3

Suponhamos que eu tenha a seguinte estrutura de arquivos na raiz do meu site:

index.php
autoload.php

----| /Models
--------| /MainModel
------------| MainModel.php

----| /Controllers
--------| /MainController
------------| MainController.php

Suponhamos que exista um método em MainModel.php chamado de mainMethod() como segue:

<?php namespace Models\MainModel;

class MainModel
{

    public function mainMethod()
    {
        return json_encode(array('mensagem' => 'Tudo funcionando por aqui'));
    }
}

Na index.php, eu incluo o arquivo autoload.php

<?php

include_once 'autoload.php';

// resto do código

O meu arquivo autoload.php tem o seguinte código:

spl_autoload_register(function ($class) {

    $prefix = '';

    $base_dir = __DIR__.'/';

    $len = strlen($prefix);
    if (strncmp($prefix, $class, $len) !== 0) {
        return;
    }

    $relative_class = substr($class, $len);

    $file = $base_dir.str_replace('\\', '/', $relative_class).'.php';

    if (file_exists($file)) {
        require $file;
    }
});

Agora, vem a bruxaria que eu não entendo como funciona. Se eu fizer:

<?php

include_once 'autoload.php';

$obj = new Models\MainModel\MainModel;


echo $obj->mainMethod();

// Output: {"mensagem": "Tudo funcionando por aqui"}

Mesmo se eu indicar as classes dos controllers o reconhecimento é o mesmo. Funciona!

Bem, eu tenho uma closure autoload que funciona, mas como essa closure funciona? Como o autoloading do PHP reconhece as classes dentro de pastas, mesmo eu tendo indicado somente a raiz do projeto?

O PHP está indo lá dentro das pastas e reconhecendo as classes, como isso é possível?

O grande detalhe disso tudo é que se o arquivo MainModel.php não estiver dentro de uma pasta MainModel (com o mesmo nome do arquivo) o autoload não funciona.

Outra coisa curiosa é que os namespace têm que indicar o caminho do arquivo até a classe a partir da raiz Models\MainModel, depois eu declaro a classe.

Eu não quero saber como usar o autoload, porque isso eu já consegui, mas sim como funciona, porque eu estou usando algo que eu não sei como funciona.

Minha pergunta é completamente diferente da optada pelos moderados do site: ver "possível duplicada"

6

O spl_autoload_register intercepta todas suas chamadas que forem feitas assim:

  • $foo = new AlgumaCoisa(); instanciar uma classe
  • echo AlgumaCoisa::teste; pegar uma constante
  • echo AlgumaCoisa::$teste; pegar uma variável estática
  • $baz = AlgumaCoisa::funcao(); chama um método estático

Ele funciona como um "proxy", ele é executado antes de concluir a instancia da classe por exemplo.

Agora eu recomendo não usar require ou require_once, e nem file_exists, faça assim:

if (is_file($file)) {
    include_once $file;
}

Isso porque ele pode afetar os erros, pois se o erros esperado é Class not found quando a classe não existir o teu código vai emitir um erro de require, o que é certo, mas não para o PSR.

E o file_exists verifica arquivos e pastas, se por ventura tiver uma pasta com o nome qualquercoisa.php pode quebrar a aplicação, is_file não tem diferença de performance significativa se comparado file_exists, talvez só se executar 100.000 classes ao mesmo tempo você perca 0.0002 segundos.

Eu recomendo usar um destes exemplos:

Se for PSR-4 deve ficar assim, (adaptei para o seu caso e simplifiquei bem retirando o que acredito que não seria usado):

<?php
spl_autoload_register(function($class) {
    $class = ltrim($class, '\\');

    $file = str_replace('\\', '/', $class) . '.php';

    if (is_file($file)) {
        include_once $file;
    }
});

de fator usar uma função anonima ou não é indiferente.

Entendendo o código

Como disse você escreve o spl_autoload como desejar, existem várias maneira de implementar ele, mas vou explicar o código que escrevi:

  • Remove \ do começo (é um bug no php 5.3, nas demais versões esse problema não existe, então basicamente é uma "retrocompatibilidade"):

    $class = ltrim($class, '\\');
    
  • Por exemplo, se $class recebe Models\MainModel\MainModel, isto irá trocar \ por /:

    $file = str_replace('\\', '/', $class) . '.php';
    

    E gera isto na variavel $file:

    "Models/MainModel/MainModel.php"
    

Então a partir do valor de $file vamos checar se o arquivo existe e se existir ele irá incluir:

if (is_file($file)) {
    include_once $file;
}

E então o processo da chamada do new Models\MainModel\MainModel irá prosseguir

  • P: O grande detalhe disso tudo é que se o arquivo MainModel.php não estiver dentro de uma pasta MainModel (com o mesmo nome do arquivo) o autoload não funciona.

  • R: O autoload funciona, ele só não consegue fazer o include, pois não encontrou o arquivo

  • P: Outra coisa curiosa é que os namespace têm que indicar o caminho do arquivo até a classe a partir da raiz Models\MainModel, depois eu declaro a classe.

  • R: Isso é relativo, você implementa como quiser, mas em quase todas linguagens o namespace é representado por uma estrutura de pastas e arquivos, tem linguagens que não, como o C++, aonde o arquivo pode estar em qualquer lugar, pois o include dele não é feito no momento que usa a classe e sim quando usar #include "localfisico.h"

  • Eu já dei +1 pras duas respostas e as usei como referência. Mudei os detalhes das funções is_file() e files_exists() e estou usando include. Mas você poderia explicar mais como o autoload "puxa" as classes dos arquivos e por que é necessária uma estrutura de arquivos específica (ou não, porque no meu caso só funcionou com uma estrutura específica)? – Not The Real Hemingway 4/01/17 às 19:54
  • 1
    @NotTheRealHemingway editei a resposta e detalhei todos pontos da implementação, espero que ajude – Guilherme Nascimento 4/01/17 às 20:05
  • 4
    Ótima pergunta e ótima resposta. Parabéns aos dois. :D – Antonio Alexandre 4/01/17 às 20:10
  • 1
    Perfeito! Obrigado, @GuilhermeNascimento. You saved my arse twice today – Not The Real Hemingway 4/01/17 às 20:11
  • 1
    @NotTheRealHemingway adicionei duas explicações as suas duvidas especificas no final da resposta. – Guilherme Nascimento 4/01/17 às 20:12

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.