo o que eu quis expor :) como disse no primeiro comentário pro Wallace, "devido ao cast" – Guilherme Nascimento 18/08/17 às 21:27

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.