1

Estou a mais ou menos 1 dia e meio pesquisando a respeito dos Maps e Proxies para me aprofundar mais na questão de observação de arrays, objetos e etc. Mas me deparei com um problema, não consigo utilizar o Proxy no Map. Quando se trata de um array comum, consigo utilizar o Proxy sem problemas, mas não sei como fazer de forma correta no caso dos Maps.

let teste = new Map();

let teste_proxy = new Proxy(teste, {
  get: function(target, property, receiver) {  	
    // property is index in this case
   return target[property]
  },
  set: function(target, property, value, receiver) {    
    target[property] = value;
    // you have to return true to accept the changes
    return true;
  }
});

console.log(teste_proxy);
teste_proxy.set("foo", "bar");

Se você executou o código, viu que ele retorna um erro. Acredito que seja pelo fato de ele estar usando a parte do "get" para retornar a função "set" do "Map", mas como retornaria corretamente a função passando os valores adequados a ela ?

3

O problema é que .set é um método do Map.prototype, por isso quando fazes:

teste_proxy.set("foo", "bar");

ele faz estes passos:

a): ir saber o que é teste_proxy.set:

ou seja, vai ao objeto que foi passado ao proxy e faz um get.
Na prática o mesmo que var fn = teste.set

b): usar esse valor e invocar uma função em cima dele, ou seja: fn("foo", "bar").

O que é interessante, e talvez confuso, é que ir buscar esse valor, como no exemplo var fn = teste.set aciona o get do Proxy. Ou seja, há um passo entre a) e b).

Assim, quando o Proxy corre o get, pois foi pedido o valor de uma propriedade no objeto que ele está a observar, ele retorna function set() { [native code] }. Ou seja o Prototype do Map => Map.prototype.set.

Quando depois chamas

var fn = function set() { [native code] }; // isto é sintaxe inválida mas é só para separar em passos
fn('foo', 'bar');

o que acontece é o mesmo que fazer:

Map.prototype.set('foo', 'bar')

e isso dá o mesmo erro que recebeste:

Uncaught TypeError: Method Map.prototype.set called on incompatible receiver #
at Map.set (native)

Então como podemos settar valores através do Proxy?

Se fores usar um Map podes forçar o contexto de execução dentro do .get a ele próprio, assim ele corre o seu método do Prototype sobre a instância específica à qual o Proxy está assiciado, ou seja usando: return target[property].bind(target);. Assim quando atribuis um valor com o método teste_proxy.set o Proxy já não dá bug quando tenta dar de volta o valor de teste_proxy.set que precisa de contexto associado para correr.

Exemplo:

let teste = new Map();

let teste_proxy = new Proxy(teste, {
  get: function(target, property, receiver) {  	
    // property is index in this case
   return target[property].bind(target);
  },
  set: function(target, property, value, receiver) {    
    target[property] = value;
    // you have to return true to accept the changes
    return true;
  }
});

teste_proxy.set("foo", "bar");
console.log(teste_proxy.get("foo"));

  • 1
    Muito obrigado! Você me ajudou muito. – Joao Scheuermann 1/01/17 às 21:15
  • @JoaoScheuermann ótimo! Eu demorei também um pouco a perceber o que estava a falhar aí :) Bom ano! – Sergio 1/01/17 às 21:16
  • 1
    pra ti também, fiquei horas e horas tentando resolver isso, mas não me veio a cabeça que se tratava do contexto :P – Joao Scheuermann 1/01/17 às 21:24

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.