Qual a diferença da declaração private static int var_nome para private final int var_nome para private int var_nome? Como essas declarações podem influenciar no meu algoritmo?

  • 2
    Nada contra a resposta do utluiz, ela é muito boa. Mas você queria saber outras coisas sobre o assunto? Deveria ter colocado na pergunta e todo mundo que respondeu teria a oportunidade de atender todas as suas necessidades. Fica difícil adivinhar que você quer mais do que postou. – Maniero 26/05/14 às 17:05
  • A resposta dele ficou bem completa né, ele explicou tudo sobre o assunto. Além do contexto e de varias outras coisas, mas eu entendo sua reclamação e não sei qual seria a melhor resposta para a pergunta, vou avaliar depois, ok? – Nicolas Bontempo 26/05/14 às 17:16

Resposta do tipo "Aprendendo por Exemplos".

Modificadores de Visibilidade

A palavra-reservada private modifica a forma como as demais classes do seu programa conseguem ver uma classe ou um atributo de classe.

Classes

Para classes, podemos ter os modificadores:

public

Todas as demais enxergam.

public class MinhaClasse { ... }

private

Somente classes no mesmo arquivo fonte enxergam. Use isso quando a implementação serve para algum algoritmo interno da classe principal.

public class MinhaClasse {
    private class MinhaClasseInternaPrivada { ... }
}
private class MinhaClassePrivada { ... }

Nota: cada arquivo .java pode ter apenas uma classe pública.

(default)

Somente classes no mesmo arquivo fonte ou no mesmo pacote (package) enxergam. Use quando a implementação serve apenas para sua biblioteca ou para uma determinada parte do seu programa.

class MinhaClasse { ... }

Métodos

Métodos podem ter os seguintes modificadores de visibilidade:

public

Todas as classes o enxergam, desde que enxerguem a classe também.

public class MinhaClasse {
    public void meuMetodo() { }
}

private

Somente classes no mesmo arquivo fonte enxergam. Use isso quando o método é feito apenas para uso dos outros métodos públicos da classe.

public class MinhaClasse {
    private void meuMetodoSecreto() { }
    public void meuMetodoPublico() {
        meuMetodoSecreto();
    }
}

Métodos privados não podem ser sobrescritos.

protected

Métodos protegidos podem ser vistos pelas classes do mesmo pacote ou por subclasses.

public class MinhaClasse {
    protected void meuMetodo() { }
}

Use isso se for fazer algum tipo de biblioteca que permita a outro desenvolvedor estender suas classes e então usar esses métodos especiais, os quais não devem ser chamados por outras classes que usam a sua biblioteca.

(default)

Métodos sem modificador podem ser vistos apenas pelas classes do mesmo pacote.

public class MinhaClasse {
    void meuMetodo() { }
}

Use isso quando um método é usado apenas pelas classes que compõe uma parte do seu programa.

Atributos

Atributos funcionam praticamente como os métodos.

public

Todas as classes o enxergam, desde que enxerguem a classe também.

public class MinhaClasse {
    public int atributo = 1;
}

É uma má prática ter atributos int, a menos que sejam "constantes" ou você queira simular estruturas como da linguagem C.

private

Somente classes no mesmo arquivo fonte enxergam. Procure deixar todos os seus atributos privados e dar o acesso encasulado a eles através de getters e setters.

public class MinhaClasse {
    private int atributo = 1;
    public int getAtributo() {
        return atributo;
    }
    public void setAtributo(int atributo) {
        this.atributo = atributo;
    }
}

protected

Atributos protegidos podem ser vistos pelas classes do mesmo pacote ou por subclasses.

public class MinhaClasse {
    protected int atributo = 1;
}

(default)

Atributos sem modificador podem ser vistos apenas pelas classes do mesmo pacote.

public class MinhaClasse {
    int atributo = 1;
}

Modificador final

É usado em vários contextos: classes, métodos, atributos e variáveis.

Classes final

Uma classe com este modificador não pode ser estendida, isto é, não pode ter classes que herdam dela.

Isso é importante para garantir que uma determinada implementação não tenha seu comportamento modificado. Isso tem muito a ver com a imutabilidade.

Tipos básicos do Java como String e Integer são final porque se espera que o conteúdo não possa ser modificado. O problema é que seu alguém pudesse criar uma subclasses de String, esta implementação poderia passar a ser mutável. Uma String mutável seria o caos na terra para implementações, pois vários pressupostos que os desenvolvedores usam no dia-a-dia seriam simplesmente desfeitos.

public final class String
     implements java.io.Serializable, Comparable<String>, CharSequence
{ ... }

Método final

É um método que não pode ser sobrescrito nas subclasses.

Use para garantir que um determinado algoritmo não possa ser modificado pelas subclasses.

Exemplo:

class ChessAlgorithm {
    enum ChessPlayer { WHITE, BLACK }
    ...
    final ChessPlayer getFirstPlayer() {
        return ChessPlayer.WHITE;
    }
    ...
}

Atributo final

Um atributo final de uma classe pode ter seu valor atribuído uma única vez, seja na própria declaração ou no construtor.

public class MinhaClasse {
    final int x = 1;
    final int y;

    public MinhaClasse(int y) {
        this.y = y;
    }
}

Use isso para garantir que um valor ou referência de objeto não vai mudar. Voltamos à imutabilidade.

Se você tem um algoritmo que usa esse variável, você pode armazenar valores calculados sem a preocupação do valor mudar.

Exemplo:

public class MinhaClasse {
    final Cliente cliente;
    final BigDecimal saldo;

    public MinhaClasse(Cliente cliente) {

        this.cliente = cliente;

        //sabemos que saldo não muda
        this.saldo = cliente.chamarOperacaoComplexaQueCalculaOSaldo();

    }

    public BigDecimal getSaldoCliente() {
        //não precisa mais recalcular toda vez
        return saldo;
    }
}

Variáveis final

Use para garantir que você não está modificando o valor indevidamente.

final boolean a = lerInputUsuario();
final boolean b = lerInputUsuario();
...
if (a = b) //ops!!!

No código acima, suponha que o desenvolvedor queria comparar os valores de a e b, mas faltou um sinal de igual. Sem o final, haveria uma atribuição indevida e o resultado seria o valor booleano de b. Mas como n é final, o compilador vai acusar um erro. Acabamos de impedir uma atribuição involuntária!

Threads e Classes Internas

Outra vantagem de variáveis e atributos final é poder usá-los em classes internas, técnica muito usada em Threads.

public class MinhaClasse {

    public void executarEmParalelo(final int limite, final Processamento proc) {
        Thread t = new Thread() {
            public void run() {
                for (int i = 0; i < limite; i++) {
                    proc.executar();
                }
            }
        };
        t.start();
    }
}

Modificador static

Ele muda o escopo de um método ou atributo. Com o static, ao invés deles pertencerem à instância do objeto, eles pertencem à classe.

O modificador também pode ser aplicado para classes, como veremos a seguir.

Métodos static

Os métodos static podem ser chamados sem uma instância. São ótimos como utilitários.

public final class Integer extends Number implements Comparable<Integer> {
    public static Integer valueOf(String s, int radix) throws NumberFormatException {
        return new Integer(parseInt(s,radix));
    }
}

Você pode chamar assim:

Integer valor = Integer.valueOf("FF", 16);

Métodos estáticos não podem acessar variáveis de instância.

public class MinhaClasse {
    int valor = 1;
    public static int estatico() {
        return valor; //erro de compilação aqui!!!
    }
}

Atributos static

Os atributos static possuem o mesmo valor para todas as instâncias de um objeto (dentro de uma mesma JVM, dentro de um mesmo ClassLoader).

public class MinhaClasse {
    static int valorGlobal = 1;
    public static int getValorGlobal() {
        return valorGlobal;
    }
}

Então, podemos fazer o seguinte:

MinhaClasse c1 = new MinhaClasse();
MinhaClasse c2 = new MinhaClasse();
MinhaClasse.valorGlobal = 2;
System.out.println(c1); //imprime 2
System.out.println(c2); //imprime 2

Classes static

Classes static são classes declaradas dentro de outra classe que podem ser usadas sem a necessidade de uma instância.

public class MinhaClasse {
    public static classe ClasseInterna { }
}

Então podemos acessar isso assim:

MinhaClasse.ClasseInterna instancia = new MinhaClasse.ClasseInterna();

Juntando tudo

Agora que entendemos o que cada coisa faz individualmente, vamos a uma aplicação prática.

Padrão de Projeto Singleton

Problema: quero garantir uma instância única de um objeto no meu programa.

Solução:

public class MinhaClasse {
    private static MinhaClasse instancia;
    public static MinhaClasse getInstancia() {
        if (instancia == null) {
            intancia = new MinhaClasse();
        } 
        return instancia;
    }
}

Uso:

MinhaClasse instancia = MinhaClasse.getInstancia();

Isso vai retornar o mesmo valor em todas as chamadas.

Basicamente, o que fizemos foi isso:

  1. Criar um atributo chamado instancia que só a MinhaClasse pode ver (private) e contém sempre o mesmo valor (static).
  2. Criar um método que pode ser chamado diretamente pela classe, sem precisar da instância (static).
  3. Então, o método estático retorna o valor estático, que será sempre o mesmo.
  • 1
    Ótima explicação Chefe, ajudou muito! – Wilson Tamarozzi 5/09/15 às 1:14
  • 1
    Acho que você deveria arrumar isto: "É uma má prática ter atributos int, a menos que sejam "constantes" ou você queira simular estruturas como da linguagem C." - Já teve gente que não entendeu exatamente o que você queria: pt.stackoverflow.com/q/132272/132 - Eu acho que você queria dizer "atributos públicos" ao invés de "atributos int". Correto? – Victor Stafusa 6/06/16 às 14:43

Como você está usando private vou entender que esteja falando de campos de uma classe e não de variáveis.

Um campo estático é aquele que está disponível em uma classe de forma única para toda a aplicação. Ele não está vinculado a uma instância da classe. Ele pertence a classe em si e é compartilhado por todas as instâncias (objetos) desta classe criadas durante a execução da aplicação.

Um campo final é aquele que não pode ter seu conteúdo alterado depois de inicializado. Podemos entender como um campo somente de leitura. O valor do campo é inicializado para cada instância da classe no momento da sua criação e obviamente cada objeto pode ter este campo com valor diferente. O conteúdo pode ser inicializado por um construtor ou por atribuição direta. Se o campo contém uma referência, apenas a referência não pode ser modificada, o conteúdo do objeto referenciado pode. Portanto o final não garante por si só a imutabilidade do objeto.

Como estes campos estão, no exemplo, declarados apropriadamente como privados, uma modificação, ou mesmo o acesso fora da classe só pode acontecer através de métodos de acesso, por exemplo getNome e setNome.

Você pode ter uma declaração de campo que seja estático e final ao mesmo tempo. Neste caso temos um campo constante. Já que você tem uma valor único para toda a aplicação e ele não pode ser modificado. Com static final o compilador Java pode substituir o uso do campo pelo seu valor em tempo de compilação alcançando uma otimização.

Quando nem static nem final estão presentes na declaração do campo, ele tem seu valor individualizado para cada instância da classe e seu valor pode ser modificado.

Existem métodos estáticos que podem acessar campos estáticos. Os métodos estáticos podem servir de acessadores para um campo privado estático. mas se além de estático o campo for final, normalmente pode-se deixar o campo exposto publicamente. Pelo menos se você tem certeza que a semântica dele é de uma constante real e nunca será alterado. Um bom exemplo de campo estático final com semântica de constância é o PI. Um exemplo de não constância seria o MaxThreads (um dia isso pode mudar, portanto não é realmente constante).

  • Como um campo estático pode ser privado? – Patrick 25/05/14 às 15:43
  • Nesse caso, só no interior da classe é que ele é acessível. Ninguém citou, mas podemos ter métodos estáticos também. Logo um atributo static final pode ser acessado por dentro de métodos estáticos e métodos de instância também. – Wakim 25/05/14 às 15:47
  • @Patrick E qual o problema? Não posso garantir que o Java permite isto (seria muito estranho não permitir), mas não há motivo para não permitir. Apenas membros da classe podem acessá-lo. Me parece um padrão comum em várias situações. – Maniero 25/05/14 às 15:47
  • 1
    @Piovezan Eu tinha quase certeza, se não permitisse, eu procuraria uma matador profissional para ir atrás do Gosling :) – Maniero 25/05/14 às 15:50
  • 2
    @Patrick acessibilidade nada tem a ver com a propriedade do campo. São conceitos diferentes. Um método estático pode precisar de um estado para sua execução. Um método não pode ter estado. Onde você vai colocar o estado? Em um campo. Se o método é estático, provavelmente você vai querer um estado estático (compartilhado, único). – Maniero 25/05/14 às 15:55

O modificador final em variáveis quer dizer que você não pode atribuir valor duas vezes à variável.

O modificador static quer dizer que a variável pertence à classe, não ao objeto; isso quer dizer que todas as instâncias de uma classe enxergam a mesma variável, e se uma delas modificar o valor, isso vai refletir em todas as outras instâncias.

Para se declarar uma constante usa-se os dois modificadores porque o mesmo valor vai ser visto por todas as instâncias da classe (static) e nunca vai poder ser modificado depois de inicializado (final).

Variáveis que não são nem static nem final são atributos normais de um objeto, e que portanto variam de objeto para objeto, por exemplo:

public class Pessoa {
   private String nome; // será diferente para cada objeto
   ...
}

Adaptado de um tópico do Javafree.

  • Perfeito! Bela resposta! – user6026 25/05/14 às 15:52

Sua resposta

Ao clicar em "Publique sua resposta", você reconhece que leu nossos termos de serviço, política de privacidade e política de cookes atualizados, e que a sua continuidade no uso do website é sujeita a essas políticas.

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.