1

Segue o código:

Exemplo:

        using (var ctx = new dbEntities())
        {
            var resultado = ctx.Table.SqlQuery("Select * from Table WHERE id = 0 ").ToList<Table>();                
        }

Outro Exemplo:

private dbEntities db = new dbEntities();

        var query = from m in db.Table
                    where m.Id == 1
                    select m;

Qual das 2 é mais recomendado para fazer comando select ou update ou insert ou delete ?

  • 1
    Quando possível, sempre prefira utilizar a sintaxe da linguagem ou do framework para consultas, em vez de SQL puro. Pois haverá risco muito menor de problemas com SQL injection. Também poderá facilitar a portabilidade do sistema com relação a SGBD. – mau humor 7/01/17 às 18:29
  • O asp.net mvc 5 tem várias forma de fazer comando select. Isso me confunda. – Matheus Miranda 7/01/17 às 18:37
3

Matheus, a sua duvida não é necessariamente sobre ASP.NET MVC, mas sobre Entity Framework mas poderia ser aplicada a qual quer ORM.

LINQ

Eu diria que na maior parte do tempo, você deve optar pelo LINQ, seja query syntax ou method syntax, isto torna o eu código mais limpo, facilita a manutenção, etc.

LINQ - Query Syntax

using (var db = new dbEntities())
{
    var query = 
        from m in db.Table
        where m.Id == 1
        select m;
}

LINQ - Method Syntax

using (var db = new dbEntities())
{
    var query = db.Table.Where(x => x.Id == 1).Select(x => x);
}

No caso do method syntax, o .Select(x => x) é dispensável, está ai apenas para fins de demostração.

Quer saber a diferença entre os dois? nenhuma, o query syntax será transformado em method syntax, veja ele como um syntactic sugar, assim como o foreach.

Entity SQL

Porém caso queira ter um pouco mais de controle, ter a possibilidade de escrever a sua própria consulta e que a mesma funcione em qual quer SGBD, poderá optar pelo Entity SQL.

using (var db = new dbEntities())
{
    var esqlQuery = @"SELECT VALUE Entity FROM dbEntities.Table as Entity where Entity.Id = 1";
    var query = new ObjectQuery<Contact>(esqlQuery, db, MergeOption.NoTracking);
}

Não sei quanto as versões mais atuais do EF, mas em versões mais antigas, a ExpressionTree gerada pelo IQueryable<T> era primeiro traduzida para Entity SQL, para então ser convertida para o SQL Final.

Neste caso você estaria pulando uma etapa no processo, mas particularmente, não vejo um saldo positivo ao se trocar o LINQ por Entity SQL.

SQL

Deixe esta opção apenas caso necessite de um ajuste fino no SQL, seja por que a consulta é muito complexa, o ORM não está entregando um resultado satisfatório, etc.

using (var ctx = new dbEntities())
{
    var resultado = ctx.Table.SqlQuery("Select * from Table WHERE id = 1").ToList<Table>();                
}

Porém tenha em mente que utilizar SQL Puro dentro de um ORM irá matar boa parte das vantagens e recursos do mesmo, por exemplo, um SQL escrito para SQL Server pode vir a não funcionar para PosgreSQL, enquanto que o LINQ e o Entity SQL não irão enfrentar este tipo de problema.

Conclusão

Dê preferencia ao LINQ, apesar do potencial do Entity SQL, não vejo muito espaço para o mesmo nos dias atuais e reserve o SQL, seja ANSI SQL, TSQL ou PL/SQL para ocasiões especiais.

  • Sua resposta me ajudou muito, obrigado – Matheus Miranda 7/01/17 às 20:18

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.