4

Faz parte do MVVM o uso de commands através da interface ICommand. A pergunta é, devo usar commands em todos os controles? Mesmo aqueles que não estão ligados com a regra de negócios? Por exemplo, um HambugerButton cuja única finalidade é expandir ou recolher um HambugerMenu. Devo aplicar Command nele também?

  • 1
    Se a acção do botão for apenas relacionada com a view, não vejo qualquer problema em que seja feita no code behind. – ramaral 31/12/16 às 22:15
  • Se for só você que vai mexer no código é até aceitável, o problema é quando muita gente trabalha no mesmo código aí a bagunça tá feita, mostrar um determinado componente pra mim pode fazer parte da regra de negócio, já para outro desenvolvedor não. – rubStackOverflow 1/01/17 às 4:11
  • Você não precisa usar em todos os controles. O ICommand abstrai uma ação dentro da sua ViewModel. E pelo fato da viewmodel não conhecer a View você não deve atrelar essas ações com, por exemplo, a abertura e fechamento do HambugerMenu. Esse tipo de regra fica a cargo da View. – Angelo Belchior 13/03/17 às 20:01
  • Seja consistente, se já usa ICommands para os outros comandos continue a usá-los. Um outro programador encontrará os comandos todos no mesmo lugar e isso é bom. – Bruno Costa 21/09/17 às 13:47
2

Sim, minha opinião é que você deva usar Commands em todas as situações, pois mantém a consistência do padrão MVVM e não causa confusão, pois misturar code-behind com MVVM vai causar dor de cabeça em quem for mexer no seu código pois as funcionalidades estarão misturadas em partes diferentes do código.

Por exemplo, olhe como uma implementação MVVM fica limpa e direta:

Usando o exemplo de abrir um controle através de um botão.

// XAML - HamburgerMenu
<controls:HamburgerMenu IsOpen={binding MenuIsOpen} />

A propriedade booleana IsOpen do HambugerMenu foi ligada a uma propriedade também booleana da minha view-model chamada MenuIsOpen.

// View-Model
public bool MenuIsOpen { get; private set; } // Implementar INotifyPropertyChanged

Você tem o botão que expande (abre) o HamburgerMenu.

 // XAML - Button
 <controls:Button Command={binding OpenMenu} />

O comando do botão foi ligado ao ICommand da minha view-model chamado OpenMenu.

// View-Model
public ICommand OpenMenu = new RelayCommand(OpenMenuCommand);

private void OpenMenuCommand()
{
   MenuIsOpen = !MenuIsOpen; // Alterna entre aberto e fechado.
}

Pronto, deste modo você alterna entre aberto e fechado seu HamburgerMenu, sem eventos, sem code-behind, sem código surpresa.

No exemplo acima, qualquer método dentro da sua view-model pode controlar a abertura e fechamento do seu hamburgerMenu através da propriedade MenuIsOpen o que é muito bom para a reutilização de código pois caso surja alguma rotina em que você precise controlar a abertura do controle, ele já está disponível para você, o que não seria possível com code-behind (não de um jeito limpo), então assim você continua no padrão MVVM, tem um código limpo, a sua view contém apenas os bindings, a view-model nem sabe da existência dos controles.

  • 1
    As pessoas sempre comentam o que deve ser usado, mas você foi um passo além e explicou os motivos práticos de se utilizar. Resposta de alto nível. – Bruno Soares 26/09/18 às 22:08

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.