7

Estou desenvolvendo uma solução para API, atualmente consigo identificar o método pelo:

$_SERVER['REQUEST_METHOD']

Como posso pegar as variáveis PUT e DELETE? Assim como no GET e POST eu uso:

$_POST;
$_GET;

Ao realizar uma requisição para uma API como PUT ou DELETE, como na API eu capto esses valores? Espero que tenha ficado claro, e que possam me ajudar, não postei mais código pois a dúvida é bastante especifica.

12

Para facilitar pode criar variáveis semelhantes para consumo da sua aplicação. A única diferença é que terá que chamar alguma função para carregá-las, não será automático.

Terá que colocar isso em uma arquivo e carregar de alguma forma, provavelmente com include.

global $_DELETE = array();
global $_PUT = array();

if (!strcasecmp($_SERVER['REQUEST_METHOD'], 'DELETE')) {
    parse_str(file_get_contents('php://input'), $_DELETE);
}
if (!strcasecmp($_SERVER['REQUEST_METHOD'], 'PUT')) {
    parse_str(file_get_contents('php://input'), $_PUT);
}

Aí pode usar:

include_once('newVerbs.php')
echo $_PUT['email']
7

Ao contrario de $_POST e $_GET os métodos DELETE, PUT entre outros não possuem variáveis pseudo-globais que facilitam o modo de recuperar as mesmas.

Geralmente em uma API RESTful, nos métodos PUT e DELETE trabalhamos somente passando o ID do recurso que deve ser alterado ou deletado respectivamente do servidor, de modo que as requisições ficam mais ou menos assim:

Exemplo com o método PUT

PUT /123 HTTP/1.1
Host: exemplo.com.br
Content-Type: application/x-www-form-urlencoded
Cache-Control: no-cache

nome=teste&email=teste@teste.com

Exemplo com o método DELETE

DELETE /123 HTTP/1.1
Host: exemplo.com.br
Content-Type: application/x-www-form-urlencoded
Cache-Control: no-cache

Com isso podemos obter o recurso que deve ser alterado ou deletado usando $_SERVER['PATH_INFO'], e as informações podemos obter usando a variável file_get_contents(php://input) que pega o envio raw(cru) da requisição, sendo necessário trabalhar convertendo o conteúdo cru de modo que possa ser trabalhado de uma forma mais fácil.

Um exemplo de como poderia ser feito, pegado daqui do Meta e adaptado

$metodo = $_SERVER['REQUEST_METHOD'];
$recurso = explode("/", substr(@$_SERVER['PATH_INFO'], 1));
$conteudo = file_get_contents(php://input);

switch ($metodo ) {
  case 'PUT':
    funcao_para_put($recurso, $conteudo);  
    break;
  case 'POST':
    funcao_para_post($recurso, $conteudo);  
    break;
  case 'GET':
    funcao_para_get($recurso, $conteudo);  
    break;
  case 'HEAD':
    funcao_para_head($recurso, $conteudo);  
    break;
  case 'DELETE':
    funcao_para_delete($recurso, $conteudo);  
    break;
  case 'OPTIONS':
    funcao_para_options($recurso, $conteudo);    
    break;
  default:
    header($_SERVER["SERVER_PROTOCOL"]." 404 Not Found");
    die('{"msg": "Método não encontrado."}');  
    break;
}

No caso do DELETE precisamos apenas do ID do recurso, portando não seria necessário pegar o raw da requisição, no POST, GET você poderia optar por trabalhar usando as variáveis pseudo globais mesmo, e no PUT usando o file_get_contents(php://input) assim como o @Maniero respondeu.

  • 1
    dei uma corrigida, comi bola ao responder rápido e sem ler haha, obrigado pelo toque :) – MarceloBoni 17/12/16 às 20:50

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.