12

Como posso utilizar o Python para poder criar um determinado diretório?

Por exemplo:

app/
   main.py

Como poderia fazer para criar um diretório chamado temp dentro de app através do Python main.py?

  • Só duas duvidas, seria recursivamente a pasta temp não pode ser "visível"? – Guilherme Nascimento 9/12/16 às 13:24
  • @GuilhermeNascimento Eu só preciso criar o diretório :p – Wallace Maxters 9/12/16 às 13:25

5 Respostas 5

11

Resposta usando Python 3.*

É possível usar os.makedirs ou os.mkdir.

os.makedirs

Cria todos os diretórios que forem especificados no parâmetro, recursivamente.
Ex.: os.makedir('./temp/2016/12/09') irá criar as pastas temp, 2016, 12 e 09.

os.mkdir

Só cria o último diretório. Se os diretórios anteriores não existirem causará um erro.
Ex.: os.mkdir('./temp/2016/12/09') - só criará o diretório 09 e somente se os anteriores existirem, caso contrário, causará o seguinte erro

FileNotFoundError: [WinError 3] The system cannot find the path specified: './1/2/3/4'


Exemplo:

import os

dir = './temp'       
os.makedirs(dir)
# ou 
os.mkdir(dir)
8

Existe mais de uma função para isto:

  • os.path.mkdir cria uma pasta (os.mkdir se for Python3)
  • os.makedirs cria pasta(s) recursivamente

O arquivo main.py está dentro de ./app então pode simplesmente usar:

os.path.mkdir('./temp') #Python 2
os.mkdir('./temp') #Python 3

Se quiser criar subpastas baseado por data (isso ajuda a "navegar" mais rápido posteriormente):

os.makedirs('./temp/2016/12/9')
  • 2
    Boa! Tava procurando sobre o os.path.mkdir agora mesmo. – LINQ 9/12/16 às 13:55
  • 1
    Aliás, os.path.mkdir deve ser do Python 2 – LINQ 9/12/16 às 19:18
  • 1
    @jbueno é que eu ainda não migrei pro 3, nem comecei a estudar. já editei, obrigado! – Guilherme Nascimento 9/12/16 às 19:27
  • Beleza, é só pra constar mesmo. – LINQ 9/12/16 às 19:27
6

O jeito mais correto para evitar condição de corrida seria:

import os

try:
    os.makedirs("./temp")
except OSError:
    #faz o que acha que deve se não for possível criar

Coloquei no GitHub para referência futura.

  • 1
    A ideia do Lock parece ótima, não se trata do mesmo assunto, mas lembrei de um problema que ocorria com um tipo de formato de HD, pode ocorrer de truncar o arquivo durante a gravação e uma boa maneira de evitar perdas ou conflitos seria criar um temporário e depois mover um por cima do outro, claro que eu não sei afirmar como é comportamento de um comando cp tmp destino. Vou ler um pouco mais e refatorar alguns códigos :) – Guilherme Nascimento 9/12/16 às 13:33
0

Embora as respostas anteriores estejam corretas, a partir do Python 3.4 dê preferência ao uso da pathlib. Na documentação e na PEP 428 são explicados os motivos.

Exemplo: Little of the functionality from os.path is reused. Many os.path functions are tied by backwards compatibility to confusing or plain wrong behaviour (for example, the fact that os.path.abspath() simplifies ".." path components without resolving symlinks first).

Com a pathlib, a solução para a pergunta fica da seguinte forma:

from pathlib import Path

Path('./temp').mkdir(exist_ok=True)

O exist_ok faz com que exceções FileExistsError sejam ignoradas.

É possível também utilizar o operador / para o join de diretórios. Por exemplo:

(Path('.') / 'temp' / 'subdir1' / 'sub2').mkdir(parents=True, exist_ok=True)

Neste caso foi necessário adicionar a opção parents para que toda a cadeia de diretórios pudesse ser criada. Caso contrário, o seguinte erro é lançado: FileNotFoundError: [Errno 2] No such file or directory: 'temp/subdir1/sub2'

  • 1
    Seria interessante um exemplo, para ficar uma resposta completa. Da forma como está fico meio que "comentário". – Bacco 30/03 às 14:51
-4

Eventualmente você pode estar interessado em criar da pasta './temp' mesmo que ela já exista neste caso você pode fazer assim:

import os

dirTemp = './temp'

try:
    os.mkdir(dirTemp)
except OSError:
    os.rmdir(dirTemp)
    os.mkdir(dirTemp)

Evite usar 'dir' como nome de variável pois 'dir' é uma função Python

  • 5
    Se o diretório já existe, qual o intuito de removê-lo e criá-lo novamente? – Woss 2/05/18 às 21:53
  • 1
    Além de não ter sentido em excluir uma pasta somente para poder cria-la, ainda tem a questão de que rmdir irá falhar se a pasta contiver algum documento ou pasta, emitindo uma exceção OSError, exemplo de erro no Windows: OSError: [WinError 145] A pasta não está vazia: '<nome da pasta>', ou seja o script vai parar ali a não ser que trate "o erro" com outro try:. Recomendo que reformule a resposta. – Guilherme Nascimento 2/05/18 às 22:02
  • Em que situação que alguém poderia se interessar em recriar um diretório que já existe? – Augusto Vasques 26/03 às 16:14

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.