4

Galera, já estou há alguns meses com alguns projetos encalhados, por motivo de não conseguir que uma label fique se atualizando constantemente.

Consigo fazer um cronômetro, mas na hora de passar para a interface criada pelo scene builder, ele trava, pois não consegui atualizar o label, eu acho.

Por favor, me ajudem, estou precisando muito.

Exemplo:

package progrma.de.teste.nivel.pkg2;

import java.net.URL;
import java.util.ResourceBundle;
import java.util.Timer;
import java.util.TimerTask;
import javafx.event.ActionEvent;
import javafx.fxml.FXML;
import javafx.fxml.Initializable;
import javafx.scene.control.Label;

public class interface2 implements Initializable {

    @FXML
    private Label label;
    private int contador=0;
    @FXML
    private void handleButtonAction(ActionEvent event) {

           Timer tm = new Timer();
            tm.scheduleAtFixedRate(new TimerTask(){
            @Override
            public void run() {
                contador++;
                int seg  =  contador %60;
                int min  =  contador /60;
                int hora =  min      /60;
                min     %=  60;
                label.setText(String.format("%02d:%02d:%02d:",hora,min,seg));
            }
        },1000,1000);
    }
    @Override
    public void initialize(URL url, ResourceBundle rb) {
            }      
}

3 Respostas 3

0

Ao meu ver e, pelo q estou estudando, a abordagem 1 é a mais correta. Porém, é importante ressaltar pontos aqui: O 1º e principal é q para se inciar um Task é preciso da classe Servive, que herda de Sevice, no caso da abordagem 1, ficaria extends Service. Em 2º lugar é q em uma Task é q estão os métodos updateProgress(), updateMessage() e updateTitle() e alguns outros métodos q podem ser sobrescritos, como done(), cancelled(), failed() e alguns outros. O 3º e também, ao meu ver, importante, pela questão de boa prática de programação, é q a lógica toda para atualizar o tempo ficaria melhor se posta em um método, e, no método call() chamar esse método, que seria usar a prática de encapsulamento

Como sou novo por aqui ainda não tive tempo para ver da maneira adequada como fazer para postar um código, mas vou colocar do jeito como sei ( pretendo aprender bem como postar um código devidamente formatado )

Segue o código d um exemplo q fiz para o mesmo exercício:

public class UpdateService extends Service<String> {

private int segundo;
private int minuto;
private int hora;
private int contador;

private String path = getClass().getResource("/som_de_submarino.mp3").toString();

private Media media = new Media(path);

private MediaPlayer mediaPlayer = new MediaPlayer(media);

@Override
protected Task<String> createTask() {
    return new Task<String>() {

        @Override
        protected String call() throws Exception {

            while (true) {
                cronometrar();
                Thread.sleep(1000);
            }


        }

        private void cronometrar() throws Exception {

            contador++;
            segundo = contador % 60;
            minuto = contador / 60;
            hora = minuto / 60;
            minuto %= 60;

            for (int i = 0; i < 6; i++) {
                if (minuto == (i * 10) && segundo == 0) {
                    mediaPlayer.play();
                }
            }

            if (hora > 0) {
                updateMessage(String.format("%02d:%02d:%02d", hora, minuto, segundo));
            } else {
                updateMessage(String.format("%02d:%02d", minuto, segundo));
            }
        }

    };

}

public void setContador(int contador) {
    this.contador = contador;
}

}

  • No texto onde falei da classe Service não apareceu q ela herda de Service e o tipo de retorno. Ex: extends Service<void> – giu_ 8/10/17 às 6:25
  • É uma outra forma de resolver mas aqui o principal é dar uma orientação. Usamos a classe Service quando existe no código alterações na UI, que só podem ser feitas pela FX thread e Task quando as operações são em background. Usar Task favorece o isolamento da FX Thread para renderização por esse motivo eu usei apenas Task e Bind para resolver este problema. – Gustavo Fragoso 8/10/17 às 16:25
  • Além disso pode-se iniciar uma Task sem herança criando uma thread e associando a tarefa a ela, dessa forma: new Thread(task).start(); – Gustavo Fragoso 8/10/17 às 16:37
  • No modo como vc fez o exercício, vendo o código e o modo como uma Task foi criada, assumi-se q o código foi feito via programação. No exemplo q passei o exercício foi feito via arquivo FXML. Portanto, estou assumindo o fato de q uma classe Controller foi criada. Para completar minha solução basta instanciar um objeto da classe UpdadeService. ex: UpdateService service = new UpdateService() na classe Controller e no método initialize() da classe Controller criar um Bind tipo: label.textProperty().bind(service.messageProperty()); – giu_ 4/11/17 às 22:53
  • No modo como vc fez o exercício, vendo o código e o modo como uma Task foi criada, conclui-se q o código foi feito via programação. No exemplo q passei o exercício foi feito via arquivo FXML. Portanto, estou assumindo o fato de q uma classe Controller foi criada. Para completar minha solução, basta instanciar um objeto da classe UpdadeService. ex: UpdateService service = new UpdateService() na classe Controller e no método initialize() da classe Controller criar uma Bind unidimensional tipo: label.textProperty().bind(service.messageProperty()); Apenas deixei d mencionar a Bind – giu_ 4/11/17 às 23:12
0

Eu consegui fazer de duas formas diferentes.

Abordagem 1:

Usar uma Task normal e atualizar o label através de um bind com o messageProperty() da thread:

Task<Void> task = new Task<Void>() {
    @Override
    protected Void call() throws Exception {
        while(!isCancelled()){
            contador++;
            int seg  =  contador %60;
            int min  =  contador /60;
            int hora =  min      /60;
            min     %=  60;
            
            updateMessage(String.format("%02d:%02d:%02d",hora,min,seg));
            Thread.sleep(1000);
        }
        
        return null;
        }
    };
label.textProperty().bind(task.messageProperty());

Problemas:

As vezes parece ser mais lento que o esperado, não sei se por conta da comunicação entre o updateMessage e o bind, mas acredito pode ser ajustado mudando o tempo do sleep.

Abordagem 2:

Utilizar o Platform.runLater() para forçar a atualização do label utilizando a Application Thread:

Timer tm = new Timer();
    TimerTask task = new TimerTask(){
        @Override
        public void run(){
            Platform.runLater(new Runnable() {
            @Override
            public void run() {
                contador++;
                int seg  =  contador %60;
                int min  =  contador /60;
                int hora =  min      /60;
                min     %=  60;
                label.setText(String.format("%02d:%02d:%02d",hora,min,seg));
            }});
        }
    };
tm.scheduleAtFixedRate(task,1000,1000);

Problemas:

2 run() aninhados não me parece ser uma boa prática de programação

Avisos adicionais:

  • Ambas as soluções devem ser paradas manualmente pois as threads continuam executando após o encerramento da aplicação!
  • Fica a critério do leitor usar a solução lhe pareça mais precisa, visto que as mensurações de performance são uma opinião pessoal, não fiz um teste comparativo das duas.

Espero ter ajudado!

0

Aqui eu faço assim...

    @FXML
    public void initialize() {

        //Data atual do Sistema
        LocalDate hoje = LocalDate.now();
        DateTimeFormatter formataDia = DateTimeFormatter.ofPattern("dd/MM/yyyy");
        String diaAtual = hoje.format(formataDia);

        lblData.setText(diaAtual);

        Timeline relogio = new Timeline(new KeyFrame(Duration.ZERO, e -> {

        //Data atual do Sistema
        LocalDateTime agora = LocalDateTime.now();
        DateTimeFormatter formataHora = DateTimeFormatter.ofPattern("HH:mm:ss");
        String horaAtual = agora.format(formataHora);

        lblHora.setText(horaAtual);

        }),
                new KeyFrame(Duration.seconds(1))
        );
        relogio.setCycleCount(Animation.INDEFINITE);
        relogio.play();
}

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.