6

A função exit() encerra a execução da aplicação imediatamente. O comando return faz sair da função, mas quando está dentro do main() sairá da aplicação, inclusive o valor usado nele será devolvido para quem chamou a aplicação como um código de erro (zero é ok), assim como a função de saída.

Claro que há a diferença em outras funções, onde o exit() encerra aplicação imediatamente e o comando voltará o fluxo de execução para a função chamadora.

Se ambas fazem a mesma coisa na situação descrita, tanto faz usar um ou outro?

8

Há uma diferença semântica importante em C++. O return encerrará o escopo e chamará todos os destrutores pendentes. Se for o encerramento da aplicação mesmo, raramente a chamada dos destrutores produzirá um resultado diferente, mas tecnicamente é possível que algum delas faça algo que seja importante para o fim da aplicação, nem que seja imprimir uma informação relevante para o usuário.

Mesmo que a ação pareça a mesma, a função exit() provoca uma saía prematura da aplicação. Então a execução é encerrada quase imediatamente. O exit() finaliza os objetos estáticos, mas não destrutores. Já o abort() e _Exit() nem isso faz e encerra na hora.

Há diferença mesmo em C se tiver funções registradas com atexit(). Essas funções sempre serão executadas não importa como a aplicação está sendo encerrada. Mas haverá comportamento indefinido se uma das funções vinculadas em atexit() tiver referência para algum dado n o stack. Ocorre algo parecido com setbuf() e setvbuf(). Isso é importante principalmente em C.documentação

Note que a função main() não é especial e pode ser chamada dentro da aplicação. Nesse caso haverá uma diferença importante já que um return não encerrará a aplicação, ainda que no contexto da pergunta isso não aconteceria. Mas entenda que se o que você escreveu não será chamado no sistema operacional e esse main() faz parte de um módulo que será carregado e usado em outra aplicação, o seu módulo encerrará a aplicação e não só o seu código se usar o exit(), o return então será o mais adequado na maioria das situações.

Uma chamada ao main() pode ser recursiva, ainda que não deva. Claro que há diferença nesse caso, mas cai no que eu falei no parágrafo anterior.

Por isso que sempre tem que escolher o jeito mais semanticamente correto. Se quer encerrar a aplicação imediatamente use o exit(), caso contrário use o return. Muitas pessoas dizem que se o main() está encerrando a aplicação, o exit() é o mais adequado. Nem todo mundo concorda, principalmente em C++. Por isso que é bom entender o funcionamento, as implicações de cada um e não seguir regras cegamente.

Não sei se conta como diferença, por ser uma função, para usá-la precisa usar um #include para ela estar disponível, e se a unidade de código que ela está contida não entraria na aplicação, o executável ficará um pouco maior. O comando está sempre disponível.

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.