4

Quero que, na saída do meu programa, o número de fileiras e colunas seja igual ao input dado. Por que está sobrando este último *?

Código:

#include<stdio.h>
#include<math.h>
int row = 0;
char column = 0;
int n;


int main ( void )
{
    printf("TELL ME THE NUMBER YOU WANT: \n");
    scanf("%d", &n);

    while ( column <= n ){
        printf("*");
        column = column + 1;

        if ( column == n ){
            printf("\n");
            row = row + 1;
            column = column - n;
        }
        else if ( row == n ){
            break; }

    }
}

Saída:

TELL ME THE NUMBER YOU WANT
4
****
****
****
****
*
9

Eu não vou nem tentar resolver o problema nesse código porque ele é confuso demais e talvez o problema tenha nascido da confusão. Quanto mais simples puder fazer, melhor. Mesmo que queira aprender algum conceito específico com este tipo de código, é melhor aprender em um caso onde ele seria necessário. Se alguém pediu para fazer desta forma, a pessoa fez um desserviço para você. Seria um requisito inútil e improdutivo. e eu argumentaria que essa forma é desvantajosa.

Não declare variáveis fora da função sem necessidade. Declare sempre o mais próximo possível de onde será usada. Tem gente que não vê o valor disto, mas cria uma capacidade cognitiva maior para fazer coisas mais simples. Se precisa da variável apenas dentro do laço, crie ela dentro do laço.

Se você tem dois vetores a serem considerados, crie dois laços, é a forma natural de se fazer isto. Está é a forma estruturada de fazer este código. O original dá nó na cabeça. Inclusive um laço for é muito mais natural para o caso.

Havia uma variável da coluna do tipo char. Ou faz a linha também ser char e limita o número de asteriscos em 127, deixa int em ambos. Eu deixei int porque não há ganho real em usar char aí, mesmo que só queira valores baixos, o que na verdade nem é validado, até porque o scanf() nem é muito adequado para isto. Seja consistente.

Dei uma organizada. É muito difícil entender o que o código faz na forma escrita.

Feito isto, o código fica simples demais.

#include<stdio.h>

int main(void) {
    printf("TELL ME THE NUMBER YOU WANT: \n");
    int n;
    scanf("%d", &n);
    for (int row = 0; row < n; row++) {
        for (int column = 0; column < n; column++) {
            printf("*");
        }
        printf("\n");
    }
}

Veja funcionando no ideone e no Coding Ground.

  • Cara, muito obrigado! sou iniciante e estou aprendendo por conta própria, seus conselhos irão me ajudar bastante... eu mesmo percebi que " esteticamente" estava estranho o que eu tinha feito, mas não sabia fazer de outra forma, infelizmente... – Vitor Matos 14/12/16 às 23:19
4

A cada "loop" do while, você primeiro printa o * e depois checa se chegou no limite (row == n). Simplesmente coloque o print abaixo dos checks de fim do loop que o seu problema se resolve.

#include<stdio.h>
#include<math.h>
int row = 0;
char column = 0;
int n;


int main ( void )
{
    printf("TELL ME THE NUMBER YOU WANT: \n");
    scanf("%d", &n);

    while ( column <= n ){

        column = column + 1;

        if ( column == n ){
            printf("\n");
            row = row + 1;
            column = column - n;
        }
        else if ( row == n ){
            break; }

        printf("*");

    }
}
3

O código da pergunta não leva em consideração que, nesse algoritmo, o valor de row muda com menos frequência que o de column. Assim sendo, seria melhor usar um par de loops aninhados ao invés da lógica atual.

Alguns outros conselhos:

  • Evite dar #include em cabeçalhos se você não vai usar as funções.
  • Quando executar uma função do tipo scanf(), sempre verifique o valor retornado para ter certeza de que a execução foi bem sucedida.
  • Use comentários para deixar suas intenções no código mais clara para quem estiver lendo.
  • Mantenha um padrão consistente de indentação:
    • Suba um nível depois de cada {
    • Desça um nível depois de cada }
  • Também é aconselhável evitar variáveis globais, na maioria dos casos. E também inicializar suas variáveis locais.

Código:

#include <stdio.h>   // scanf(), printf()
#include <stdlib.h>  // exit(), EXIT_FAILURE
//#include <math.h>

// usar um valor definido dá significado à "números mágicos" no seu código
// e facilita mudar os valores mais tarde, se necessário
#define MAX_COLUMNS (80)

int main ( void )
{
    size_t n = 0;  

    printf("TELL ME THE NUMBER YOU WANT: \n");
    if( 1 != scanf("%lu", &n) )  // se um valor < 0 não for permitido, use unsigned int
    {
        perror( "scanf não registrou um unsigned int" );
        exit( EXIT_FAILURE );
    }

    // else implícito, com scanf bem-sucedido

    // verifique o valor de entrada. Nunca confie que o usuário sabe o que está fazendo
    if( MAX_COLUMNS < n )
    {
        printf( "O valor de entrada deve ser %lu. Você usou: %lu\n", (size_t)MAX_COLUMNS, n );;
        exit( EXIT_FAILURE );
    }

    // else implícito, valor inserido menor que o máximo permitido

    for( size_t row = 0; row < n; row++ )
    {
        for( size_t column = 0; column < n; column++ )
        {
            printf("*");
        }

        printf("\n");
    }
} // fim de função: main

Esta é a saída gerada:

TELL ME THE NUMBER YOU WANT: 
4
****
****
****
****
  • 4
    Traduzi o post para o Português mas devo dizer que, assim como na pergunta, não sei muito bem como me sinto à respeito dos trechos em inglês no código (dentro dos printfs, por exemplo). Por isso traduzi aqui os novos, e deixei alguns antigos que já estavam na pergunta – Gabe 13/12/16 às 23:20

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.