1

EXEMPLO:

Tenho duas tabelas :

  • tabela1 : com duas colunas id_produto, nome_produto;
  • tabela2 : com três colunas id_marca, id_produto, nome_marca

Gostaria de criar uma tabela3 a partir de uma seleção da tabela1 e tabela2 com apenas as colunas id_produto, nome_produto e nome_marca.


CREATE TABLE tabela3 IF NOT EXISTS (
    SELECT p.id_produto, p.nome_produto, m.nome_marca
    FROM tabela1 p
    JOIN tabela2 m 
    ON p.id_produto = m.id_produto
)

Fazendo desse jeito consigo obter quase o que pretendo, so que a tabela3 é criada já preenchida com os dados das tabelas 1 e 2. O que eu gostaria de obter é uma tabela fazia com a estrutura baseada na seleção das outras tabelas.

Tentei de uma outra maneira ( usando o LIKE):


CREATE TABLE tabela3 IF NOT EXISTS LIKE(
   SELECT p.id_produto, p.nome_produto, m.nome_marca
    FROM tabela1 p
    JOIN tabela2 m 
    ON p.id_produto = m.id_produto
)

Obtive um belo erro de syntaxe SQL.

Existe uma outra maneira de fazer isso ?

  • 1
    Olá André, o que você está querendo obter com um CREATE TABLE ... SELECT nesse caso? É só para não repetir O DLL das colunas? Acho que acaba sendo mais fácil criar as tabelas diretamente se você não precisa dos dados. – Anthony Accioly 9/12/16 às 15:32
  • @AnthonyAccioly totalmente de acordo, complementei a resposta com a sintaxe do SHOW CREATE TABLE caso ele opte por essa via, que me parece mais sensata. – Bacco 9/12/16 às 15:36
  • @AnthonyAccioly na verdade a tabela3 sera criada automaticamente assim que eu lançar o meu script, portanto optei pelo CREATE TABLE ... SELECT visto que a criacão da tabela pretendida não sera manual. Essa solução foi escolhida de acordo a necessidade, se não o mais viavel seria o que você sugeriu. – André PKA 9/12/16 às 15:42
  • Me parece uma necessidade artificial, pq pra fazer o select você já tem que saber de antemão a estrutura de qq forma, ou seja, dá na mesma. De qq maneira, deixei as 2 soluções, a limpa sem ser automática, e a automática conforme pedido. – Bacco 9/12/16 às 15:44
  • 2
    Opá, quis dizer DDL no comentário acima. O @Bacco já estressou bem o ponto sobre alternativas e o motivo dessa não ser uma boa idéia. Eu gostaria de acrescentar um outro, essa sintáxe se torna bastante estranha caso você venha precisar de constraints e coisas do gênero. Como o bacco mencionou, você pode usar SHOW CREATE TABLE, SHOW COLUMNS e informações do INFORMATION_SCHEMA se precisar automatizar o processo com um script. – Anthony Accioly 9/12/16 às 16:43
4

Para fazer "automático":

Crie uma condição que não retorne registros:

CREATE TABLE tabela3 (
    SELECT p.id_produto   AS id_produto,
           p.nome_produto AS nome_produto,
           m.nome_marca   AS nome_marca
    FROM tabela1 p, tabela2 m
    WHERE false
);

Veja funcionando no SQL Fiddle.

  • O WHERE false faz com que o procedimento não retorne nenuma linha, deixando a nova tabela vazia.

  • Não se esqueça de usar ALIAS nos casos onde possa ter ambiguidade de nomes, para evitar problemas.

  • Como você não está usando os dados, pode simplificar o JOIN desta maneira:

    FROM tabela1 p, tabela2 m
    

    (não tem problema nenhum manter como está o original também, ambos funcionam)


Se quiser ter mais controle sobre o procedimento

Você pode executar este comando nas tabelas, e recuperar os tipos das colunas para refazer o CREATE manualmente, quase sempre é preferível:

SHOW CREATE TABLE meubanco.minhatabela;

Aí você copia as definições da coluna que quiser, na ordem que for melhor para sua nova tabela, e ajusta tudo que for necessário.

0

Com o TOP 0 só terá a definição das colunas, sem seus valores.

SELECT TOP 0 p.id_produto, p.nome_produto, m.nome_marca INTO tabela3 
FROM tabela1 p
INNER JOIN tabela2 m 
ON p.id_produto = m.id_produto

Caso queira verificar se a tabela existe insira o condicional a seguir

IF OBJECT_ID('tabela3') IS NULL
BEGIN
   SELECT TOP 0 p.id_produto, p.nome_produto, m.nome_marca INTO tabela3 
   FROM tabela1 p
   INNER JOIN tabela2 m 
   ON p.id_produto = m.id_produto
END
  • 1
    A idéia é boa, mas TOP e OBJECT_ID não funcionam no MySQL – Bacco 9/12/16 às 15:39
0

Olá! Bem, eu sei que o código está feião. Mas num teste rápido aqui, isso cumpriu com o que você busca. Veja, caso a quantidade de campos for maior que os três atuais, então é melhor refatorar. Abraço!

CREATE TABLE tabela3 (
 SELECT p.id_produto, p.nome_produto, m.nome_marca
 FROM tabela1 p
 JOIN tabela2 m 
 ON p.id_produto = m.id_produto
 WHERE p.id_produto IS NULL 
  AND p.nome_produto IS NULL
  AND m.nome_marca IS NULL
);

Mas veja a segunda forma, realmente correta informada por nosso amigo LS_dev nos comentários, utilizando (WHERE FALSE)

CREATE TABLE tabela3 (
SELECT p.id_produto, p.nome_produto, m.nome_marca
FROM tabela1 p
JOIN tabela2 m 
ON p.id_produto = m.id_produto
WHERE FALSE);
  • Faltam 2 IS NULL. De qualquer forma, o SELECT irá devolver linhas em que a condição se verifique. Não é garantido que essas linhas não existam! – LS_ᴅᴇᴠ 9/12/16 às 14:12
  • Olá LS_dev, valeu pela informação. Mas acabei de testar com as tabelas preenchidas e rolou. – Fabiano Monteiro 9/12/16 às 14:15
  • A Condição IS NULL pode sim ser definada por último, neste caso após separar cada campo com a condição AND. De qualquer forma, agradeço a observação. – Fabiano Monteiro 9/12/16 às 14:19
  • Teste com INSERT INTO tabela1 VALUES(1, 1); INSERT INTO tabela2 VALUES(1, NULL);. A tabela3 não será criada vazia. Esta solução funcionará se fizer WHERE FALSE; – LS_ᴅᴇᴠ 9/12/16 às 14:36
  • 1
    Desculpe insistir, mas não está correcto. rextester.com/RWGNY81139 IS NULL só está aplicado a nome_marca. De qualquer forma, o mais correto seria eliminar de todo a possibilidade de a condição ser verdadeira, daí WHERE FALSE. – LS_ᴅᴇᴠ 9/12/16 às 15:05

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.