1
from socket import*


Host = "localhost"
Port = 255

sockobj = socket(AF_INET, SOCK_STREAM)
sockobj.bind((Host, Port))
sockobj.listen(5)

while True:

    conexão, endereço = sockobj.accept()
    print('Server conectado por', endereço)

while True:

    data = conexão.recv(1024)

    if not data:break







        conexão.close() 

O Python simplesmente trava e não imprime nenhum erro

  • Coloca o codigo todo sff. Qual é o erro? – Miguel 6/01/17 às 14:27
  • Esse é o codigo – Jefferson_Andr 6/01/17 às 14:28
  • Faltam os imports etc... "localhost is not defined", "ame 'AF_INET' is not defined"... etc – Miguel 6/01/17 às 14:29
  • Ele trava... por bug ou porque está esperando eternamente o cliente enviar uma mensagem? Note que o seu programa trata uma conexão por vez, e como ele fica lá parado esperando, pode ser que você só não esteja percebendo que a falha na verdade está no cliente. Note também que os seus laços não está propriamente identados.. Vc tem um while infinito só para aceitar conexões! (e, esse, é provavelmente o seu problema: o seu server aceita a primeira conexão, imprime a mensagem "conectado..." e volta a aceitar conexões, ficando "aparentemente" travado) – Luiz Vieira 6/01/17 às 14:40
  • 1
    Trava sem imprimir erros? será porque o servidor está a funcionar? – Miguel 6/01/17 às 14:44
3

Corrigido, devo começar por dizer que variáveis com caracteres especiais (ç, ã ...) não é de todo aconselhado, e com maiuscula na primeira letra também não é convencional.

Estavas também a fazer dois ciclos while True: sem qualquer break no primeiro, todos sabemos em que é que isto resulta, quando na verdade é apenas no ultimo (segundo) que precisas que fique "eternamente" a rodar, outra coisa que podes fazer é usar context manager, para "abertura das sockets" desta maneira para além de ser atualmente a mais aconselhada, também escusas de fechar as sockets, tal como o seu uso na abertura de um ficheiro:

from socket import*


host = "localhost"
port = 9003

with socket(AF_INET, SOCK_STREAM) as sockobj:
    sockobj.bind((host, port))
    sockobj.listen(5)

    conexao, endereco = sockobj.accept() # esperar ate que cliente se ligue
    print('Server conectado por', endereco)

    while True:
        data = conexao.recv(1024)
        if not data:break

Nota que quando estive a testar um dos erros que me deu foi:

ConnectionRefusedError: [Errno 111] Connection refused

Isto por causa do port que estava a ser utilizado por outro processo qualquer

  • "devo começar por dizer que variáveis com caracteres especiais (ç, ã ...) não é de todo aconselhado [...]". Totalmente verdade. Entre outras dificuldades, pense que alguém que for usar ou dar manutenção no seu código pode não ter um teclado com cedilha (ç). – Luiz Vieira 6/01/17 às 14:53
  • 1
    Claro @LuizVieira, basta ser de outro país para nem perceber bem aquilo hehe – Miguel 6/01/17 às 14:56
  • 1
    no Linux (e provavelmente no Windows também) as portas menores que 1024 podem ser usadas como servidor apenas por processos privilegiados (root, administrator); assim, no exemplo do OP além de todos os erros havia a questão da porta 255 utilizada – zentrunix 6/01/17 às 15:12
  • exato @JoséX, correto – Miguel 6/01/17 às 15:13

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.